.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Noticiário Escatológico
Ontem à(s) 8:57 pm por Jarbas

» EU APOIO O BOLSONARO, E VOCÊ ?
Ontem à(s) 5:54 pm por Jarbas

» Porque a Bíblia não relata sobre os dinossauros?
Ontem à(s) 8:58 am por Cartman

» Consequências da Reeleição
Qui 19 Out 2017, 6:08 pm por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Coisas nas quais não acredito mais
Qua 18 Out 2017, 7:50 pm por Ab82

» Por que o uso do termo “ESQUERDOPATA” é inadequado?
Sab 14 Out 2017, 10:41 am por gusto

» Uruguai é modelo de respeito aos direitos trabalhistas, revela estudo,
Sab 14 Out 2017, 10:39 am por gusto

» Como classificar este forum?
Sab 14 Out 2017, 10:37 am por gusto

» Assuntos Aleatórios
Sab 14 Out 2017, 10:30 am por gusto

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


O fim do Universo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O fim do Universo

Mensagem por athos em Ter 08 Dez 2009, 8:27 pm


Há muito tempo físicos preveem que o Universo acabará na chamada “morte térmica”, estado em que terá utilizado toda a sua energia e não poderá mais sustentar nenhum movimento. Porém, novos cálculos realizados por uma equipe de físicos australianos mostram que a morte térmica pode chegar mais cedo do que os cientistas acreditavam. A morte térmica é baseada no conceito da entropia, que afirma que estados desordenados são mais estáveis que aqueles ordenados. Em uma experiência da vida real, por exemplo, pode-se dizer que é mais fácil quebrar uma janela de vidro (estado ordenado) do que reorganizá-la ou criar uma nova janela – estado desordenado – ou seja, a janela permanecerá quebrada. Na escala do Universo, sistemas complexos como estrelas, planetas e galáxias são como a janela de vidro, e os novos cálculos mostram que buracos negros supermassivos os estão quebrando mais rapidamente do que imaginávamos.

Já era de conhecimento dos físicos que os buracos negros contribuem com a entropia do Universo ao quebrar a matéria e energia em seus turbilhões gravitacionais, mas os cálculos sempre mostraram o nível da desordem com base nos buracos negros menores e mais frequentes.

Entretanto, o novo cálculo leva em consideração o poder destrutivo dos buracos negros supermassivos, que podem consumir galáxias inteiras. Os cientistas australianos descobriram que os cálculos antigos subestimavam quanto do Universo esses buracos negros já “engoliram”.

Porém, não é preciso começar a se preocupar com o fim do mundo: em uma escala humana, é como se o cálculo anterior afirmasse que o Universo fosse morrer aos 90 anos. O novo cálculo descobriu que ele está mais próximo desta idade do que dos 50 anos. Mas é claro que as estimativas envolvem a morte térmica para daqui a bilhões de anos, então o Universo ainda tem um bom tempo para aproveitar a velhice.

(Hypescience)


Cal escreveu:A ideia de Deus é irrefutável, pois nada provaria que Ele não existe.
avatar
athos
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1156
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/12/2008

http://www.peniel.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum