.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» A religião e o ateísmo - tópico oficial
Hoje à(s) 12:50 pm por gusto

» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 12:21 pm por gusto

» Palavras são palavras, nada mais do que palavras. Será?
Hoje à(s) 10:44 am por gusto

» Um conselho aos debatedores de internet
Hoje à(s) 10:23 am por gusto

» A Verdadeira Liberdade
Hoje à(s) 10:02 am por gusto

» Frases
Hoje à(s) 9:54 am por gusto

» Livre arbítrio, auto idolatria
Ontem à(s) 10:47 pm por Lit San Ares

» A eleição torna-nos robôs?
Ontem à(s) 10:29 pm por Lit San Ares

» DESAFIO AOS DO LIVRE ARBITRIO
Ontem à(s) 9:45 pm por Lit San Ares

Quem está conectado
52 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 51 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 26 Maio 2010, 12:52 am

oliveira leite escreveu:Como ele comia todos os dias
já que o seu trabalho era só na obra?

historia eclesiastica meu filho, ele aprendeu carpintaria com José, antes dele começar o ministerio dele aos 30 anos ele trabalhou como carpinteiro.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 26 Maio 2010, 12:54 am

oliveira leite escreveu:Ele precisou pagar um imposto e mandou seu discipulo pescar um peixe, cortar o mesmo e pegar o dinheiro na barriga do peixe,
como seu amigo pastor é funcionario publico não precisa de nada disso, o salario dele garante tudo

claro, pq o pastor correu atras, nao foi ser "pesado aos irmaos" como orienta Paulo, que fazia tendas para nao ser pesado aos irmaos e recebia ofertas de bom grado e houve situaçoes em que ele nao aceitou oferta nenhuma, pq ja trabalhava para ganhar seu proprio pao.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Qua 26 Maio 2010, 1:28 pm

"historia eclesiastica meu filho, ele aprendeu carpintaria com José, antes dele começar o ministerio dele aos 30 anos ele trabalhou como carpinteiro."

O tesoreiro era Judas, que de vez em quando metia a mão na sacola e roubava

O seu ministerio foi de 3 anos, não me consta que nesse periodo Ele era carpinteiro.

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 26 Maio 2010, 4:05 pm

oliveira leite escreveu:"historia eclesiastica meu filho, ele aprendeu carpintaria com José, antes dele começar o ministerio dele aos 30 anos ele trabalhou como carpinteiro."

O tesoreiro era Judas, que de vez em quando metia a mão na sacola e roubava

O seu ministerio foi de 3 anos, não me consta que nesse periodo Ele era carpinteiro.

ate parece que o exemplo de Judas serve de parametro para alguma coisa, talvez segundo "judas" os pastores seguem a mesma linha.

ele nao se preocupava em ganhar dinheiro:

João 4:34Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade
daquele que me enviou, e realizar a sua obra.
João 6:55Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu
sangue verdadeiramente é bebida.

morreu pobre, nao tinham nem onde enterrar, e José de Arimatéia é que emprestou o tumulo para ser sepultado.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Qua 26 Maio 2010, 5:48 pm

não dei o exemplo como um bom exemplo, mas quis mostrar que na epoca de Jesus, se recolhia ofertas
também não quis dizer que Jesus tinha pretenções de ficar rico com essas ofertas, já que nem todos os reinos do mundo Ele aceitou

mas...
não vou aqui chamar pessoas de desonestas, na Biblia tá escrito que há quem pregue até por contendas, mas deixe diz a Biblia, quem sabe alguém não se salve.
então se alguém prega por dinheiro quem sabe alguém não se salve também.
se o interesse for pelo dinheiro, não é a nós que se deve essa limpeza do joio e do trigo, pois como julgaremos se são desonestos se não houver provas, pois o pedir na televisão é normal, no dia que for crime estabelecido por lei, será.
no demais nos desgataremos em vão
fiquemos na paz

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 26 Maio 2010, 7:22 pm

oliveira leite escreveu:não dei o exemplo como um bom exemplo, mas quis mostrar que na epoca de Jesus, se recolhia ofertas
também não quis dizer que Jesus tinha pretenções de ficar rico com essas ofertas, já que nem todos os reinos do mundo Ele aceitou

mas...
não vou aqui chamar pessoas de desonestas, na Biblia tá escrito que há quem pregue até por contendas, mas deixe diz a Biblia, quem sabe alguém não se salve.
então se alguém prega por dinheiro quem sabe alguém não se salve também.
se o interesse for pelo dinheiro, não é a nós que se deve essa limpeza do joio e do trigo, pois como julgaremos se são desonestos se não houver provas, pois o pedir na televisão é normal, no dia que for crime estabelecido por lei, será.
no demais nos desgataremos em vão
fiquemos na paz

vc ja viu estes mesmos pregadores "ricos" pregarem o evangelho e alguem se converter?

alguns eu ja ate ja vi ao vivo, no meio da multidao, nunca vi ninguem se manifestar se arrependendo dos seus pecados.

a pregação a muito deixou de ser "arrependei-vos pois é chegado até vós o reino dos ceus" para ser a pregação de dizimos, ofertas impositiivas, ofertas de 900 reais por uma biblia, etc, etc, etc.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por lordakner em Qua 26 Maio 2010, 7:55 pm

oliveira leite escreveu:pois como julgaremos se são desonestos se não houver provas, pois o pedir na televisão é normal, no dia que for crime estabelecido por lei, será.
fiquemos na paz
Espero que saiba a diferença entre "Pedir" e "Induzir". oh my
Principalmente INDUZIR através de falsas promessas.
Na linguagem criminal tem até nome: Estelionato.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Qua 26 Maio 2010, 8:39 pm

Olhe voce é a favor que o homem tenha um emprego secular e o de pastor

Eu sou a favor o contrario, que o homem largue o seu emprego secular e vá ser pastor integral

Sei que Cristo chamou muitos homens que largaram o que estavam fazendo e seguiram após Ele, contudo isso não evitou uma pescaria de vez em quando

Mas será que a passagem que Jesus falou não se encaixa aqui "poderá o homem servir a dois senhores" sei que nessa passagem não falava especificamente disso

mas creio que um pastor integral dá muito mais apoio a Igreja

quanto a persuadir ou enganar as pessoas
isso não tá sendo as escondidas, tá na TV para toda autoridade ver
isso é fato o resto é especulação
especulação da fé dos outros, já que não possui sua propria fé
fiquemos na paz

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 26 Maio 2010, 11:44 pm

oliveira leite escreveu:Olhe voce é a favor que o homem tenha um emprego secular e o de pastor

Eu sou a favor o contrario, que o homem largue o seu emprego secular e vá ser pastor integral

Sei que Cristo chamou muitos homens que largaram o que estavam fazendo e seguiram após Ele, contudo isso não evitou uma pescaria de vez em quando

Mas será que a passagem que Jesus falou não se encaixa aqui "poderá o homem servir a dois senhores" sei que nessa passagem não falava especificamente disso

mas creio que um pastor integral dá muito mais apoio a Igreja

quanto a persuadir ou enganar as pessoas
isso não tá sendo as escondidas, tá na TV para toda autoridade ver
isso é fato o resto é especulação
especulação da fé dos outros, já que não possui sua propria fé
fiquemos na paz

largaram entre aspas, eles continuaram com seus oficios, mas se dedicaram mais a fazer a obra do Senhor, mas o sustento deles vinham dos seus empregos

onde vc viu escrito que Pedro largou de ser pescador?
onde vc viu escrito que Paulo deixou de fazer tendas?

argumento de que pastor integral dá muito mais apoio, é utopia. Nao existe pastor integral que trabalhe 24h para a igreja e nem pastor que fique na igreja de segunda a sexta fazendo 9h diarias (44h semanais) como qq trabalhador comum.

vc tem o mesmo comportamente de muitos iurdianos aqui no forum, pq a falsa ideia de pastor integral subjuga as ovelhas. Em muitos casos pastores oprimem as ovelhas a dizimar e a ofertar para manter seus salarios altos ou ate pedir aumento. Em outros casos quase nao sobra para investir no templo eque, em alguns casos, sao "elefantes brancos" (construções grandes mas inacabadas).

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Qui 27 Maio 2010, 1:24 pm

O meu silencio não vai ser porque concordei com voce
vou mudar de tópico porque vi que voce é um caso perdido

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sab 29 Maio 2010, 11:50 pm

oliveira leite escreveu:O meu silencio não vai ser porque concordei com voce
vou mudar de tópico porque vi que voce é um caso perdido

eu sou um caso perdido ou vc que é um caso perdido?

nao tente jogar o onus pra mim se o onus é todo seu....

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por David de Oliveira em Dom 30 Maio 2010, 10:36 pm

Um "pastor" não pode visitar as ovelhas, pois normalmente estão trabalhando de dia e muitas estão estudando à noite a semana inteira. "Se" algum "pastor" encontrar alguém em casa, será um colega seu, que trabalha no serviço dos "à toa".
E o "dízimo"? como vão sustentá-lo, se não trabalharem? Alguém precisa "devolvê-lo"!
Em síntese, "pastor que trabalha", atrapalha!
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Seg 31 Maio 2010, 11:56 am

"Um "pastor" não pode visitar as ovelhas, pois normalmente estão trabalhando de dia e muitas estão estudando à noite a semana inteira. "Se" algum "pastor" encontrar alguém em casa, será um colega seu, que trabalha no serviço dos "à toa". "

Voce tá certo
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais;
fazer cerimonial funebre;
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né)
não precisa de tempo para estudo e oração
Não, não nada disso é importante
tudo isso dá para resolver no horario do culto
alias não é dificil dirigir um culto
basta ficar sentado na cadeira da frente e ficar dando oportunidades a pessoas como voces.

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por lordakner em Seg 31 Maio 2010, 12:33 pm

oliveira leite escreveu:"Um "pastor" não pode visitar as ovelhas, pois normalmente estão trabalhando de dia e muitas estão estudando à noite a semana inteira. "Se" algum "pastor" encontrar alguém em casa, será um colega seu, que trabalha no serviço dos "à toa". "

Voce tá certo
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais;
fazer cerimonial funebre;
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né)
não precisa de tempo para estudo e oração
Não, não nada disso é importante
tudo isso dá para resolver no horario do culto
alias não é dificil dirigir um culto
basta ficar sentado na cadeira da frente e ficar dando oportunidades a pessoas como voces.
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais; Deveria até ser proibido. Tumultuam o ambiente hospitalar, disseminam infecções hospitalares (Quanto memos visitas, melhor), fazem proselitismo e os doentes continuam morrendo, do memsmo jeito.
fazer cerimonial funebre; Que cobre por funeral, quem quiser pagar, que pague.
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais; Pelo que vemos, os pastores deveriam resolver os problemas conjugais próprios, antes de meterem o bedelho nos problemas alheios.
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né) Crente briga muito? oh my
não precisa de tempo para estudo e oração; Muita gente estuda, sem ter o estudo "financiado" por uma congregação.

Mas... E os carros importados, ternos de grifes e viagens turísticas - pagas com o dízimo - muitas vezes tirados do leite das crianças?
Disso não se fala? humm...

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Seg 31 Maio 2010, 12:46 pm

Vou esperar a opinião de um crente

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Seg 31 Maio 2010, 2:50 pm

"eu sou um caso perdido ou vc que é um caso perdido?

nao tente jogar o onus pra mim se o onus é todo seu.."

Me desculpe EVANGELISTA, pois acho que exagerei na dose
me desculpe também todos os foristas inclusive lordakner
acho que preciso reavaliar minhas escritas, pois
acho que a finalidade do forum não seria essa
fazer inimizade com quem não temos nem conhecimento pessoal
"sendo assim me perdoe"

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por David de Oliveira em Seg 31 Maio 2010, 6:59 pm

lordakner escreveu:
oliveira leite escreveu:"Um "pastor" não pode visitar as ovelhas, pois normalmente estão trabalhando de dia e muitas estão estudando à noite a semana inteira. "Se" algum "pastor" encontrar alguém em casa, será um colega seu, que trabalha no serviço dos "à toa". "

Voce tá certo
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais;
fazer cerimonial funebre;
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né)
não precisa de tempo para estudo e oração
Não, não nada disso é importante
tudo isso dá para resolver no horario do culto
alias não é dificil dirigir um culto
basta ficar sentado na cadeira da frente e ficar dando oportunidades a pessoas como voces.
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais; Deveria até ser proibido. Tumultuam o ambiente hospitalar, disseminam infecções hospitalares (Quanto memos visitas, melhor), fazem proselitismo e os doentes continuam morrendo, do memsmo jeito.
fazer cerimonial funebre; Que cobre por funeral, quem quiser pagar, que pague.
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais; Pelo que vemos, os pastores deveriam resolver os problemas conjugais próprios, antes de meterem o bedelho nos problemas alheios.
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né) Crente briga muito? oh my
não precisa de tempo para estudo e oração; Muita gente estuda, sem ter o estudo "financiado" por uma congregação.

Mas... E os carros importados, ternos de grifes e viagens turísticas - pagas com o dízimo - muitas vezes tirados do leite das crianças?
Disso não se fala? humm...

Não há no NT, essa orientação de que somente o clérigo é quem deve fazer esses trabalhos! não! Todos nós temos as mesmas obrigações e responsabilidades e não é só porque a pessoa recebe dinheiro (o que não é bíblico), que deve fazer o que Deus espera de todos nós. Isso é anti bíblico e não tem respaldo no evangelho de Jesus. O evangelho não é algo que somente os profissionais devem fazer! Todos nós devemos vivê-lo, pois, haverá um dia que teremos de prestar contas. Será que fazendo o papel de espectadores de auditório, já é o bastante? Acaso os ensinamentos do NT se resumem em peças de teatro semanais?


Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.

1 Pedro 2:4

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 1 Pedro 2:8
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 31 Maio 2010, 10:09 pm

oliveira leite escreveu:"Um "pastor" não pode visitar as ovelhas, pois normalmente estão trabalhando de dia e muitas estão estudando à noite a semana inteira. "Se" algum "pastor" encontrar alguém em casa, será um colega seu, que trabalha no serviço dos "à toa". "

Voce tá certo
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais;
fazer cerimonial funebre;
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né)
não precisa de tempo para estudo e oração
Não, não nada disso é importante
tudo isso dá para resolver no horario do culto
alias não é dificil dirigir um culto
basta ficar sentado na cadeira da frente e ficar dando oportunidades a pessoas como voces.

Só o pastor é que tem autoridade para visitar enfermos nos hospitais? e os outros irmãos? isto é atribuição exclusiva pastoral? se um membro entao visita enfermos nos hospitais entao vamos remunera-lo tambem....

Só o pastor faz cerimonias funebres? tem cerimonias funebres todos os dias?

faça uma pesquisa de mercado e veja quantos pastores fazem aconselhamento de casais POR DIA?!?

A direção de culto NA GRANDE MAIORIA DAS IGREJAS é feita por leigos, mesmo com pastores em tempo integral. E isto é unanime

um dia tem 24h dá muito bem para administrar o tempo e fazer tudo isto. Tanto que Salomão afirmou: "há tempo para todas as coisas" (Ec.3:1)

Exceto em casos considerados de emergencia como cerimonias funebres, mas em casos como este é possivel pedir dispensa no trabalho para ir ao enterro.

é ululante fazer argumentos como estes, pq infelizmente, vc nao é da area da teologia, eu sou, e sei que a grande maioria hj de quem faz teologia ou quem ja fez e já é pastor, considera o pastorado como EMPREGO ESTÁVEL.

Pq ministerio irmao, todo crente participa, apenas a função de Pastor é MAIS ESPECIFICA. Mas nao é diferente de um membro leigo. E digo mais, na grande maioria das igrejas, o membro leigo trabalha mais que um pastor em tempo integral.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 31 Maio 2010, 10:20 pm

lordakner escreveu:
Pastor não precisa:
Visitar enfermos nos hospitais; Deveria até ser proibido. Tumultuam o ambiente hospitalar, disseminam infecções hospitalares (Quanto memos visitas, melhor), fazem proselitismo e os doentes continuam morrendo, do memsmo jeito.
fazer cerimonial funebre; Que cobre por funeral, quem quiser pagar, que pague.
Dar expediente na Igreja para ouvir os problemas dos casais; Pelo que vemos, os pastores deveriam resolver os problemas conjugais próprios, antes de meterem o bedelho nos problemas alheios.
Resolver briga dos membros (quase também não tem, né) Crente briga muito? oh my
não precisa de tempo para estudo e oração; Muita gente estuda, sem ter o estudo "financiado" por uma congregação.

Mas... E os carros importados, ternos de grifes e viagens turísticas - pagas com o dízimo - muitas vezes tirados do leite das crianças?
Disso não se fala? humm...

nao lord, visitar doentes em hospitais é importante. Há quem diga que quando se faz uma visita a um enfermo em hospital, ele ate tem estimulos de melhora, pq se sente importante, e ve que tem gente que se importa com ele, e vai fazer de tudo para melhorar para voltar a vida normal. Eu sei, pq ja fiz visitas a hospitais e muitos gostam das visitas, pq em muitos casos nem os parentes vao visita-los

um cerimonial funebre é o ultimo momento de dar um adeus a uma pessoa querida e tambem é um momento de apoio aos familiares. A presença do pastor daquele falecido é importante pq demonstra que estão contritos a aquela situaçao para os parentes e amigos e nao é para se cobrar pra fazer funeral, é pra fazer de graça.

sobre a questao de dar expediente para dar aconselhamento pastoral: concordo que muitos pastores nao tem moral para agir nesta area, pois nao consegue nem resolver seus proprios problemas conjugais, que dirá dos outros. Entao o primeiro principio de um Aconselhador Cristao é que sua vida sentimental esteja 100% +1%... mas o trabalho de aconselhamento é muito importante pq amplia a area de resolução para um casal que está em crise e quer uma orientaçao para melhor lidar com o problema, mas isto só é possivel se o aconselhador cristao estiver 100%

lord, a igreja (instituição) é formada por membros (corpo de Cristo), que sao seres humanos, nao sao anjos e nem maquinas. Como marido e mulher brigam, como irmãos de sangue brigam, tambem na igreja tambem há esta situaçao, pq tem pensamentos diferentes, apesar de terem o mesmo batismo, o mesmo Cristo, mas sempre pensando em melhoria. Sempre há conflitos e é necessario que o pastor saiba lidar com esta situaçao. Maaaaaasssss, nao é todo dia que isto ocorre, entao nao vejo necessidade de apoiar o trabalho integral, pq hj em dia isto é utopia.

quanto ao "os carros importados, ternos de grifes e viagens turísticas - pagas com o
dízimo" é fora do tema, e estamos falando sobre manter um pastor que nao trabalha (ou nao quer trabalhar)....

agora é bom deixar bem claro: um pastor que trabalha e fica desempregado, a igreja tem a obrigação de sustenta-lo ate ele arrumar um emprego, como tambem qq irmão em Cristo.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por lordakner em Seg 31 Maio 2010, 11:00 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
Não lord, visitar doentes em hospitais é importante. Há quem diga que quando se faz uma visita a um enfermo em hospital, ele ate tem estimulos de melhora, pq se sente importante, e ve que tem gente que se importa com ele, e vai fazer de tudo para melhorar para voltar a vida normal. Eu sei, pq ja fiz visitas a hospitais e muitos gostam das visitas, pq em muitos casos nem os parentes vao visita-los
Não é importante.
Na verdade é prejudicial.
Existem diversas variantes.
Quando se ora por um paciente e os sinais clínicos de piora são evidentes, o paciente se sente frustrado e "não merecedor da graça".
Muitos pastores chegam fazendo proselitismo de melhoras que não podem e não vão acontecer.
Pessoas que ouviram as bobagens sobre serem praticamente "imunes" à doenças tem de se confrontar com diversos males, apesar de julgarem ter "seguido a palavra" fielmente.
Sem contar que atrapalham o processo de repouso dos pacientes e podem tumultuar o ambiente hospitalar.
Em hospitais onde pacientes ficam em enfermarias, um ao lado do outro, o caso ainda é pior.
Imagine-se sob o efeito de sedativos, com muitas dores e um pastor orando para o paciente do leito ao lado.
Hospital não é lugar para pastor.
É lugar de médicos e pacientes.
Sem contar o risco de infecções hospitalares, que aumentam e muito, diretamente proporcional ao número de pessoas que entram nos quartos hopspitalares.
Se perguntar aos pacientes, provavelmente dirão que estão sendo beneficiados pelas visitas.
Mas isso é subjetivo. Repouso e tranquilidade são muito mais eficazes.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por lordakner em Seg 31 Maio 2010, 11:08 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
quanto ao "os carros importados, ternos de grifes e viagens turísticas - pagas com o
dízimo" é fora do tema, e estamos falando sobre manter um pastor que nao trabalha (ou nao quer trabalhar)....
Citei, pois acho que está interligado ao tema.
Se um pastor puder optar por ter todos estes benefícios, sem trabalhar, acho muito difícil encontrar quem abra mão disso.
Creio que a divulgação dos dízimos e ofertas se deva exatamente à isso.
A ganância faz com que a interpretação da bíblia seja "conveniente" com os interesses dos tais pastores.
Se a congregação pensasse um pouco mais, parariam de ofertar e dizimar.
Aí eu queria ver se o dinheiro apareceria por milagre ou se iriam trabalhar.
Na prática um "pastor" que mal tem o segundo grau, no mercado de trabalho, estaria recebendo 2,3 - no máximo 4 salários mínimos.
Isso "batendo ponto e suando 40,44 horas semanais".
Nas igrejas ganham muito mais e fazem o horário que querem.
Acho muito difícil mudar isso, sem um movimento vindo das congregações. :chapeu:

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 01 Jun 2010, 2:46 pm

lordakner escreveu:
Não é importante.
Na verdade é prejudicial.

Na sua otica, pq eu ja ouvi varios medicos falando que é importante sim uma visita para um doente e que ajuda na melhora.

lordakner escreveu:
Existem diversas variantes.
Quando se ora por um paciente e os sinais clínicos de piora são evidentes, o paciente se sente frustrado e "não merecedor da graça".
Muitos pastores chegam fazendo proselitismo de melhoras que não podem e não vão acontecer.

o paciente já é orientado sobre a questao da fé, nao basta apenas oração mas tambem a fé que PODE ser curado, isto depende duas coisas: fé e vontade divina

"E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados". (Tg.5:15)

"Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece". (Rm.9:16)

lordakner escreveu:
Pessoas que ouviram as bobagens sobre serem praticamente "imunes" à doenças tem de se confrontar com diversos males, apesar de julgarem ter "seguido a palavra" fielmente.
Sem contar que atrapalham o processo de repouso dos pacientes e podem tumultuar o ambiente hospitalar.
Em hospitais onde pacientes ficam em enfermarias, um ao lado do outro, o caso ainda é pior.
Imagine-se sob o efeito de sedativos, com muitas dores e um pastor orando para o paciente do leito ao lado.

nós somos seres humanos tambem sujeitos a doenças e enfermidades. Paulo tinha um espinho na carne e ficou assim ate a morte.

a questao "imunidade a doença" é questao de doutrina, o que nao é discussao deste topico.

vc diz que atrapalha, mas os medicos dizem que muita das vezes ajuda. Depende de como é levado estre trabalho espiritual

lordakner escreveu:
Hospital não é lugar para pastor.
É lugar de médicos e pacientes.
Sem contar o risco de infecções hospitalares, que aumentam e muito, diretamente proporcional ao número de pessoas que entram nos quartos hopspitalares.
Se perguntar aos pacientes, provavelmente dirão que estão sendo beneficiados pelas visitas.
Mas isso é subjetivo. Repouso e tranquilidade são muito mais eficazes.

vc esta fazendo tempestade num copo d´agua. Se fosse assim teriamos muitos pastores e cristao com infecçoes hospitalares de tanto visitar hospital. O que nao e veridico. Ha possibilidade, sim há, como tambem há pra qq um que faz visita a um hospital, ate os que nao trabalham na area medica como maqueiro, area de limpeza e segurança, refrigeraçao, administrativo, etc.

e vc mesmo relata que "os pacientes se sentem beneficiados com as visitas", logo anula a sua afirmaçao que hospital nao é lugar para crente.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 01 Jun 2010, 2:55 pm

lordakner escreveu:
Citei, pois acho que está interligado ao tema.
Se um pastor puder optar por ter todos estes benefícios, sem trabalhar, acho muito difícil encontrar quem abra mão disso.
Creio que a divulgação dos dízimos e ofertas se deva exatamente à isso.
A ganância faz com que a interpretação da bíblia seja "conveniente" com os interesses dos tais pastores.
Se a congregação pensasse um pouco mais, parariam de ofertar e dizimar.
Aí eu queria ver se o dinheiro apareceria por milagre ou se iriam trabalhar.
Na prática um "pastor" que mal tem o segundo grau, no mercado de trabalho, estaria recebendo 2,3 - no máximo 4 salários mínimos.
Isso "batendo ponto e suando 40,44 horas semanais".
Nas igrejas ganham muito mais e fazem o horário que querem.
Acho muito difícil mudar isso, sem um movimento vindo das congregações. :chapeu:

o problema nao está em ofertar, pq a igreja precisa de subsidio para sobrevivencia. A igreja só é imune a impostos, mas tem que pagar conta de agua, luz e telefone. Tem que fazer pagamentos quando faz uma obra de reparo, etc. Ou ate de construçao de novos templos.

eu sempre defendi aqui que o que foi abolido junto com a lei foi a OBRIGAÇAO PERCENTUAL e nao a boa voluntariedade de se ofertar seja com qq valor segundo suas posses.

exceto uma ou outra denominação, na grande maioria das igrejas lord, um pastor tem que ter NO MINIMO o 2º grau para fazer a faculdade de teologia (bacharelado), 4 anos em uma faculdade, e TODOS OS DIAS. E muitos pagam do proprio bolso e tambem em muitos casos, a igreja local nao ajuda.

entao esta sua afirmaçao ululante "Na prática um "pastor" que mal tem o segundo grau", nao procede.

dai eu sou a favor, veja bem SOU A FAVOR, que um pastor trabalhe, tenha seu proprio emprego PARA NAO SER PESADO AOS IRMAOS, e ganha uma ajuda de custo da igreja.

isto por causa do "circulo vicioso" que se criou por conta da formaçao teologica do sacerdote.

O cara gasta dinheiro na formaçao: mensalidade, livros, apostilas, xerox, passagem, lanche, tempo, fazer os trabalhos, monografia, etc, etc, etc.... e é obvio, quer ter o retorno daquele investimento.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por oliveira leite em Ter 01 Jun 2010, 5:15 pm

o problema nao está em ofertar, pq a igreja precisa de subsidio para sobrevivencia. A igreja só é imune a impostos, mas tem que pagar conta de agua, luz e telefone. Tem que fazer pagamentos quando faz uma obra de reparo, etc. Ou ate de construçao de novos templos.

Não é mais, tem que ter CGC e todos os funcionarios registrados em carteira
desde zeladora, secretario e pastor
infelizmente é assim
a igreja é tida como empresa de serviço prestado
se isso é bom ou não
não depende de nós
mas de quem cobra

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por David de Oliveira em Ter 01 Jun 2010, 7:42 pm

Nós temos que mudar essa mentalidade no Brasil. Juntar-se em o nome do Senhor, pode ser tão simples e não há necessidade de estruturação de "entidades". Não quero excluir a necessidade de se ter pessoas adequadas para supervisionar e manter, bíblicamente, os conteúdos aplicados em cada reunião. O problema é que as "entidades" trazem para junto de si, o antropocentrismo. O culto ao homem vem contemplar a natureza da sociedade. Deve-se de toda maneira excluir a criatura das adorações. Creio ser esse é o grande mal que assola as congregações cristãs e quanto maior e complexa for a denominação, mais se ensina o caminho de Balaão e não o de Jesus.
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Subsidio pastoral: justo ou injusto?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:36 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum