.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 7:44 pm por Jarbas

»  Endurecimeto do Faraó
Hoje à(s) 5:38 pm por irmão

» DESAFIO AOS DO LIVRE ARBITRIO
Hoje à(s) 5:16 pm por Cartman

»  Arqueólogos encontram selo que comprova veracidade de histórias da Bíblia
Hoje à(s) 4:46 pm por Cartman

» A eleição torna-nos robôs?
Hoje à(s) 3:58 pm por Justo

» Livre arbítrio, auto idolatria
Hoje à(s) 3:53 pm por Justo

» Golpe é o cacete, agora é golpe no golpe!
Hoje à(s) 3:27 pm por David de Oliveira

» Consequências da Reeleição
Hoje à(s) 10:02 am por EVANGELISTA/RJ/MSN

» O homem na lua...
Ontem à(s) 11:38 pm por Khwey

Quem está conectado
56 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 54 Visitantes :: 2 Motores de busca

Jarbas, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Ter 14 Out 2008, 4:47 pm

papista escreveu:
não deu mesmo , deu exemplo de como NÃO honrá-la em superioridade a nenhum dos outros irmãos e mães de Jesus , que são os que cumprem sua palavra .
Repito:Jesus explicou que na nova economia as relações familiares não tinham primazia.
E Jesus não iria contrapor algo que é claro: Se Maria é bendita entre todas as mulheres. Já recebe, no mínimo, uma diferença entre os outros.
O importante é que Maria é mãe de Deus, apontado na própria bíblia.

papista , melhor seria você dizer que quer mudar de assunto , que inventar uma 'tese' deste tipo, inventada aos 43" do segundo tempo , Jesus não estava falando nem mesmo aproximado disto , não estava falando de 'nova economia' nenhuma , quer financeira , quer hierárquica . O ensino é claro : todos nós bons servos devem ser considerados mães e irmaos de Jesus , o que coloca Maria como uma igual a de um bom servo , não apenas ensinado , mas exemplificado por Cristo , em oposição ao que o catolicismo pratica , como igualmente demonstrado .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por mazzo3 em Ter 14 Out 2008, 11:27 pm

Articulador escreveu:
mazzo3 escreveu:
Articulador escreveu:quem eu peguei sendo inverídico foi você [/color][/color], me acusou injustamente e depois eu DEMONSTREI que você tinha sim tentando dividir a honra EM TIPOS , preste atenção no que você mesmo escreve , eu NUNCA tentei dividir a honra , ela é única , FOI VOCÊ que disse que havia honra concorrente e não concorrente .

debata com lealdade , porque o vergonhoso é tentar acusar os outros , naquilo que você mesmo fez .

Novamente não !!!! Em momento algum eu disse que na Fé Católica há dois tipos de honra uma concorrente de Jesus e outra não concorrente de Jesus. Eu disse que o tipo de honra concorrente de Jesus NÃO EXISTE NA FÉ CATÓLICA !!!! Só existe na cabeça de pessoas que fazem falsas acusações à Fé Católica, como você !!! Eu não admiti nenhum tipo de honra diferente para Maria. Eu sempre disse: nem maior, nem igual e nem menor !!!! Eu sempre falei de honra a Deus por meio de Maria. Honramos Maria como forma de honrar a Deus.

E muito menos eu disse que 'NA FÉ CATÓLICA' há dois tipos , eu disse que você DIVIDIU a honra em Tipos , e isto eu já provei com suas próprias palavras , tergiversação comigo não cola , como já tenho avisado .

Sim, você disse que eu admiti a pratica de uma honra "no minimo em pé de igualdade TENTANDO CRIAR UM TIPO DE HONRA DIFERENTE PARA JUSTIFICAR ISSO" quando, na verdade, eu sempre digo que o "tipo de honra diferente" - aquele concorrente da honra a Deus - não existe na Fé Católica !!! Quem inventa o tipo de honra concorrente de Jesus é você !!!! Isso é coisa sua !!! Não diga que eu tentei criar esse tipo de honra concorrente de Jesus para Maria quando é justamente o contrário: EU AFIRMO QUE ESSE TIPO DE HONRA NÃO EXISTE NA FÉ CATÓLICA ! Eu afirmo desde o inicio que a honra a Maria é honra a Deus por meio dela e não uma honra para ela e outra para Deus, uma diminuindo a do outro. Jamais !!!!! Você inventa as coisas para poder acusar os outros !!!

Articulador escreveu: o verso tem a ver com a prática que o mazzo já admitiu , a honra , no mínimo , em pé de igualdade (tentando criar um 'tipo de honra diferente' para justificar isto)

mazzo3
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por mazzo3 em Ter 14 Out 2008, 11:34 pm

Articulador escreveu: e isto eu já provei com suas próprias palavras , tergiversação comigo não cola , como já tenho avisado .

Se você ganhasse R$ 1,00 cada vez que pretende ter provado alguma coisa, estaria riquíssimo !!!!

Acho que com você nada cola mesmo... nem sequer uma denominação evangélica pois parece-me que você não assumi denominação alguma... nenhuma cola com você....

mazzo3
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Ter 14 Out 2008, 11:50 pm

mazzo3 escreveu:
Articulador escreveu: e isto eu já provei com suas próprias palavras , tergiversação comigo não cola , como já tenho avisado .

Se você ganhasse R$ 1,00 cada vez que pretende ter provado alguma coisa, estaria riquíssimo !!!!

Acho que com você nada cola mesmo... nem sequer uma denominação evangélica pois parece-me que você não assumi denominação alguma... nenhuma cola com você....


ou seja , não quota meus argumentos , não os refuta , e não tem argumentos , se eu ganhasse 1,00 por cada post inútil de acusação vazia como o seu é que ficaria rico .
quanto declarar minha denominação , está muito mal informado , minha trajetória já foi testemunhada em vários fóruns , não tenho culpa se sua revolta com quem refuta sua doutrina lhe cega .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Ter 14 Out 2008, 11:58 pm

mazzo3 escreveu:...Quem inventa o tipo de honra concorrente de Jesus é você !!!! Isso é coisa sua !!! Não diga que eu tentei criar esse tipo de honra concorrente de Jesus para Maria quando é justamente o contrário: EU AFIRMO QUE ESSE TIPO DE HONRA NÃO EXISTE NA FÉ CATÓLICA ! Eu afirmo desde o inicio que a honra a Maria é honra a Deus por meio dela e não uma honra para ela e outra para Deus, uma diminuindo a do outro. Jamais !!!!! Você inventa as coisas para poder acusar os outros !!!

Articulador escreveu: o verso tem a ver com a prática que o mazzo já admitiu , a honra , no mínimo , em pé de igualdade (tentando criar um 'tipo de honra diferente' para justificar isto)


a) Eu só considero um tipo existente de honra .
b) Você criou DOIS TIPOS DE HONRA , foi você que falou que existem estes dois tipos , a tese da separação entre estes tipos é TUA .

resta minha afirmação absolutamente verídica :
(tentou criar um 'tipo de honra diferente') .


passar bem .
e aguardo suas desculpas .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por mazzo3 em Qua 15 Out 2008, 12:04 am

Articulador escreveu:
mazzo3 escreveu:...Quem inventa o tipo de honra concorrente de Jesus é você !!!! Isso é coisa sua !!! Não diga que eu tentei criar esse tipo de honra concorrente de Jesus para Maria quando é justamente o contrário: EU AFIRMO QUE ESSE TIPO DE HONRA NÃO EXISTE NA FÉ CATÓLICA ! Eu afirmo desde o inicio que a honra a Maria é honra a Deus por meio dela e não uma honra para ela e outra para Deus, uma diminuindo a do outro. Jamais !!!!! Você inventa as coisas para poder acusar os outros !!!

Articulador escreveu: o verso tem a ver com a prática que o mazzo já admitiu , a honra , no mínimo , em pé de igualdade (tentando criar um 'tipo de honra diferente' para justificar isto)


a) Eu só considero um tipo existente de honra .
b) Você criou DOIS TIPOS DE HONRA , foi você que falou que existem estes dois tipos , a tese da separação entre estes tipos é TUA .

resta minha afirmação absolutamente verídica :
(tentou criar um 'tipo de honra diferente') .


passar bem .
e aguardo suas desculpas .

Eu acho você completamente ta loco não com relação a eu pedir desculpas pois poderia fazer isso sem problemas se eu estivesse errado, mas com relação às suas pretensões... Eu não tentei criar um tipo de honra diferente para Maria... Estou negando esse tipo de honra diferente desde o começo !!!! Quando eu falo em tipo de honra diferente é porque eu identifiquei que a honra que você fala - aquela concorrente de Jesus - simplesmente não existe na Fé Católica.

Na Igreja Católica não existe honra concorrente de Deus(de Jesus).

Tudo, tudo, tudo tem Deus/Jesus como ultimo fim.

A unica coisa que você deixou provado nesse debate, para mim, foi sua incapacidade de entender o que não convém aos seus interesses.

mazzo3
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qua 15 Out 2008, 12:33 am

mazzo3 escreveu:
Eu acho você completamente ta loco não com relação a eu pedir desculpas pois poderia fazer isso sem problemas se eu estivesse errado, mas com relação às suas pretensões... Eu não tentei criar um tipo de honra diferente para Maria... Estou negando esse tipo de honra diferente desde o começo !!!! Quando eu falo em tipo de honra diferente é porque eu identifiquei que a honra que você fala - aquela concorrente de Jesus - simplesmente não existe na Fé Católica. ...



você disse que existem dois tipos , honra concorrente e não concorrente , uma usada por evangélicos , outra por católicos , exatamente como eu afirmei .

o problema mazzo , acontece quando a pessoa está 'febril' para achar uma vírgula para acusar alguém com um ad-hominem , como tem sido o seu caso , invariavelmente a situação se volta contra o apontador , vamos mudar esta 'tática' sua , que não frutifica em nada termos que ficar discutindo firulas como esta .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por mazzo3 em Qua 15 Out 2008, 2:50 pm

Articulador escreveu:

você disse que existem dois tipos , honra concorrente e não concorrente , uma usada por evangélicos , outra por católicos , exatamente como eu afirmei .

.

Não articulador. Você disse que eu tentei criar e admiti uma honra diferente PARA MARIA e essa "honra diferente" de que falo é a honra concorrente de Jesus. Em momento algum eu admiti, como você disse que eu fiz, uma honra concorrente de Jesus para Maria. Eu não tentei criar esse honra diferente (honra concorrente). Eu não a admiti em momento algum.
Eu apenas reconheci que a honra que você fala é uma honra concorrente, diferente da existente na Fé Católica. Não admiti, em momento algum, que na Fé Católica há uma honra dada a Deus e outra, de um tipo concorrente com a de Deus, dada a Maria.
Na Fé católica não há dois tipos diferente de honra. Toda honra é para Deus como fim ultimo de toda honra, louvor e glória.
E eu não vou falar mais sobre isso com você pois você não entende. E quem quiser entender, acredito que o que disse já é suficiente.

Articulador escreveu:
o verso tem a ver com a prática que o mazzo já admitiu , a honra , no mínimo , em pé de igualdade (tentando criar um 'tipo de honra diferente' para justificar isto)

mazzo3
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qua 15 Out 2008, 9:37 pm

realmente não precisa mesmo mais falar nada , qualquer um que ler sua última manifestação verá você confessando , que tentou dividir a honra em dois tipos , a concorrente que você afirma que nós usamos , e a ''não concorrente'' que você diz existir na icar , e portanto fui verídico desde o princípio .

podemos voltar ao tema do tópico

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 9:25 am

papista , melhor seria você dizer que quer mudar de assunto , que inventar uma 'tese' deste tipo, inventada aos 43" do segundo tempo , Jesus não estava falando nem mesmo aproximado disto , não estava falando de 'nova economia' nenhuma , quer financeira , quer hierárquica . O ensino é claro : todos nós bons servos devem ser considerados mães e irmaos de Jesus , o que coloca Maria como uma igual a de um bom servo , não apenas ensinado , mas exemplificado por Cristo , em oposição ao que o catolicismo pratica , como igualmente demonstrado .

Amigo, quem tem mudado de assunto é você. Eu não entrei no tópico para escrever sobre a veneração de Maria. Estava abordando o assunto "mãe de Deus" quando você interferiu.
E continuo mantendo a mesma posição: Avisaram a Jesus que a sua mãe e seus irmãos estavam querendo falar com Ele. Daí Jesus perguntou quem é a minha mãe e meus irmãos? Não preciso prosseguir.
Agora fique muito à vontade para continuar no tópico e ratificar ou não as afirmações aqui feitas sobre a cronologia católica. O importante é que o título mãe de Deus é bem anterior a Éfeso.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 9:42 am

Celibato do sacerdócio decretado por Gregório VIII (Hildebrando) 1079
O celibato é tão antigo que a gente encontra até na bíblia.
I Cor 7,1.Agora, a respeito das coisas que me escrevestes. Penso que seria bom ao homem não tocar mulher alguma.

(São Mateus 19,12)
Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 9:47 am

30. Celibato e virgindade
Na época da Igreja apostólica, o celibato possui um valor positivo e é reconhecido como estado de vida ao lado do matrimônio. Tanto um como o outro eram vistos como carismas particulares. É possível que tenham havido casos de matrimônios "espirituais", em que homem e mulher viviam juntos como irmãos (Paulo fala de uma situação como esta em sua primeira epístola aos Coríntios, por volta do ano 57). No final do séc. I e no séc. II existem muitos homens e mulheres celibatários (ascetas e virgens) "em honra da carne do Senhor" (Inácio de Antioquia). A princípio, havia uma ambigüidade entre a virgindade e o estado de viuvez permanente. Por volta de 150, Justino se refere a homens e mulheres que se conservaram "incorruptos", alcançando a idade de 60 ou 70 anos. O mesmo diz Atenágoras, em torno do ano 177. Apesar disso, ainda não existe no séc. II uma forma definida para o celibato cristão.
Na virada do segundo para o terceiro século, sob influência da gnose e do encratismo, surgem apologias a favor do celibato como estado de vida melhor do que o matrimônio. Clemente de Alexandria defende a santidade do casamento e ensina que a continência só é virtuosa quando vivida por amor a Deus. Aos poucos começa a se impor um novo ponto de vista, que considera a virgindade como uma forma de matrimônio místico com o Senhor. Após o ano 200, as "virgines Deo devotae" usam véu para indicar suas núpcias espirituais (Tertuliano, Sobre a oração, 22, escrito entre 200 e 206). Mas o voto de virgindade não possui caráter de ordenação, como atesta Hipólito em sua Tradição Apostólica.
Para Orígenes (que havia se castrado depois de ler Mt 19,12, detalhe peculiar) a virgindade supera o matrimônio porque enquanto este é figura da união de Cristo com a Igreja, aquela é sua realização mística e mais perfeita. Novaciano compara a virgindade com o estado angélico e Tertuliano leva ao extremo a sua exaltação, influenciado pelo montanismo. Cipriano vê a consagração virginal como esponsais com Cristo. Ele é o primeiro a usar o termo "virgindade" para se referir ao celibato masculino. Metódio de Olimpo (+311) fala dos celibatários Elias, Eliseu, João Batista, João Evangelista e Paulo, entre outros.
A Igreja síriaca, até o séc. III, conserva o costume do celibato em família (os filhos consagrados permaneciam com os pais). Efrém reagirá contra esta prática. Hilário de Poitiers chamará de caelebs o não casado por razões de fé e de coelibatus o seu estado de vida.
Atanásio (295-373), que conhece o ideal monástico de Santo Antão, define o matrimônio como "via mundana", enquanto a virgindade é o caminho mais eficaz para alcançar a perfeição.
Quando se encerrar o terceiro século, o celibato terá finalmente encontrado seu lugar na vida e na espiritualidade cristãs: estado superior ao casamento, comparado com a condição angélica, esponsais com Cristo, núpcias místicas, oferecimento total e perfeito a Deus. O monaquismo lhe dará forte impulso.
No ano 300, o Concílio de Elvira, na Espanha, determina a obrigatoriedade do celibato para os padres e bispos da província. Com o passar do tempo esta disciplina se estenderá a toda a Igreja.

http://www.bibliacatolica.com.br/historia_igreja/30.php

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 9:53 am

O Rosário, oração mecânica com contas inventada por Pedro o Ermitão 1090
Chama-se terço (5 dezenas) porque é a terça parte do rosário (15 dezenas). Vejamos um pouco da história do rosário: segundo consta, o rosário teve suas origens na Irlanda, no século IX. Naquela época, os 150 salmos de Davi eram uma das formas mais usadas de oração entre os monges. Os leigos, não sabendo ler, contentavam-se em ouvir a recitação dos Salmos.

Por volta do ano 800, começou a surgir o costume, entre os leigos, de recitarem 150 “Pai-nossos” (texto bíblico). No início os devotos usavam uma bolsa de couro com 150 pedrinhas para contar as vezes que repetiam a oração. Mais tarde começou a ser usado um cordão com 50 pedacinhos de madeira. É a origem do instrumento que chamamos de terço.

Em 1072 São Pedro Damião menciona que já era costume, em sua época, recitar, em forma de diálogo, 50 vezes a saudação angélica (primeira parte da Ave-Maria).

Durante o Sec. XIII apareceu o costume de se recitar 150 louvores a Maria (breves pensamentos lembrando as virtudes e glórias de Nossa Senhora). Neste período aparece a palavra rosarium que significa buquê de rosas.

Por volta de 1365, Henrique Kalkar agrupou as 150 saudações angélicas em dezenas, intercalando um Pai-Nosso em cada grupo de 10 Ave-Marias. Desta data até 1470 foram feitas outras modificações.

A partir de 1470, apareceram os dominicanos como os grandes propagadores desta forma simples de oração. A cada uma 150 Ave-Marias correspondia um pensamento bíblico.

Por volta de 1500, teve origem a xilogravura. Como o analfabetismo continuava a imperar, usava-se reproduzir em madeira as cenas evangélicas para meditação. Usavam-se 15 cenas bíblicas correspondentes a cada dezena de Ave-Marias.

Durante os séculos XVI e XVII generalizou-se o costume de se explicitarem apenas os 15 pensamentos relativos a cada dezena.

Por volta de 1700, São Luiz de Montfort consagrou a forma de se ler um pensamento mais longo, narrando a cena Bíblica e sugerindo atitudes práticas a cada dezena de Ave-Marias. Convencionou-se chamar cada um destes pensamentos de “mistério”. É a forma mais conhecida hoje, o rosário com 15 mistérios.

Hoje se reza mais o terço, os mistérios foram divididos em quatro partes, cada qual com 5 meditações: nascimento e infância de Jesus (mistérios da alegria), paixão e morte (mistérios dolorosos), ressurreição e ascensão (mistérios gloriosos).

Ao celebrar 24 anos de pontificado, no dia 16/10/2002, o Papa João Paulo II assinou a carta apostólica Rosarium Virginis Mariae em que acrescenta, ao rosário, os cinco Mistérios da Luz, inspirados na vida pública de Jesus.

O terço nos coloca diante da Santíssima Trindade e de Maria, e é também uma oração inspirada na Bíblia, como podemos observar: reza-se 5 vezes o Pai-Nosso (ensinado por Jesus) e 50 vezes a Ave-Maria (que contém a saudação do anjo e de Izabel a Maria). A oração central do terço é Jesus.

No terço não se trata de repetição mecânica de palavras. O grande segredo do terço está na meditação dos mistérios de nossa redenção, vividos por Jesus e Maria. Os grandes Santos rezavam o terço. O Papa reza. A Igreja recomenda a todos. A Bíblia não se opõe em aspecto nenhum com relação ao terço, ainda mais sendo Jesus a oração central dele.
http://www.overmundo.com.br/overblog/a-historia-do-terco

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 10:24 am

A Inquisição, instituida pelo Concílio de Verona. 1184
Veja que no AT já se abordava a questão da eliminação dos hereges. De qualquer modo, não se deve tocar no assunto inquisição sem ter noção do que ocorreu naquela época.
E nem foi estabelecido pelo concílio de Verona.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 10:36 am

papista escreveu:
papista , melhor seria você dizer que quer mudar de assunto , que inventar uma 'tese' deste tipo, inventada aos 43" do segundo tempo , Jesus não estava falando nem mesmo aproximado disto , não estava falando de 'nova economia' nenhuma , quer financeira , quer hierárquica . O ensino é claro : todos nós bons servos devem ser considerados mães e irmaos de Jesus , o que coloca Maria como uma igual a de um bom servo , não apenas ensinado , mas exemplificado por Cristo , em oposição ao que o catolicismo pratica , como igualmente demonstrado .

Amigo, quem tem mudado de assunto é você. Eu não entrei no tópico para escrever sobre a veneração de Maria. Estava abordando o assunto "mãe de Deus" quando você interferiu.
E continuo mantendo a mesma posição: Avisaram a Jesus que a sua mãe e seus irmãos estavam querendo falar com Ele. Daí Jesus perguntou quem é a minha mãe e meus irmãos? Não preciso prosseguir.
Agora fique muito à vontade para continuar no tópico e ratificar ou não as afirmações aqui feitas sobre a cronologia católica. O importante é que o título mãe de Deus é bem anterior a Éfeso.


.. o tema do tópico é 'heresias do catolicismo' , estou exatamente no tema papista , até porque você aceitou minha intervenção retrucando , não tem sentido você querer restringir o que é parelho com o tema , e ainda depois de tentar me refutar .
A questão aqui é que você não quer debater a clareza do ensino de Cristo , não vou te obrigar a confessar que o catolicismo faz pouco caso do exemplo que Cristo deu , embora isto esteja sumamente óbvio , então considero que nossas posições já estão claras acima .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 10:51 am

O tema é: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

isto significa que estamos discutindo sobre as supostas "heresias" durante os séculos. E o assunto em que você entrou nada foi discutido no tema. Na realidade explique em que sentido aplicava-se o verso postado por você.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 11:06 am

papista escreveu:
A Inquisição, instituida pelo Concílio de Verona. 1184
Veja que no AT já se abordava a questão da eliminação dos hereges. De qualquer modo, não se deve tocar no assunto inquisição sem ter noção do que ocorreu naquela época.
E nem foi estabelecido pelo concílio de Verona.

mas não estamos mais no AT de 3500 anos atrás né ? Cristo veio e clamou contra a CONSCIÊNCIA dos que apedrejariam a adúltera , e depois ensinou a dar a outra face , a não pagar o mal com o bem , e que o julgamento de pecados passaria a depender de somente de Deus . a Inquisição é uma fato a ser lamentado , não defendido , sob qualquer ótica , o exemplo classíco do que acontece quando seguimos mais a homens que aos ensinos do sola-scriptura .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 11:08 am

papista escreveu:
Celibato do sacerdócio decretado por Gregório VIII (Hildebrando) 1079
O celibato é tão antigo que a gente encontra até na bíblia.
I Cor 7,1.Agora, a respeito das coisas que me escrevestes. Penso que seria bom ao homem não tocar mulher alguma.


(São Mateus 19,12)
Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda.

há uma diferença gritante entre ser celibatário por opção , e ser obrigado a ser celibatário para servir a Cristo , e assim que vemos , não qualquer padre , mas APÓSTOLOS na bíblia que não eram celibatários , e nenhum suposto 'pedro' os impediu de pregar , e bem , o evangelho .


Última edição por Articulador em Qui 16 Out 2008, 11:12 am, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 11:10 am

papista escreveu:O tema é: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

isto significa que estamos discutindo sobre as supostas "heresias" durante os séculos. E o assunto em que você entrou nada foi discutido no tema. Na realidade explique em que sentido aplicava-se o verso postado por você.


papista , você debateu comigo HERESIA CATÓLICA , o tema NÃO está restrito à quando começou qualquer heresia , tanto que você debate acima o MÉRITO das heresias e não somente quando começou ou deixou de começar , deixe de tergiversação óbvia , só porque católicos não gostam de debater bíblia .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 11:12 am

papista escreveu:
O Rosário, oração mecânica com contas inventada por Pedro o Ermitão 1090
Chama-se terço (5 dezenas) porque é a terça parte do rosário (15 dezenas). Vejamos um pouco da história do rosário: segundo consta, o rosário teve suas origens na Irlanda, no século IX. Naquela época, os 150 salmos de Davi eram uma das formas mais usadas de oração entre os monges. Os leigos, não sabendo ler, contentavam-se em ouvir a recitação dos Salmos.

....
No terço não se trata de repetição mecânica de palavras. O grande segredo do terço está na meditação dos mistérios de nossa redenção, vividos por Jesus e Maria. Os grandes Santos rezavam o terço. O Papa reza. A Igreja recomenda a todos. A Bíblia não se opõe em aspecto nenhum com relação ao terço, ainda mais sendo Jesus a oração central dele.
http://www.overmundo.com.br/overblog/a-historia-do-terco

como não é repetição ? lógico que é repetição , ao contrário do que Cristo ensinou :
(Mateus 6:7) - E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. , assim os padres 'ensinam' que tantas 'aves marias' são garantia de serem ouvidos , novamente contra o ensino escritural .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 11:15 am

O tema é: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Convidad em Qui 16 Out 2008, 11:49 am

papista escreveu:O tema é: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

exato .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 2:00 pm

mas não estamos mais no AT de 3500 anos atrás né ? Cristo veio e clamou contra a CONSCIÊNCIA dos que apedrejariam a adúltera , e depois ensinou a dar a outra face , a não pagar o mal com o bem , e que o julgamento de pecados passaria a depender de somente de Deus . a Inquisição é uma fato a ser lamentado , não defendido , sob qualquer ótica , o exemplo classíco do que acontece quando seguimos mais a homens que aos ensinos do sola-scriptura .
Já tenho o que queria. Há 3.500 anos o povo de Deus relaxava os hereges. Esse é o ponto do tema. Ainda bem que sabe.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 2:03 pm

há uma diferença gritante entre ser celibatário por opção , e ser obrigado a ser celibatário para servir a Cristo , e assim que vemos , não qualquer padre , mas APÓSTOLOS na bíblia que não eram celibatários , e nenhum suposto 'pedro' os impediu de pregar , e bem , o evangelho .
O celibato é dos tempos bíblicos. Por volta do ano 60 DC em diante. O restante na cronologia verifique o que foi postado.

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por papista em Qui 16 Out 2008, 2:05 pm

como não é repetição ? lógico que é repetição , ao contrário do que Cristo ensinou :
(Mateus 6:7) - E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. , assim os padres 'ensinam' que tantas 'aves marias' são garantia de serem ouvidos , novamente contra o ensino escritural .
segundo consta, o rosário teve suas origens na Irlanda, no século IX.

Blz. Continua...

papista
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 417
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heresias Católico-romanas durante 1650 anos

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:14 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum