.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
86 usuários online :: 5 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 81 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano, David de Oliveira, gusto, Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Afinal, o galo cantou uma ou duas vezes? Fruto do sincronismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Afinal, o galo cantou uma ou duas vezes? Fruto do sincronismo

Mensagem por Ed em Seg 08 Mar 2010, 5:46 am

Waldemar Janzen 29.03.2008

No meu livro "A VIDA DE JESUS NUNCA ANTES CONTADA ASSIM" (Os quatro EVANGELHOS CRONOLÓGICOS num único relato – DIATESSARÃO) eu sugeri datas sem antes verificar a sua possibilidade, mas que agora provam ser possíveis.
Jesus nasceu, provavelmente, no ano 3 AC.
Nos é dito que ele tinha cerca de 30 anos quando começou seu ministério. Bem no começo do seu ministério ele se encontra na festa da Páscoa em Jerusalém. Na terceira Páscoa depois desta ele é crucificado, perfazendo seu ministério pouco mais de 3 anos. Logo sua idade quando foi crucificado deve ter sido 33 anos. Isto seria o ano 31 AD (A contagem de AC para AD não passa pelo ano 0. De 1 AC para 1 AD tem apenas um ano).
No ano 31 AD temos Nisan 14, dia do sacrifício dos cordeiros pascoais, na terça-feira, conforme explicado em meu livro.
Jesus e seus discípulos celebraram a Páscoa na data estabelecida por Deus a Moisés. Lucas 22:7
A elite dos Judeus, e seus fiéis, sacrificaram os cordeiros, conforme implica o relato de João, no dia seguinte, ou seja, na quarta-feira, dia em que Jesus foi crucificado, também como comentado em meu livro. João 18:28
Eles sacrificavam os cordeiros na véspera do primeiro sábado após Nisan 14 e celebravam a Páscoa ao anoitecer do início do sábado.Desta forma ficaria demonstrado que eles tiveram um Sábado extra, o grande Sábado, na quinta-feira.

Afinal quantas vezes o galo cantou sob as negações de Pedro?
Eu apresento uma solução no site abaixo, solução esta que será incorporada na terceira edição do meu livro acima citado:

Ao refletir, em meu livro, sobre o sincronismo e ouvir a crítica de que eu não registrei/separei que Jesus falou que Pedro o negaria em duas ocasiões distintas, cheguei a desenvolver a seguinte solução para o controvertido assunto:

As frases chaves dos quatro evangelhos:

Mateus 26:31-35;

saíram para o monte das Oliveiras.

34. “Com certeza lhe digo que nesta noite, antes do galo cantar, você me negará três vezes”.

Marcos 14:27-31;

saíram para o monte das Oliveiras.

30. Com certeza lhe digo que hoje, nesta noite, antes do galo cantar duas vezes, você me negará três vezes.”

Lucas 22:31-34 e

20. ...após a ceia,

... Digo-lhe, Pedro: o galo não cantará hoje, antes que você negue conhecer-me, por três vezes”.

João 13:36-38

28. ... dos reclinados

com certeza lhe digo: O galo não cantará até você ter me negado por três vezes.

A SEGUINTE TABELA ILUSTRA QUANDO AS FRASES PODERIAM TER SIDO DITAS

...após a ceia, (ainda à mesa)

(Quando) saíram para o monte das Oliveiras

Mateus

antes do galo cantar

você me negará três vezes”.

Marcos

você me negará três vezes.

antes do galo cantar duas vezes

Lucas

o galo não cantará hoje, antes que você negue conhecer-me, por três vezes

João

O galo não cantará até você ter me negado por três vezes

A solução consiste em considerar que nenhum dos evangelistas registrou a totalidade das palavras ditas por Jesus, e, individualmente, registraram partes não complementares, porém, em si, corretas. Todos juntos registraram tudo sobre o assunto. “O galo não cantará” não pertence, necessariamente a “até você ter me negado por três vezes”. Algo semelhante também acontece na narrativa sobre o jovem rico. Marcos registra que Jesus olhou para ele e o amou, porém o motivo disto Mateus registra: “o que me falta ainda?”

Se este também é o caso com as cantadas do galo temos a seguinte solução:

Jesus falou em duas ocasiões diferentes:...após a ceia – (a)os reclinados - Lucas 22:31-34 e João 13:36-38... e (depois de) saíram para o monte das Oliveiras Mateus 26:31-35; Marcos 14:27-31 e com formulações diferenciadas.

1- Observemos primeiramente a diferenciação das formulações: “você me negará” e “você negará conhecer-me”. São duas coisas distintas. A primeira inclui a segunda; a segunda, no entanto, exclui a primeira. Negar ser seu discípulo não implica em negar conhecê-lo, mas negar conhecê-lo inclui negá-lo.

2- Separemos as frases em “antes do galo cantar”, “você me negará três vezes”, “antes de o galo cantar duas vezes” e “você negue conhecer-me, por três vezes”, e nesta ordem.

3- Pedro nega Jesus pela primeira e terceira vez ao afirmar não ser seu discípulo, pela segunda ao afirmar que não conhece este homem. Isto soma três negações de Pedro. Então o galo canta pela primeira vez. Em seguida e mais tarde ele nega mais duas vezes conhecer Jesus, isto soma três vezes não conhecer Jesus, e o galo canta pela segunda vez.

Destarte todas as condições estão satisfeitas e não há nenhuma contradição. O texto sincronizado sobre a predição sobre as negações de Pedro vai ser alterado. As negações, em si, ficam como estão, exceto acrescentadas do primeiro canto do galo, como abaixo:

165. Jesus prediz as negações de Pedro - Jerusalém - Judéia - Mateus 26:34; Marcos 14:30b; Lucas 22:31-34a e João 13:36-38

Simão Pedro lhe diz: “Senhor, para onde vai?” Respondeu-lhe Jesus: “Para onde vou, você agora não pode me seguir, mas mais tarde me seguirá”. Simão Pedro lhe diz: “Senhor, por que não posso segui-lo agora? Darei minha vida pelo Senhor!” Respondeu-lhe Jesus: “Sua vida você dará por mim.” Disse, porém, o Senhor: “Simão, Simão, eis que Satanás reclamou vocês para joeirá-los como a trigo, eu, porém, roguei por você, para que a sua fé não cesse. E você, quando se converter, fortalece os seus irmãos”. E ele disse-lhe: “Senhor, estou pronto com o Senhor tanto ser levado à prisão, quanto ser morto!” Disse-lhe Jesus: “Com certeza, com certeza lhe digo, Pedro, que hoje nesta noite, o galo não cantará até você me ter negado três vezes.

168. Jesus e seus discípulos vão ao monte das Oliveiras - A caminho do monte das Oliveiras - Mateus 26:30-33, 35; Marcos 14:26-30a, 31 e Lucas 22:34b

E, tendo cantado um hino, indo adiante, foi, como de costume, ao monte das Oliveiras, e seus discípulos também o seguiram. Então Jesus lhes diz: “Todos vocês se escandalizarão de mim nesta noite, porque tem sido escrito: ‘Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho serão dispersas’[1]. Mas, após eu ter sido ressuscitado, irei adiante de vocês para a Galiléia”. E Pedro lhe diz: “Mesmo se todos se escandalizarem do Senhor, eu, todavia, não me escandalizarei!”. E Jesus lhe diz: “Com certeza lhe digo que, nesta noite, antes do galo cantar duas vezes, você negará conhecer-me três vezes”. Mas ele falou ainda mais enfaticamente: “Mesmo se fosse preciso morrer com o Senhor, de modo nenhum lhe negaria!” O mesmo também diziam todos os discípulos.

173. A primeira negação de Pedro – Casa do arqui-sacerdote Anás - Judéia - Mateus 26:58, 69-71; Marcos 14:54, 66-69; Lucas 22:54b-57 e João 18:15-18

Mas Simão Pedro, e o outro discípulo, seguiam Jesus à distância, até ao átrio do arqui-sacerdote. E esse discípulo era conhecido do arqui-sacerdote, e entrou com Jesus no átrio do arqui-sacerdote. Mas Pedro ficou parado do lado de fora do portão. E, entrando os subalternos, acendendo, pois, um fogo no meio do átrio, porque fazia frio, assentando-se ao redor, estavam-se aquecendo. Saiu, pois, o outro discípulo, que era conhecido do arqui-sacerdote, e falou com a porteira, e introduziu a Pedro. E entrando Pedro assentou-se fora no átrio entre os subalternos para ver o desfecho e aquecia-se no fogo. E estando no átrio inferior, veio uma das servas do arqui-sacerdote, a porteira, se dirigiu a ele, vendo-o assentado próximo à chama se aquecendo, olhando-o, e observando-o atentamente, disse: “E este também esteve com ele!” E disse a Pedro: “Também você esteve com o Nazareno Jesus, o galileu! Não é você também um dos discípulos deste homem?” Ele, porém, o negou diante de todos, dizendo: “Mulher, não sou (seu discípulo), (primeira negação) não o conheço, (segunda negação e primeira negação de que conhece Jesus) não sei do que está falando!”. E uma outra serva, o viu novamente, e disse aos presentes que estavam lá parados: “Também este estava com Jesus, o Nazareno. Este é um deles!”

176. Pedro nega a Jesus mais duas vezes - Palácio do arqui-sacerdote - Jerusalém - Judéia - Mateus 26:72-75; Marcos 14:70-72; Lucas 22:58-62; e João 18:25-27

Estava, porém, Simão Pedro parado e se aquecendo. E, logo depois um outro, vendo-o, disse: “Você também é um deles!” Disseram-lhe, pois: “Não é você também um dos seus discípulos?” Mas Pedro novamente negou, com juramento, e disse: “Homem, não sou(seu discípulo)! (terceira negação), não conheço esse homem!”(segunda negação de que conhece Jesus – quarta negação). E, o galo cantou. E, transcorrido em torno de uma hora, um outro afirmou enfaticamente, dizendo: “Verdadeiramente este também esteve com ele! Porque também é galileu!" E pouco depois, chegaram a ele os que estavam lá parados, novamente disseram a Pedro: “Verdadeiramente você também é um deles! Porque tanto você é galileu, quanto o seu sotaque é de lá, lhe identifica, é conforme!” Diz um dos servos do arqui-sacerdote, sendo parente do qual Pedro cortara a orelha: “Não lhe vi eu no horto com ele?” Então ele novamente o negou e começou a praguejar e a jurar dizendo: “Homem, não sei do que está falando! (quinta negação) Não conheço este homem do qual estão falando!” (terceira negação de que conhece Jesus – sexta negação) E imediatamente, enquanto ainda falava, pela segunda vez cantou o galo. E, voltando-se, o Senhor fitou os olhos em Pedro. E Pedro lembrou-se da palavra do Senhor Jesus, em como lhe dissera: “Antes do galo cantar duas vezes, você negará três vezes conhecer-me!” E, lembrando-se disso, revirando-se, caiu em prantos e chorou amargamente, e saiu para fora do pórtico.



::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3158 dias de existência com 228863 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11001
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum