.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
47 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 47 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A aposta de Pascal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A aposta de Pascal

Mensagem por Eduardo em Sex 22 Jan 2010, 10:22 am

A Aposta de Pascal

Em discussões sobre religião e Deus, sempre que o cristão usa a “Aposta de Pascal” a objeção ateísta comum é: “Qual deus? Odin, Zeus, etc?” Você pode ver como isso acontece nesse vídeo aqui, ou de uma forma modificada nessa sessão de stand-up comedy do Dawkins.
Essa é a objeção dos “muitos deuses”. Na lógica ateísta, se nessa aposta você não consegue estabelecer a identidade exacta do deus verdadeiro, isso é uma prova de que o teísmo é falso e o cristianismo mais falso ainda. Tal objecção ateísta pode ser respondida de várias formas, mas destaco duas respostas simples aqui:
1) O argumento de Pascal claramente se refere ao Deus bíblico-cristão e não a “um deus”. A Aposta de Pascal é se “Deus”, aquele em quem Pascal acreditava, existir. Portanto a pergunta “qual deus” já é respondida: o Deus da Bíblia. A objeção dos “muitos deuses” ignora quem era Pascal, ignora quem é o interlocutor e ignora tudo o que o cristianismo já escreveu sobre a existência de Deus.
Em suma: a objecção dos muitos deuses é um atestado de ignorância (já que ignora tantas coisas).
A Aposta de Pascal é apenas um fragmento de uma obra mais ampla escrita por um teísta cristão. É um argumento pragmático dependente de verdades anteriores.
Com base em argumentos anteriores, Pascal reduz as opções de vida a 2 caminhos: o teísmo cristão e o não-”teísmo cristão”. Ao contrário do que possa parecer, sua Aposta não é “teísmo x ateísmo”. Por isso, o argumento é mal utilizado por cristãos e mal refutado por ateus.
2) Ateus não apostam? Mesmo ignorando o fato de Pascal estar a referir-se ao Deus cristão, que promete vida eterna (o que elimina várias outras divindades), a objecção dos “muitos deuses” é um atestado de burrice: “Ok, admito que o teísmo é correto. Mas como não me deste a identidade exacta do deus verdadeiro eu prefiro continuar a não acreditar em deus nenhum”.
Assim, a objecção dos muitos deuses acabaria com todas as loterias e sorteios. O ateu coerente nunca apostaria em nada e nunca entraria num sorteio. O argumento dos “muitos deuses” pode transformar-se em argumento dos “muitos números”, e já que ninguém sabe que número será o premiado, o mais seguro e inteligente é não jogar.
Analisando friamente, seria mais inteligente arriscar num deus qualquer do que nenhum, pois o prémio é muito grande e não ganhar significa perder muito mais que milhões. O ateísmo continua a ser a pior opção, mesmo distorcendo a Aposta de Pascal.
Mas para não perder a ilustração aqui: a Aposta de Pascal não se refere a acertar o deus correcto. A Aposta dele é simplesmente apostar ou não no Deus bíblico. Ateus e crentes esculhambam o argumento de um dos maiores pensadores cristãos de todos os tempos.
Como usar a Aposta de Pascal?
a) Apresenta todas as evidências e argumentos racionais a favor da existência de Deus que conheces. É teu dever conhecê-los.

b) No final da apresentação, usa a Aposta de Pascal.
c) O ateu usa a objecção dos “muitos deuses”, arrancado sorrisos sarcásticos do auditório.
d) Pergunta-lhe: “Estavas a dormir durante o ponto a)?” E passas a exigir dele uma argumentação em favor de Odin, Zeus, etc, do mesmo nível que a sua no ponto a). Seja educado, mas tão duro quanto possível.
Se ele não consegue argumentar racionalmente em favor de Odin, do Homem-aranha e do dragão de Sagan, então por que levantou essa objecção? Apenas para ganhar tempo ou para expor a própria tolice?
Não permitas que ele mude de assunto enquanto ele não listar os argumentos racionais em favor da existência da divindade citada. Você já o fez no ponto a), agora é a vez dele.
A Aposta de Pascal tem sido humilhada porque os crentes em geral fracassam no ponto a), ou ignoram-no.
Usa correctamente ou então não uses
Se a conversa ou o debate for devidamente dirigido, seguir uma sequência lógica e não pular etapas, a Aposta de Pascal pode ser uma bem-sucedida cartada final. Mas raramente os debates proporcionam tal oportunidade.
Meu conselho é: não precisas de usar a Aposta de Pascal. Mas se resolveres usá-la, certifica-te de ter estabelecido previamente as evidências a favor da existência de Deus, e não te curves diante de uma objecção tão estúpida.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por dedo-duro em Sab 23 Jan 2010, 1:10 am

A Probabilidade serve muito bem para calcular jogos e tudo mais. No entanto, se considerarmos a Evolução das espécies, seria como jogar com cartas marcadas. Já sabemos de antemão o resultado, qual seja: A vida evolui segundo a lei da natureza, dispensando-se o sobrenatural.

Na época de Pascal, em que não havia geologia ou biologia evolucionista, esse dito (Aposta de Pascal) poderia ter sua profundidade abismal, mas, hoje, não passa de uma conjectura boba, que não resiste a investida dos fatos.

Outra versão da aposta de Pascal, seria dizer: não quero apostar a única vida que tenho em troca de algo qie tem grandes chances de ser uma alucinação, Deus.

Repisando, a ciência, com sua capacidade explicativa e de previsão, deixou as carta marcadas para a melhor aposta. A aposta de que não há nenhum maluco celestial no comando do Universo.


Última edição por dedo-duro em Sab 23 Jan 2010, 10:53 am, editado 2 vez(es)

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Khwey em Sab 23 Jan 2010, 10:12 am

A ciência com a sua capacidade explicativa???

Ora, onde está esta capacidade explicativa ao tentar explicar a origem de todas as coisas, mesmo que seja uma única coisa?

Não é tudo apenas teoria???

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por dedo-duro em Sab 23 Jan 2010, 10:51 am

.
A Evolução não é teoria, é fato,

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Khwey em Dom 24 Jan 2010, 9:09 am

dedo-duro escreveu:.
A Evolução não é teoria, é fato,
Eu também posso falar assim sobre qualquer coisa, não é mesmo? Que isto ou aquilo é um fato. Simples, porque só ficou nisto!

Mas a muito eu venho procurando e perguntando por estes fatos e ninguém tem capacidade para trazê-los.

Trago uma coisa muito fácil, por não se tratar da questão da origem de todas as coisas:

Eu tenho fatos científicos comprovados de seres que surgiram a milhões de anos atrás e que não sofreram nenhuma evolução até hoje.

Então quem sabe você possa trazer algo sobre a tal capacidade explicativa que a ciência tem e explicar onde estão as evidências da tal evolução, a começar pelas provas dos estágios intermediários da evolução de qualquer ser vivo?



Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por dedo-duro em Dom 24 Jan 2010, 1:46 pm

.
Respostas sobre evolução aqui:

http://www.talkorigins.org/

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Fabris em Dom 24 Jan 2010, 5:42 pm

Aposta de Pascal é uma enorme idiotice e é totalmente baseada na falácia das consequências adversas. Ela já foi refutada há séculos. Eis apenas uma das refutações:

Aposta de Pascal

“Não se pode provar que Deus existe. Mas se Deus existe, o crente ganha tudo (céu) e o descrente perde tudo (inferno). Se Deus não existe, o crente nada perde e o descrente nada ganha. Portanto, há tudo a ganhar e nada a perder ao acreditar em Deus.”
O argumento, formulado originalmente pelo filósofo francês Blaise Pascal, é pura intimidação. Não é um argumento a favor da existência de um deus: é um argumento a favor da crença, baseado em medo irracional. Com este tipo de raciocínio, deveríamos simplesmente escolher a religião que tivesse o pior inferno.
Não é verdade que o crente nada perde. Diminuímos esta vida ao preferir o mito de uma vida após a morte, e sacrificamos a honestidade à perpetuação de uma mentira. A religião exige tempo, energia e dinheiro, desviando recursos humanos valiosos do melhoramento deste mundo. O conformismo religioso, um instrumento de tiranos, é uma ameaça à liberdade.
Também não é verdade que o descrente nada ganha. Rejeitar a religião pode ser uma experiência libertadora positiva, ganhando perspectiva e liberdade para questionar. Os livres-pensadores sempre estiveram na linha da frente do progresso social e moral.
Que tipo de pessoa torturaria eternamente alguém que duvida honestamente? Se o seu deus é tão injusto, então os teístas correm tanto perigo como os ateus. Talvez deus tenha um gozo perverso em mudar de idéias e condenar toda a gente, crentes e descrentes por igual. Ou, invertendo a aposta, talvez deus só salve aqueles que têm coragem suficiente para não crer!
Pascal era um católico e supôs que a existência de deus significava o Deus cristão. No entanto, o Alá islâmico poderia ser o verdadeiro deus, o que torna a aposta de Pascal uma aposta mais arriscada do que se pretendia.
De qualquer modo, crer numa divindade com base no medo não produz admiração. Não se segue daí que tal ser mereça ser adorado.

http://ateus.net/artigos/critica/refutacao_de_alguns_argumentos_a_favor_da_existencia_de_deus.php

Pascal só acerta em sua premissa inicial: provar a existência de Deus é impossível!


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Khwey em Dom 24 Jan 2010, 6:16 pm

dedo-duro escreveu:.
Respostas sobre evolução aqui:

http://www.talkorigins.org/
Este tipo de resposta eu sempre tive, e da mesma forma eu posso fazer ao indicar a fonte da minha fé, onde aquele que se interessar em procurar por alguma resposta poderá ter n interpretações.

O que é impossível de acontecer é alguém ser capaz de trazer aqui, de um modo claro, simples e direto, exatamente o que foi pedido, ou seja, os fatos com
as evidências da tal evolução, a começar pelas provas dos estágios intermediários da evolução de qualquer ser vivo.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Fabris em Seg 25 Jan 2010, 10:51 am

Khwey escreveu:
dedo-duro escreveu:.
Respostas sobre evolução aqui:

http://www.talkorigins.org/
Este tipo de resposta eu sempre tive, e da mesma forma eu posso fazer ao indicar a fonte da minha fé, onde aquele que se interessar em procurar por alguma resposta poderá ter n interpretações.

O que é impossível de acontecer é alguém ser capaz de trazer aqui, de um modo claro, simples e direto, exatamente o que foi pedido, ou seja, os fatos com
as evidências da tal evolução, a começar pelas provas dos estágios intermediários da evolução de qualquer ser vivo.
Você se comporta como o escroque Kent Hovind, que fez um desafio e colocou as regras: ele quer ver a evolução acontecer frente às câmeras ou que alguém recrie o Big Bang.
As provas que você solicita estão no site indicado. Se você não consegue entender, vá estudar um pouco.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Khwey em Seg 25 Jan 2010, 9:24 pm

Fabris escreveu:
Khwey escreveu:
dedo-duro escreveu:.
Respostas sobre evolução aqui:

http://www.talkorigins.org/
Este tipo de resposta eu sempre tive, e da mesma forma eu posso fazer ao indicar a fonte da minha fé, onde aquele que se interessar em procurar por alguma resposta poderá ter n interpretações.

O que é impossível de acontecer é alguém ser capaz de trazer aqui, de um modo claro, simples e direto, exatamente o que foi pedido, ou seja, os fatos com
as evidências da tal evolução, a começar pelas provas dos estágios intermediários da evolução de qualquer ser vivo.
Você se comporta como o escroque Kent Hovind, que fez um desafio e colocou as regras: ele quer ver a evolução acontecer frente às câmeras ou que alguém recrie o Big Bang.
As provas que você solicita estão no site indicado. Se você não consegue entender, vá estudar um pouco.
As regras são as mesmas que os ateus impõem para a fé cristã.

Lógica científica:
Se em um tal site tem respostas, então eu não sei onde está a dificuldade em trazer deste tal site aquilo que julga ser a resposta correta para a pergunta!


Eu não quero ver a evolução frente as câmeras, pois se a própria ciência apresentou espécies que viveram a milhões de anos e que permanecem do mesmo jeito até hoje, então que apresente também as várias fases das espécies que sofreram a tal evolução.

Creio que Isto é bem diferente do que foi proposto por este tal de Kent Hovind.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Fabris em Seg 25 Jan 2010, 9:58 pm

Khwey escreveu:As regras são as mesmas que os ateus impõem para a fé cristã.
Ateus não impõem nada á fé cristã. Vocês são é incapazes de demonstrar a existência de divindades.

Khwey escreveu:Lógica científica:
Se em um tal site tem respostas, então eu não sei onde está a dificuldade em trazer deste tal site aquilo que julga ser a resposta correta para a pergunta!

[b]
Abra o site e procure o que você quer lá. eu mesmo já postei várias vezes respostas a esses seus "questionamentos". Se não quiser abrir o site, vá a qualquer faculdade de biologia de bom porte e procure o setor de biologia evolucionária ou a coleção de fósseis e peça-lhes para explicar o que é um fóssil transicional. Nem os criacionistas mais ferrenhos duvidam mais da existência dessas formas. Vá estudar um pouco de biologia séria, se quiser questionar a TE.

Khwey escreveu:Eu não quero ver a evolução frente as câmeras, pois se a própria ciência apresentou espécies que viveram a milhões de anos e que permanecem do mesmo jeito hoje, então que apresente também as várias fases das espécies que sofreram a tal evolução.
Vide resposta acima e abra o link que lhe foi indicado e procure o verbete "transitional fossils". Mas como sei que você não acredita em fósseis, fique sentadinho esperando ver um Ambulocetus ao vivo...

Khwey escreveu:Creio que Isto é bem diferente do que foi proposto por este tal de Kent Hovind.
Não é não! Como você não sabe como as espécies evoluem, extinguem-se, mantém-se, você faz uma enorme confusão e busca uma quimera.

Já lhe pedi mais de uma vez: especifique muito claramente o que você quer saber e forneça os limites claramente. Na prática tudo o que você está fazendo é pura fuga da discussão.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Khwey em Ter 26 Jan 2010, 3:05 am

Fabris escreveu:
Khwey escreveu:As regras são as mesmas que os ateus impõem para a fé cristã.
Ateus não impõem nada á fé cristã. Vocês são é incapazes de demonstrar a existência de divindades.
O mesmo acontece aqui com uns certos "fatos" científicos , que, segundo alguns, são prováveis pela ciência. Da mesma forma, até agora estão sendo incapazes de demonstrar.

Fabris escreveu:
Khwey escreveu:Lógica científica:
Se em um tal site tem respostas, então eu não sei onde está a dificuldade em trazer deste tal site aquilo que julga ser a resposta correta para a pergunta!

Abra o site e procure o que você quer lá. eu mesmo já postei várias vezes respostas a esses seus "questionamentos". Se não quiser abrir o site, vá a qualquer faculdade de biologia de bom porte e procure o setor de biologia evolucionária ou a coleção de fósseis e peça-lhes para explicar o que é um fóssil transicional. Nem os criacionistas mais ferrenhos duvidam mais da existência dessas formas. Vá estudar um pouco de biologia séria, se quiser questionar a TE.
Se alguém me pedir por fatos científicos relacionados com seres que viveram a milhões de anos atrás e que não evoluíram nada até hoje, eu não preciso mandar ninguém procurar, pois tenho como trazer isto aqui, com extrema facilidade.

Fabris escreveu:
Khwey escreveu:Eu não quero ver a evolução frente as câmeras, pois se a própria ciência apresentou espécies que viveram a milhões de anos e que permanecem do mesmo jeito hoje, então que apresente também as várias fases das espécies que sofreram a tal evolução.
Vide resposta acima e abra o link que lhe foi indicado e procure o verbete "transitional fossils". Mas como sei que você não acredita em fósseis, fique sentadinho esperando ver um Ambulocetus ao vivo...
Ainda não entendi qual é a dificuldade em você mesmo fazer isto.

Portanto, traga aqui os tais fósseis, diga-nos de qual ser vivo se trata e demonstre-nos, com esses tais fósseis, as várias fazes evolutivas pelas quais tal ser vivo passou, ao longo dos anos.


Fabris escreveu:
Khwey escreveu:Creio que Isto é bem diferente do que foi proposto por este tal de Kent Hovind.
Não é não! Como você não sabe como as espécies evoluem, extinguem-se, mantém-se, você faz uma enorme confusão e busca uma quimera.

Já lhe pedi mais de uma vez: especifique muito claramente o que você quer saber e forneça os limites claramente. Na prática tudo o que você está fazendo é pura fuga da discussão.
Se cuida de que eu não sei, então ensine, explique, demonstre... Com base no que foi colocado.

Já foi bem especificado o que eu quero. Já disse que temos, segundo a própria ciência, animais que viveram a milhões de anos e que até hoje não trazem nenhum vestígio de evolução. São chamados de "fósseis vivos".

Cabe a você ou a qualquer um, ser capar de fazer o mesmo com algum ser vivo que evoluiu, demonstrando-nos o que ele foi antes, durante, e o que ele é agora.

Obs: Não precisa ser um "fóssil vivo".

Mais claro do que isso não tem jeito.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A aposta de Pascal

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:31 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum