.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» O Jesus diferente do Espiritismo
Ontem à(s) 7:39 pm por David de Oliveira

» Renan é afastado da presidência do Senado após tornar-se réu por peculato
Ontem à(s) 6:53 pm por David de Oliveira

» Oportunidades de emprego
Ontem à(s) 3:55 pm por Christiano

» Noticiário Escatológico
Ontem à(s) 3:33 pm por Jarbas

» Absurdário Escatológico
Ontem à(s) 9:56 am por Ed

» Olá...
Sex 09 Dez 2016, 10:25 pm por Ed

» Qual a verdadeira intenção dos organizadores das manifestações?
Sex 09 Dez 2016, 7:40 pm por Lit San Ares

» Meditações da Bíblia
Sex 09 Dez 2016, 4:59 pm por Discipulah

» Só há um jeito do Lula perder a próxima eleição!
Sex 09 Dez 2016, 7:36 am por gusto

Quem está conectado
39 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 38 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Fabris em Ter 16 Mar 2010, 6:31 pm

Os proponentes da esdrúxula idéia de que os seres e o mundo em geral foi concebido e executado por um “desenhista” é sempre seguida de um qualificativo do mesmo, classificando-o como “inteligente”. Isso é fundamental para os criacionistas, uma vez que até eles sabem que desenho pode ser obtido pura e simplesmente através de processos aleatórios.

Inteligência pode ser definida como a capacidade mental de raciocinar, planejar, resolver problemas, abstrair idéias, compreender idéias e linguagens e aprender.
Para a finalidade dos criacionistas, inteligência é percebida, também, como o grau de performance obtido em um processo que tenha um determinado propósito. Dessa forma, se percebemos que um produto apresenta defeitos, o que temos é ou falta de inteligência ou um propósito torpe.
Na verdade, os criacionistas confundem amplamente complexidade com desenho, o que é a base de seu “argumento”, esquecendo que complexidade pode, perfeitamente, surgir de processos totalmente aleatórios e não ligados à vida, como as formações de cavernas ou de nuvens, por exemplo.
Vejamos a performance do tal “desenhista”, em relação à vida:

Um desenhista burro
  • As doenças da coluna vertebral constituem um dos problemas mais sérios enfrentados pelos seres humanos. O “desenhista” simplesmente dotou os homens do mesmo tipo de coluna vertebral que possuem os arborícolas, que passam a maior parte de seu tempo em posição não ereta. O resultado disso são dores lombares e hérnias de disco, que constituem um dos principais problemas de afastamento do ser humano de seu trabalho.

    Golfinhos, baleias e outros cetáceos são particularmente adaptados ao meio aquático, onde nascem, crescem, se alimentam, reproduzem e morrem. O “desenhista” esqueceu que esses seres precisam respirar e os força a vir a tona, frequentemente, para tal (vai ver que o “desenhista” os projetou com a única finalidade de serem abatidos por seu único predador: o homem). Enquanto isso, qualquer sardinha pode tranquilamente respirar o oxigênio dissolvido na água.

    O “desenhista” desenhou seres dependentes de um gás raro no universo: o oxigênio. O oxigênio, de fato, representa um ganho energético importante, sobretudo para animais maiores. O problema com o oxigênio é que, ao mesmo tempo em que ele lhe sustenta, ele o mata, pela formação de radicais livres que matam células e que irão, a longo prazo, provocar envelhecimento e morte. Curioso é que o “desenhista” desenhou seres que podem sobreviver na presença ou na ausência de oxigênio: as bactérias anaeróbias facultativas. Vai ver o desenhista gosta mais de bactérias que de seres humanos.

Um desenhista preguiçoso
  • O método de “desenho” do “desenhista” fica bem claro quando se analisa qualquer escala filogenética: ele simplesmente modificou pequenas partes componentes dos seres, ao longo da escala, com modificações quase imperceptíveis entre as diversas espécies.

    Como a preguiça normalmente leva ao descuido, o “desenhista” acabou copiando, também, os erros genéticos – retropósons, erros codificados, mutações – que os seres vivos acumulam durante sua existência. É por isso que uma mutação ocorrida apenas no grupo de alguns primatas, a qual impede seu corpo de sintetizar ácido ascórbico, foi copiada tal qual para os seres humanos, que ficam sujeitos ao escorbuto.
    Um desenhista perdulário
    2/3 do nosso planeta é coberto por água. Os mares são as principais fontes de alimento, principalmente o fito e zooplâncton. Diversas espécies foram, de fato “desenhadas” para sobreviver a partir desses nutrientes. Isso não ocorre com as chamadas “espécies superiores”, que são obrigadas a sobreviver com os recursos finitos de 1/3 do planeta. Aliás, por que um “desenhista” tido como inteligente desenharia os seres para viver às expensas de recursos finitos?

    Os seres vivos não são capazes de aproveitar mais do que 40% da energia que geram. O restante é perdido ou na forma de calor. Ou seja: o “desenhista” jamais foi muito preocupado em eficiência de nenhum processo bioquímico.

    Aminoácidos são essenciais à vida de todos os seres. Já se sabe que os aminoácidos estão presentes no espaço. O problema é que os aminoácidos possuem um centro quiral (isso tem a ver com a disposição de seus átomos) e podem ser classificados como isômeros dextrógiros ou levógiros, de acordo com o desvio que provocam na luz polarizada (para a direita ou esquerda, respectivamente). Na natureza, os aminoácidos são formados como um racemato, ou seja, mistura em partes iguais dos dois isômeros. A maioria dos seres só é capaz de incorporar aminoácidos levógiros. Ou seja: o “desenhista” fez com que metade do potencial energético dessas substâncias simplesmente não se aproveite.


Um desenhista limitador
  • Em um planeta em que as variações de temperatura atuais são da ordem de 147º C, a variação possível de temperatura, para homeotermos, é de, no máximo, 10º C. O desenhista obriga a esses organismos a um enorme gasto de energia, apenas para manter a temperatura do corpo, ou morre-se de hiper ou hipotermia.

    O pH pode ser definido, em termos muito simplistas, como o grau de acidez ou alcalinidade de uma substância dissolvida em meio aquoso. O sangue dos animais ditos superiores apresenta possibilidade muito pequena de variação de pH, o que pode ocorrer em inúmeras situações (esforço físico, por exemplo). Como o “desenhista” definiu que qualquer pH sanguíneo menor que 6,9 ou maior que 7,7 mata o indivíduo, ele precisou lançar mão de complexos sistemas de tampões (sistemas que regulam o pH). Desperdício puro!


Um desenhista sádico
  • O “desenhista” lançou mão de um sofisticado sistema de codificação para que os seres vivos (qualquer um) possam ter a síntese das proteínas que necessitam: o DNA. O problema é que o “desenhista”, propositalmente, não dotou os seres de um sistema corretivo desse processo de codificação. O resultado disso é que pequenas alterações no DNA, seja por ação do meio ambiente, seja por problemas no processo de meiose, acarretam a predisposição dos seres a inúmeras doenças fatais, antes da pessoa ou ser nascer. Isso é puro sadismo! Quem já viu um adolescente morrer asfixiado antes de completar 15 anos, por ser portador de síndrome de Düchene sabe o que venha a ser isso. Além disso, todas as formas de câncer e inúmeras doenças degenerativas já estão codificadas em seu DNA. O “desenhista” projetou os seres para morrer em sofrimento.

    O processo de reprodução de certas vespas é outro exemplo do sadismo do “desenhista”. Essas vespas colocam seus ovos dentro do corpo de lagartas e as larvas resultantes se alimentam dos tecidos da lagarta inda viva. O “desenhista” é chegado a uma seção de sado-masoquismo.


O que os defensores do ID não sabem é que existe, sim, um desenhista. Ele é burro, aleatório,preguiçoso, perdulário, limitador e sádico.
Esse desenhista, ao contrário do “desenhista inteligente” mostra-se diariamente com todas as suas evidências. Ele se chama Seleção Natural!


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Eduardo em Ter 16 Mar 2010, 6:49 pm

Referências, por favor.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Fabris em Sex 19 Mar 2010, 9:31 am

Eduardo escreveu:Referências, por favor.
Propositalmente, eu citei apenas coisas absolutamente comprovadas em ciência, mas já que você quer, vamos lá:

1. Sobre a bobagem que o "desenhista" fez ao desenhar bípedes com a mesma coluna de quadrúpedes:
http://www.wgate.com.br/conteudo/medicinaesaude/fisioterapia/variedades/prevalencia_alteracoes_lorena/prevalencia_alteracoes_lorena.htm

2. Sobre o fato de golfinhos e baleias necessitarem respirar, apesar de serem "desenhados" para viver em ambiente aquático:
http://www.abel.org.br/edu_on/biologia/trab/1o_ano/trab6/texto.htm#introducao

3. Sobre o erro grosseiro de "desenhar" seres dependentes de ambiente oxidante:
http://www.saudenarede.com.br/?p=av&id=Radicais_Livres

4. Sobre o amor inconteste do "desenhista" por bactérias anaeróbias facultativas:
http://www.iesambi.org.br/apostilas/monera.html

5. Sobre a preguiça do "desenhista" ao "desenhar" os seres:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Biologia

6. Sobre o fato do desenhista ter copiado inclusive erros genéticos, como o caso da impossibilidade de primatas sintetizarem vitamina C: (a citação é de Michael Behe, um defensor intransigente do ID:
"For example, both humans and chimps have a broken copy of a gene that in other mammals helps make vitamin C. ... It's hard to imagine how there could be stronger evidence for common ancestry of chimps and humans. ... Despite some remaining puzzles, there’s no reason to doubt that Darwin had this point right, that all creatures on earth are biological relatives.” The Edge of Evolution, pp 71-2.
Logicamente, por se tratar de uma afirmação contida em um livro de pseudociência, ela deve ser analisada criticamente. Em todo caso, a observação a que Behe se refere está amplamente disponível em revistas científicas indexadas. Na verdade, nem Behe acredita no ID.
http://en.wikipedia.org/wiki/Michael_Behe
http://www.talkorigins.org/faqs/molgen/

7. Sobre o fato de o planeta ser coberto por água em 2/3 de sua área:
http://www.canalkids.com.br/meioambiente/planetaemperigo/planeta.htm

8. Sobre o desperdício que o “desenhista” gerou em relação ao aproveitamento de energia:
http://biogilde.wordpress.com/2009/05/12/transformacao-e-utilizacao-de-energia-pelos-seres-vivos/

9. Aminoácidos e quiralidade: outro soberbo exemplo de desperdício do “desenhista”
http://www.guia.heu.nom.br/aminoacidos.htm

10. Sobre a necessidade de termorregulação, outra pisada na bola do “desenhista”
http://pt.wikipedia.org/wiki/Termorregula%C3%A7%C3%A3o
www.ibb.unesp.br/.../material.../01.introducao_a_fisiologia.doc

11. Sobre o pH do sangue, outra limitação que o “desenhista” não conseguiu resolver:
http://perfline.com/cursos/cursos/acbas/acbas02.htm

12. Sobre a existência de doenças genéticas, causadas pelo “desenhista” sádico:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Doen%C3%A7as_gen%C3%A9ticas

13. Sobre vespas sádicas criadas pelo “desenhista”
http://en.wikipedia.org/wiki/Ichneumonidae

14. Sobre a seleção natural, o verdadeiro desenhista:
http://www.valdiraguilera.net/bu/a-origem-das-especies.pdf

Procurei utilizar textos simples, para que até você possa entender, Ronaldo.
Todos os textos estão devidamente embasados em bibliografia amplamente divulgada para revisão por pares.

Agora, vai discutir o que foi postado ou vai simplesmente continuar fugindo, como lhe é habitual?


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Eduardo em Dom 21 Mar 2010, 5:30 pm

Acho que a aposentadoria te deixou enferrujado, você já foi melhor. É tanta bobagem que tenho que escalonar. Tá usando até wikipédia. Mas o que me deixou decepcionado foi essa referência aqui:

http://www.canalkids.com.br/meioambiente/planetaemperigo/planeta.htm

Canal Kids ? Que referência fajuta foi essa ? Uma monografia sem revisão por pares em revista de renome ?

Eu pedi referências sérias e não essas bobagens.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Fabris em Dom 21 Mar 2010, 6:29 pm

Eduardo escreveu:Acho que a aposentadoria te deixou enferrujado, você já foi melhor. É tanta bobagem que tenho que escalonar. Tá usando até wikipédia. Mas o que me deixou decepcionado foi essa referência aqui:

http://www.canalkids.com.br/meioambiente/planetaemperigo/planeta.htm

Canal Kids ? Que referência fajuta foi essa ? Uma monografia sem revisão por pares em revista de renome ?

Eu pedi referências sérias e não essas bobagens.
Para você, canal Kids já é mais que suficiente.
Todas as citações possuem as respectivas referências bibliográficas e, portanto, baseiam-se em revisão por pares.
Em todo caso, se você não aceita algo sem revisão por pares, você deve se abster de citar qualquer coisa que se refira á "teoria" do ID, já que essa empulhação nunca possuiu peer-review, como afirmou o próprio Michael Behe, durante o julgamento de Dover:

Under cross examination, Behe conceded that "there are no peer reviewed articles by anyone advocating for intelligent design supported by pertinent experiments or calculations which provide detailed rigorous accounts of how intelligent design of any biological system occurred."
http://en.wikipedia.org/wiki/Michael_Behe

Agora, vai discutir ou vai continuar simplesmente enrolando, como sempre faz?


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Eduardo em Dom 21 Mar 2010, 8:39 pm

Fabris escreveu:
Eduardo escreveu:Acho que a aposentadoria te deixou enferrujado, você já foi melhor. É tanta bobagem que tenho que escalonar. Tá usando até wikipédia. Mas o que me deixou decepcionado foi essa referência aqui:

http://www.canalkids.com.br/meioambiente/planetaemperigo/planeta.htm

Canal Kids ? Que referência fajuta foi essa ? Uma monografia sem revisão por pares em revista de renome ?

Eu pedi referências sérias e não essas bobagens.
Todas as citações possuem as respectivas referências bibliográficas e, portanto, baseiam-se em revisão por pares.
Mentira, esse link acima não tem nenhuma. As demais são referências sem peer review.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Fabris em Dom 21 Mar 2010, 8:51 pm

Eduardo escreveu:
Fabris escreveu:
Eduardo escreveu:Acho que a aposentadoria te deixou enferrujado, você já foi melhor. É tanta bobagem que tenho que escalonar. Tá usando até wikipédia. Mas o que me deixou decepcionado foi essa referência aqui:

http://www.canalkids.com.br/meioambiente/planetaemperigo/planeta.htm

Canal Kids ? Que referência fajuta foi essa ? Uma monografia sem revisão por pares em revista de renome ?

Eu pedi referências sérias e não essas bobagens.
Todas as citações possuem as respectivas referências bibliográficas e, portanto, baseiam-se em revisão por pares.
Mentira, esse link acima não tem nenhuma. As demais são referências sem peer review.
Você não sabe o que é peer-review. Procure a bibliografia dos links fornecidos.
Quanto ao link da Kids (que acho que até você pode entender), ele é apenas uma referência do fato da Terra tem 2/3 de água. Ou será que você duvida disso?

A única coisa que você faz é querer simplesmente fugir covardemente da discussão, como costuma fazer desde que começou a militar em fóruns.
Quer discutir pontos específicos, inclusive com ampla bibliografia? Estou totalmente a disposição.
Em todo caso, acho que, como sempre, sua única intenção é criar confusão, já que não entende nada da "teoria" que diz defender.

A tergiversação é a arma dos incompetentes e covardes!


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Eduardo em Dom 21 Mar 2010, 9:44 pm

Fabris, quem diria, nunca pensei que pudesse apelar para o Canal Kids e Wikipédia como referências ciêntíficas com peer review.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Fabris em Seg 22 Mar 2010, 7:59 am

Eduardo escreveu:Fabris, quem diria, nunca pensei que pudesse apelar para o Canal Kids e Wikipédia como referências ciêntíficas com peer review.
Continua a fuga.
Você não faz a menor idéia do que seja peer review nem para o que serve uma bibliografia.

Para você, cuja formação científica é próxima de zero, canal Kids e Wikipédia já é demais.

O fato permanece: não existe nenhum desenhista "inteligente" nem na esdrúxula "teoria" que você diz defender


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por marcelofgomes em Qui 08 Abr 2010, 6:30 pm

Gostaria de perguntar ao Fabris na minha infinita ignorancia a respeito do evolucionismo.

Porque somente uma espécie teve a capacidade de chegar a um patamar de inteligente, se supostamente no inicio de tudo somos todos parentes de um ser mesmo ser?

marcelofgomes
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 12
Idade : 38
Localização : Cuiabá, Lavras do Sul
flag : Brasil
Data de inscrição : 05/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Eduardo em Sab 10 Abr 2010, 2:55 pm

Fabris escreveu:
Eduardo escreveu:Fabris, quem diria, nunca pensei que pudesse apelar para o Canal Kids e Wikipédia como referências ciêntíficas com peer review.
Continua a fuga.
Você não faz a menor idéia do que seja peer review nem para o que serve uma bibliografia.

Para você, cuja formação científica é próxima de zero, canal Kids e Wikipédia já é demais.

O fato permanece: não existe nenhum desenhista "inteligente" nem na esdrúxula "teoria" que você diz defender
Na falta de argumentos sólidos e fontes repeitáveis você apenas se apóia na velha e surrada tática do ataque pessoal.


Última edição por Eduardo em Sab 10 Abr 2010, 6:26 pm, editado 1 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por famado em Sab 10 Abr 2010, 3:50 pm

A idéia do desenhista inteligente não é bem essa não. Ele é chamado inteligente devido à complexidade dos seres vivos ou mesmo das coisas inanimadas existentes no mundo e não devido à perfeição delas. O fato de existirem doenças, limitações, etc. nada tem a ver com burrice, preguiça ou qualquer outro adjetivo pejorativo por parte do projetista. Todas estas "dificuldades" da natureza são propositais. Deus não criou as coisas perfeitas porque não quis. Porque tinha e tem um propósito.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vejamos se o tal "desenhista" era inteligente...

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:49 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum