.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
86 usuários online :: 5 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 81 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano, David de Oliveira, gusto, Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Regras de interpretação da bíblia

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Seg 12 Jul 2010, 9:45 pm

Josoco escreveu:
Khwey escreveu:
Entenda que por causa das muitas variantes, uma interpretação bíblica é uma opinião que reflete o particular entendimento da pessoa que a interpreta, devendo esta ser confrontada com o todo o contexto bíblico, na busca de algum fundamento.

Esta é uma estranha compreensão do que seja interpretar o que uma pessoa escreveu. Se assim for eu escrevo uma coisa dizendo algo e as pessoas podem sair comentando queu disse o que nem pensei dizer.
Você pode escrever alguma coisa, qualquer coisa. Mas a respeito de quê???

Se for algo oriundo da sua imaginação, então não será possível fazer uma comparação.

Mas, se o que você escreveu foi uma opinião, um entendimento, uma idéia, um parecer a respeito de alguma obra literária, como é caso em questão, então a análise do que foi escrito por você será feita com base no que está escrito na fonte, ou seja, com base naquilo que você leu! Logicamente!


Josoco escreveu:Interpretar o que uma pessoa escreveu é ser fiel ao que ela disse. É proibido na arte da interpretação opinar.
Significado de Opinar

Julgar, entender; ser de opinião.
Dizer, manifestando opinião.
Dar seu parecer.


Exemplo: Eu opinei, dei o meu parecer, o meu entender, a respeito de uma parábola.

Josoco escreveu:Muitos fazem isso quando não aceitam o que foi escrito, forçam o texto até encontrar um sentido para o que foi escrito que nunca passou pela mente de quem escreveu. Não cometa esse erro se deseja saber a verdade contida nas escrituras sagradas. Se não consegue entender o que está escrito, peça ajuda, ou então continue tentando, mas sempre desejoso de saber o que realmente a pessoa que escreveu estava querendo dizer.
Eu entendi, à minha maneria, o que está escrito e por isto trouxe a minha interpretação, a qual deverá ser confrontada com a fonte, em todos os pontos em que alguém a considerar equivocada.

Estou aguardando por isto, pois é
desta forma que saberemos se uma opinião também pode ser tomada como uma interpretação.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Seg 12 Jul 2010, 9:54 pm

Josoco escreveu:
A palavra também indica uma conexão com com as parábolas anteriores. Nelas Jesus falava aos publicanos e pecadores quando ouviu a murmuração dos escribas e fariseus Lc. 15:1 e 2.

Agora, na parábola do mordomo infiel Jesus fala "também aos seus discípulos"
As parábolas em sentido figurado foram usadas em especial para as multidões, o povo, pois Jesus não falava em parábolas para seus discípulos:

Tudo isto disse Jesus, por parábolas à
multidão, e nada lhes falava sem parábolas;
(Mat 13:34)

E sem parábolas nunca lhes falava;
porém, tudo declarava em particular aos
seus discípulos.
(Mar 4:34)

Josoco escreveu:
O Senhor representa Jesus

O mordomo se saiu melhor do que os dois irmão da parábola do filho pródigo, enquanto um inveja o outro o mordomo foi fazer amigos

Por isso o Senhor elogiou a atitude do mordomo e aconselhou os filhos da luz a fazerem o mesmo.

Quando as riquezas deste mundo falarem (pela morte) os amigos vos recebam nos tabernáculos eternos.
Não existe esta doutrina no evangelho, esta de fazer amigos agora para usufruir da amizade deles no além, e muito menos com riquezas deste mundo!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Ter 13 Jul 2010, 9:00 am


Jesus falou aos publicanos e pecadores, em Lc. 15: 1, respondendo a murmuração do escribas e fariseus. Lc. 15:2.

Vejam a extratégia de Jesus:

Para as pessoas do grupo acima Jesus contou as parábolas: da ovelha perdida, do dracma perdido e do filho pródigo.

Voltou-se também para seus discípulos Lc: 16:1 e contou a parábola do mordomo infiel.

Existe uma conexão entre as parábolas e públicos do primeiro grupo com o segundo grupo.

Os do primeiro grupo são os filho do mundo.

O segundo grupo são os filhos da luz.

O homem rico representa Jesus.

O Denunciador representa os traidores de todos os tempos.

O mordomo representa os filho do mundo.

Os filhos da luz representa os personagens da parábola do filho pródigo


Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Ter 13 Jul 2010, 10:06 am

Josoco escreveu:
Voltou-se também para seus discípulos Lc: 16:1 e contou a parábola do mordomo infiel.
Veja quem estava entre estes discípulos, o real alvo desta parábola:

E os fariseus, que eram avarentos,
ouviam todas estas coisas, e zombavam
dele.
(Luc 16:14)

Por que fariseus ficariam incomodados com tal parábola?
O que o fato de ser avarento tem a ver com a parábola?


Não existe esta doutrina no evangelho, esta de fazer amigos
agora para usufruir da amizade deles no além, e muito menos com
riquezas deste mundo!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Ter 13 Jul 2010, 11:13 am

Voltou-se também para seus discípulos Lc: 16:1 e contou a parábola do mordomo infiel.

A parábola do mordomo infiel foi contada aos discípulos. As anteriores aos outros grupos. É claro que todos presentes ouviram. O foco é a quem foi dirigida a mensagem de cada parábola.

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Ter 13 Jul 2010, 10:31 pm

Josoco escreveu:Voltou-se também para seus discípulos Lc: 16:1 e contou a parábola do mordomo infiel.

A parábola do mordomo infiel foi contada aos discípulos. As anteriores aos outros grupos. É claro que todos presentes ouviram. O foco é a quem foi dirigida a mensagem de cada parábola.
Os "discípulos" neste contexto são as muitas pessoas que sempre seguiam Jesus. Isto porque Jesus não falava em parábolas para os doze apóstolos e nem todo discípulo era apóstolo!

A parábola foi proposta para todos os que estavam presentes, e o alvo foi quem se sentiu incomodado com ela.


Josoco escreveu:
Agora os tabernáculos eternos não sei onde se encaixa na minha interpretação. Nem estas passagens abaixo.

Lc 16:11 Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?

Lc 16:12 E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso?


:risadinha:
Assim que conseguir encaixar estas coisas entenderá para quem realmente foi dirigida a parábola!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Qui 15 Jul 2010, 8:59 pm

Khwey escreveu:
Josoco escreveu:Voltou-se também para seus discípulos Lc: 16:1 e contou a parábola do mordomo infiel.

A parábola do mordomo infiel foi contada aos discípulos. As anteriores aos outros grupos. É claro que todos presentes ouviram. O foco é a quem foi dirigida a mensagem de cada parábola.
Os "discípulos" neste contexto são as muitas pessoas que sempre seguiam Jesus. Isto porque Jesus não falava em parábolas para os doze apóstolos e nem todo discípulo era apóstolo!

A parábola foi proposta para todos os que estavam presentes, e o alvo foi quem se sentiu incomodado com ela.


Josoco escreveu:
Agora os tabernáculos eternos não sei onde se encaixa na minha interpretação. Nem estas passagens abaixo.

Lc 16:11 Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?

Lc 16:12 E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso?


:risadinha:
Assim que conseguir encaixar estas coisas entenderá para quem realmente foi dirigida a parábola!


Você consegui entender? Conta prá nós ok!


Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Sex 16 Jul 2010, 12:43 am

Josoco escreveu:

Você consegui entender? Conta prá nós ok!

Eu consegui entender que nenhum discípulo de Jesus, dentre os daquela multidão que sempre o seguia era detentor de riquezas de um modo que pudesse ser enquadrado naquela parábola, muito menos riquezas ilícitas.

Mas haviam outros presentes que se encaixavam nela e ficaram irritados!


Uma boa interpretação de texto nos leva a perceber que apesar de Jesus estar falando para os discípulos, a maioria pobre, sem riquezas, aquilo foi uma indireta para os outros, como aconteceu em outras ocasiões!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Sex 16 Jul 2010, 10:17 pm

aquilo foi uma indireta para os outros, como aconteceu em outras ocasiões!

Vc está engando. Jesus não é o tipo de homem que fala indiretas. Ele fala diretas.

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Sab 17 Jul 2010, 1:34 am

Josoco escreveu:
aquilo foi uma indireta para os outros, como aconteceu em outras ocasiões!

Vc está engando. Jesus não é o tipo de homem que fala indiretas. Ele fala diretas.
Por sí só as parábolas de Jesus já são indiretas!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Sab 17 Jul 2010, 8:54 am

Khwey escreveu:
Josoco escreveu:
aquilo foi uma indireta para os outros, como aconteceu em outras ocasiões!

Vc está engando. Jesus não é o tipo de homem que fala indiretas. Ele fala diretas.
Por sí só as parábolas de Jesus já são indiretas!

O dicionário assim definie parábola:

substantivo feminino
1 narrativa alegórica que transmite uma mensagem, por meio de comparação ou analogia
1.1 narrativa alegórica que encerra um preceito religioso ou moral, esp. as encontradas nos Evangelhos
Ex.: a p. do filho pródigo

A parábola é um ensino direto dirigido a um grupo determinado de pessoas.


Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Sab 17 Jul 2010, 11:17 am

Se fosse um ensino direto não seria alegórico!!!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Sab 17 Jul 2010, 9:34 pm

Khwey escreveu:Se fosse um ensino direto não seria alegórico!!!

Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Sab 17 Jul 2010, 10:39 pm

Josoco escreveu:
Khwey escreveu:Se fosse um ensino direto não seria alegórico!!!

Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Ora, se é preciso que eu te explique isto, então você encontrou algo indireto, em sentido figurativo, o que confirma o que eu disse.

A não ser que você creia que cada um será literalmente salgado com fogo, e que exista algum fogo que queime almas ou cadáveres com bichos que nunca morrem.

Não é preciso que eu te explique isto para que você entenda que as parábolas são indiretas.

Será que na verdade você está mesmo é querendo saber qual seria a minha interpretação para esse ensino indireto?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Dom 18 Jul 2010, 12:28 am

Khwey escreveu:
Josoco escreveu:
Khwey escreveu:Se fosse um ensino direto não seria alegórico!!!

Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Ora, se é preciso que eu te explique isto, então você encontrou algo indireto, em sentido figurativo, o que confirma o que eu disse.

A não ser que você creia que cada um será literalmente salgado com fogo, e que exista algum fogo que queime almas ou cadáveres com bichos que nunca morrem.

Não é preciso que eu te explique isto para que você entenda que as parábolas são indiretas.

Será que na verdade você está mesmo é querendo saber qual seria a minha interpretação para esse ensino indireto?

Responder com emblomação demonstra medo de se expor o ponto de vista.


Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Dom 18 Jul 2010, 1:07 am

Josoco escreveu:
Khwey escreveu:
Josoco escreveu:
Khwey escreveu:Se fosse um ensino direto não seria alegórico!!!

Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Ora, se é preciso que eu te explique isto, então você encontrou algo indireto, em sentido figurativo, o que confirma o que eu disse.

A não ser que você creia que cada um será literalmente salgado com fogo, e que exista algum fogo que queime almas ou cadáveres com bichos que nunca morrem.

Não é preciso que eu te explique isto para que você entenda que as parábolas são indiretas.

Será que na verdade você está mesmo é querendo saber qual seria a minha interpretação para esse ensino indireto?

Responder com emblomação demonstra medo de se expor o ponto de vista.

Eu tenho tanto medo agora quanto tive antes ao expor o meu entendimento a respeito da parábola do mordomo infiel!

Por enquanto a questão aqui é definir o que está direto e indireto na bíblia. E para isto basta eu dizer que Marcos 9:49, como nas parábolas, trás um ensino alegórico, portanto indireto.

A interpretação disto já é outra questão!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Dom 18 Jul 2010, 11:10 am

Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Seg 19 Jul 2010, 9:54 am

Josoco escreveu:Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Eu posso dizer que não sei.
Ou então posso dar uma interpretação, mesmo que equivocada, que não leve em conta estas palavras, porque todo mundo sabe que nada salga-se com o fogo!

Assim eu estaria afirmando que este ensino é indireto, sem precisar te dar uma correta interpretação.

Isto porque esta questão é sobre o que é direto e indireto, que Jesus também falava indiretamente, e o foco da interpretação ainda está sobre a parábola do mordomo infiel.

Seria interessante concluir a primeira colocação, que é a interpretação da parábola do mordomo infiel, para então você trazer outro texto em que queira saber a interpretação.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Seg 19 Jul 2010, 5:53 pm

Khwey escreveu:
Josoco escreveu:Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Eu posso dizer que não sei.
Ou então posso dar uma interpretação, mesmo que equivocada, que não leve em conta estas palavras, porque todo mundo sabe que nada salga-se com o fogo!

Assim eu estaria afirmando que este ensino é indireto, sem precisar te dar uma correta interpretação.

Isto porque esta questão é sobre o que é direto e indireto, que Jesus também falava indiretamente, e o foco da interpretação ainda está sobre a parábola do mordomo infiel.

Seria interessante concluir a primeira colocação, que é a interpretação da parábola do mordomo infiel, para então você trazer outro texto em que queira saber a interpretação.

Não vai concluir nunca essa parábola do mordomo infiel pois até agora muito se debateu e a conclusão nenhuma se chegou, a não ser que tenhas conseguido chegar a uma conclusão se assim for, explica para nós. Agora sem emblomação e sem medo de se expor. Todos nós estamos aqui para aprender e se errar vem outro e conserta, não é assim que as coisas funcionam?

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Seg 19 Jul 2010, 8:10 pm

Josoco escreveu:
Khwey escreveu:
Josoco escreveu:Então me explica o significado destas palavras de Jesus: " Porque cada um será salgado com fogo." Mc. 9:49
Eu posso dizer que não sei.
Ou então posso dar uma interpretação, mesmo que equivocada, que não leve em conta estas palavras, porque todo mundo sabe que nada salga-se com o fogo!

Assim eu estaria afirmando que este ensino é indireto, sem precisar te dar uma correta interpretação.

Isto porque esta questão é sobre o que é direto e indireto, que Jesus também falava indiretamente, e o foco da interpretação ainda está sobre a parábola do mordomo infiel.

Seria interessante concluir a primeira colocação, que é a interpretação da parábola do mordomo infiel, para então você trazer outro texto em que queira saber a interpretação.

Não vai concluir nunca essa parábola do mordomo infiel pois até agora muito se debateu e a conclusão nenhuma se chegou, a não ser que tenhas conseguido chegar a uma conclusão se assim for, explica para nós. Agora sem emblomação e sem medo de se expor. Todos nós estamos aqui para aprender e se errar vem outro e conserta, não é assim que as coisas funcionam?
Esta questão sobre haver coisas diretas e também indiretas na bíblia, está relacionada com a parábola do mordomo infiel.

Eu disse que Jesus jogava indiretas para os fariseus que estavam em meio a multidão e você, por sua vez, disse que Jesus sempre era direto em suas palavras.

Daí então você trouxe este verso pedindo pela interpretação, e nem ao menos disse que estava abortando o assunto!

Eu, ainda com foco na parábola do mordomo, quis entender o que tem a ver este novo verso que você trouxe com a questão sobre também haver coisas indiretas na bíblia.

Mas, seria esta a sua idéia, abortar o assunto anterior, trazendo algo novo para interpretar, ou esta idéia surgiu agora?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Qua 21 Jul 2010, 8:53 am

Granjear amigos com riquezas de origem iníquas?
Quem pode me dizer o que significa estas palavras de Jesus contidas no Ev. Lc. 16:9.

"E eu vos recomendo: das riquezas de origem iníquas fazei amigos, para que, quando estas vos faltarem, esses amigos vos recebam nos tabernáculos eternos."

Até hoje nunca conseguir compreender estas palavras de Jesus.
2 dias atrás
Denuncie

You Friend
Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta

Esta parábola, interpretada ao pé da letra, pode dar a entender que o Mestre esteja apontando o roubo e a fraude como exemplos de conduta dignos de serem imitados.

Considerada, porém, em seu verdadeiro sentido, seguindo o espírito que vivifica, encerra uma profunda lição de sabedoria e de bondade que poucos hão sabido entender.

Inicialmente, identifiquemos as duas principais personagens da historieta evangélica, e o local em que a ação se desenrola.

O rico proprietário é Deus, o Poder Absoluto que sustenta todo o Universo; o mordomo é a Humanidade, ou seja, cada um de nós; e a fazenda é o planeta Terra, campo em que se desenvolve atualmente nossa evolução.

Os bens que nos foram dados a administrar são tudo o de que nos jactamos estultamente nesta vida: propriedades, fortuna, posição social, família e até mesmo nosso corpo físico.

Todas essas coisas nos são colocadas à disposição pelo Supremo Senhor, durante algum tempo, a fim de serem movimentadas para benefício geral, mas, em realidade, não nos pertencem. A prova disso está em que sempre chega o dia em que seremos despojados delas, quer o desejemos, quer não.

Nossa infidelidade consiste em utilizarmo-nos desses recursos egoisticamente, como se fossem patrimônio nosso, dilapidando-o ao sabor de nossos caprichos, esquecidos de que não poderemos fugir à devida prestação de contas quando, pela morte, formos despedidos da mordomia.

Pois bem, já que abusamos da Providência, malbaratando os bens de que somos simples administradores, tenhamos ao menos o atilamento do mordomo de que fala a parábola.

Que fez ele? Para ter quem o favorecesse, quando demitido do cargo que desempenhava, tratou de fazer amigos, reduzindo as contas dos devedores de seu amo.

E' o que Jesus nos aconselha fazer, quando diz: "granjeai amigos com as riquezas iníquas". Em outras palavras, isto significa que os sofredores de todos os matizes são criaturas que se acham endividadas perante Deus, são pecadores que têm contas a saldar com a Justiça Divina, e auxiliá-los em suas necessidades, minorar-lhes as dores e aflições corresponde a diminuir-lhes as dívidas, de vez que, via de regra, todo sofrimento constitui resgate de débitos contraídos no passado.

Se assim agirmos, ganharemos a amizade e a gratidão desses infelizes, que se solidarizarão conosco quando deixarmos este mundo, bem assim a complacência do Pai Celestial, porque muito Lhe apraz ver-nos tratar o próximo com misericórdia .

Gostei desse ponto de vista

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20100719155116AAt2lZf

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Qua 21 Jul 2010, 11:55 am

E' o que Jesus nos aconselha fazer, quando diz: "granjeai amigos com as riquezas iníquas".
Só um tonto, com a visão excessivamente estreita, entende que Jesus nos aconselhou isto!

Mas...

para que, quando
estas vos faltarem, vos recebam eles nos
tabernáculos eternos.
(Luc 16:9)

Quem é fiel no mínimo, também é fiel no
muito; quem é injusto no mínimo, também é
injusto no muito.
(Luc 16:10)

Alguém sabe onde estas coisas se encaixam na interpretação da parábola???

Ou devem ser descartadas para não atrapalhar na interpretação???

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Qua 21 Jul 2010, 8:32 pm

Khwey escreveu:
E' o que Jesus nos aconselha fazer, quando diz: "granjeai amigos com as riquezas iníquas".
Só um tonto, com a visão excessivamente estreita, entende que Jesus nos aconselhou isto!

Mas...

para que, quando
estas vos faltarem, vos recebam eles nos
tabernáculos eternos.
(Luc 16:9)

Quem é fiel no mínimo, também é fiel no
muito; quem é injusto no mínimo, também é
injusto no muito.
(Luc 16:10)

Alguém sabe onde estas coisas se encaixam na interpretação da parábola???



Isso não foi uma interpretação, foi uma aplicação do conhecimento para nossos dias, o que não é contra as regras da exegesse.

Ou devem ser descartadas para não atrapalhar na interpretação???

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Khwey em Qua 21 Jul 2010, 10:21 pm

Josoco escreveu:
Isso não foi uma interpretação, foi uma aplicação do conhecimento para nossos dias, o que não é contra as regras da exegesse.

Ou devem ser descartadas para não atrapalhar na interpretação???
Não foi uma interpretação???

E' o que Jesus nos aconselha fazer, quando diz: "granjeai amigos com as riquezas iníquas".

O indivíduo entende que isto acima foi dito como sendo um conselho para os cristãos, e com base nisto elabora uma ideia. E aí vem você dizendo que isto não foi uma interpretação???

Ora, ora, macacos me mordam!

A lógica nos diz que para se fazer alguma aplicação para os nossos dias com base nas parábolas, antes é preciso interpretá-las!!!


E sendo assim...

para que, quando
estas vos faltarem, vos recebam eles nos
tabernáculos eternos.
(Luc 16:9)

Quem é fiel no mínimo, também é fiel no
muito; quem é injusto no mínimo, também é
injusto no muito.
(Luc 16:10)

Alguém sabe onde estas coisas se encaixam na interpretação da parábola para que se possa fazer alguma aplicação para nossos dias???


Ou devemos fazer de conta que isto não tem nenhuma importância no contexto, de modo que não atrapalhe a interpretação que julgamos ser a mais correta???

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Josoco em Ter 08 Nov 2011, 1:43 pm

Seria muito bom voltar e rever o que já estudado por nós sobre a bíblia...

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

b?blia Re: Regras de interpretação da bíblia

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:47 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum