.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
70 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 68 Visitantes :: 2 Motores de busca

Jarbas, Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Página 3 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Ter 10 Maio 2011, 9:06 pm

Eu já fui ateu niilista, rockeiro, mulherengo e quase alcootra, tinha uma vida hedonista, cheguei a usar maconha por uma breve periodo. Tudo em vão, tempo perdido em busca de segundos do que eu acreditava ser felicidade.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Karla Cristina em Ter 10 Maio 2011, 9:12 pm

Eduardo escreveu:Eu já fui ateu niilista, rockeiro, mulherengo e quase alcootra, tinha uma vida hedonista, cheguei a usar maconha por uma breve periodo. Tudo em vão, tempo perdido em busca de segundos do que eu acreditava ser felicidade.


affraid
Sim, acredito que neste caminho cria-se um looping infinito atrás da felicidade que acaba se tornando inalcançavel.

Pode fazer um breve resumo como Deus conseguiu te alcançar? De que forma vc se converteu? Acho que nao tem problema, pq não vai desvirtuar o debate, já que é um pequeno depoimento.

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Convidad em Ter 10 Maio 2011, 9:28 pm

Khwey escreveu:É verdade, o casamento hoje é fonte de sofrimento e está morrendo porque sempre é realizado segundo os costumes e interesses dos homens.

desenvolva,

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Ter 10 Maio 2011, 9:30 pm

O que disse acima aconteceu durante a faculdade.

Como Deus conseguiu me alcançar?

Deus ouviu a oração da minha mãe. Quando chegava de manhã encontrava minha mãe orando, ela não dormia enquanto eu não chegasse em casa.


Última edição por Eduardo em Ter 10 Maio 2011, 9:36 pm, editado 2 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Karla Cristina em Ter 10 Maio 2011, 9:33 pm

Eduardo escreveu:O que disse acima aconteceu durante a faculdade.

Como Deus conseguiu me alcançar?

Deus ouviu a oração da minha mãe. Quando chegava de manhã encontrava minha mãe orando, ela não dormia enquanto eu não chegasse em casa.



bacana, depois quando tiver com tempinho aqui, te pergunto mais detalhes via MP.

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Karla Cristina em Ter 10 Maio 2011, 9:42 pm

Falta mais romantismo no mundo, as pessoas estão muito frias por causa da cultura. Deveriam incentivar mais musica lenta em festas (dançar de rosto colado), filmes e músicas mais românticas, em vez destes forró, pagode, filmes de Tarantino e por aí vai. Isso tudo interfere na sociedade não querer mais casar..rs. Por falta de incentivo, deixou de ser prioridade.

Olha que lindo este verso:

Conto de Fadas

Como queria ser Julieta
Ser Isolda, ser Helena
Ser uma dessas princesas
para ser amada loucamente.

Sei que são tragédias
Que são histórias sem sorte
Mas prefiro um amor ferido de morte
Do que uma morte sem amor em vida.

Betina Costa

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Ter 10 Maio 2011, 9:59 pm

me casei aos 18 anos com uma pessoa maravilhosa.
Mas era muito novo e acabei fazendo besteira e nos separamos.
Me casei de novo e há 20 anos estou muito,mas muito feliz com meu casamento,amadureci,sou amigo da minha ex,e tenho tres filhos,dois do primeiro e um do segundo.
Acho casamento muito bom quando tem amor,entendimento e quando os dois aprendem a ceder.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Khwey em Ter 10 Maio 2011, 10:09 pm

Articulador escreveu:
Khwey escreveu:É verdade, o casamento hoje é fonte de sofrimento e está morrendo porque sempre é realizado segundo os costumes e interesses dos homens.

desenvolva,
Desenvolver o quê? hummm

Casamento hoje é mais material do que espiritual. Estamos cansados de saber.

E quando não se tem um interesse material envolvido os interessados não estão preparados, ou casam-se forçados.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 16974
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Well em Qua 11 Maio 2011, 10:10 am

Karla Cristina escreveu:
Conto de Fadas

Como queria ser Julieta
Ser Isolda, ser Helena
Ser uma dessas princesas
para ser amada loucamente.

Sei que são tragédias
Que são histórias sem sorte
Mas prefiro um amor ferido de morte
Do que uma morte sem amor em vida.

Betina Costa
Gostei. Mas diga aí, Karla, como você vê esse tão propalado "amor"?


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Khwey em Qua 11 Maio 2011, 10:25 am

Estão misturando amor com paixão.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 16974
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Convidad em Qua 11 Maio 2011, 10:48 am

Khwey escreveu:
Articulador escreveu:
Khwey escreveu:É verdade, o casamento hoje é fonte de sofrimento e está morrendo porque sempre é realizado segundo os costumes e interesses dos homens.

desenvolva,
Desenvolver o quê? hummm

Casamento hoje é mais material do que espiritual. Estamos cansados de saber.

E quando não se tem um interesse material envolvido os interessados não estão preparados, ou casam-se forçados.

o que vc fez acima é desenvolvimento,
e Jesus deu permissão para divórcio para argumentos do tipo 'casamento não era espiritual, ou éramos muitos novos' ? se o casamento depender do homem estar bem ajustado , a mulher , houver um meio (que desconheço , por regra) de consultar Deus se é 'espiritual', então sempre fadará ao fracasso , mas as variáveis NÃO são somente estas.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por oliveira leite em Qua 11 Maio 2011, 11:26 am

O casamento é como um filme aonde voce escolhe a coadjuvante e vai viver sua história que pode ter o tema de

comédia
love store
bang bang
karate
romance
drama
suspense
terror japinha

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Karla Cristina em Qua 11 Maio 2011, 7:53 pm

Well escreveu:
Karla Cristina escreveu:
Conto de Fadas

Como queria ser Julieta
Ser Isolda, ser Helena
Ser uma dessas princesas
para ser amada loucamente.

Sei que são tragédias
Que são histórias sem sorte
Mas prefiro um amor ferido de morte
Do que uma morte sem amor em vida.

Betina Costa
Gostei. Mas diga aí, Karla, como você vê esse tão propalado "amor"?

rs...como diz no poema, penso igual, melhor viver um amor assim,do que uma vida sem amor. Não acredito que uma pessoa passe por essa vida, sem viver um grande amor. No meu ponto de vista, seria uma vida desperdiçada.. Mas acho que o exagero não é bom para uma cristã, pois Deus está acima do amor humano, mas nada impede que possa amar intensamente e mais ainda a Deus. positivinho

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

O sexo no casamento deve ser prazeroso ou isto é lascívia?

Mensagem por Jan Mozol em Seg 12 Set 2011, 8:04 am

Eu estou abrindo este tópico para que todos deem seu parecer,já vou falando que não vou admitir ad-hominens e nem aceitar picuinhas excludentes.
Meu parecer:
Não só deve,como é obrigação bíblica do cônjuge o fazer.

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 12 Set 2011, 8:41 am

para que os ainda nao acompanharam o debate, é em virtude do topico constante na area de conhecimentos gerais

http://gospelbrasil.topicboard.net/t5439-virgem-ainda-apos-5-anos-casada

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Ed em Seg 12 Set 2011, 8:41 am

Oras, se não for prazeiroso, para que fazer?




::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3091 dias de existência com 226254 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 10983
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por carlosect em Seg 12 Set 2011, 9:23 am

acho que já até sei porque estão abrindo o tópico....

Para perguntar se sexo anal (desculpe-me o palavriado) pode ser feito.


uns são contra e outros a favor, sei lá , eu vi na bíblia que os sodomitas não herdarão a vida eterna, mas se formos analisar, os sodomitas não praticavam somente este tipo de sexo, sendo assim ficaria complicado afirmar sobre ser salvo ou não por praticar de uma forma ou outra sendo sempre o mesmo parceiro (para as mulheres) ou parceira (para os homens).

Bom, este é meu parecer no assunto, ao que parece o tópico pode-se chegar a esta pergunta.

carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Valeria Freitas em Seg 12 Set 2011, 9:33 am

creio que não carlos, por que ja tem topico aqui sobre isso.

o sexo no casamente tem e deve que ser prazeiroso. e sim, existe em paulo ordenanças biblicas para que o casal não deixe de pratica-lo, para num ficar sob a influencia de satanás, e serem tentados pela incontinencia. e com isso, talvez serem levados ao pecado.

beijos!




Quem acredita, está dando crédito, pensa ser verdadeiro.

Quem confia, se entrega, muda seu agir, renuncia as demais coisas para viver naquilo em que confia.

Quem acredita e confia crê.

Valeria Freitas
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 758
Idade : 52
Localização : Pitangui - MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 08/08/2011

http://www.eunumtenho.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Convidad em Seg 12 Set 2011, 11:17 am

Jan Mozol escreveu:Eu estou abrindo este tópico para que todos deem seu parecer,já vou falando que não vou admitir ad-hominens e nem aceitar picuinhas excludentes.
Meu parecer:
Não só deve,como é obrigação bíblica do cônjuge o fazer.

importante este 'não permitir' ser igualitário para todos, o que não está sendo a praxe deste forum, cria-se ilações sobre uns, e se cega ao comportamento de outros que justamente sustentaram a provocação.


Quanto ao tema :
Apesar de eu colocar isto para você, pelo jeito vocês se esforçou para não entender :
LASCÍVIA é tendência para o desejo mental sexual.
A lascívia pode ser : a) aprovada quando em casamento monogâmico, b) pecado.
eu te falei no debate que havia um nível de lascíva no casamento, é o ululante.

lascívia
las.cí.via
sf (lat lascivia) 1 Caráter ou qualidade de lascivo. 2 Luxúria. 3 Propensão para a lubricidade. 4 Med Satiríase.

luxúria
lu.xú.ria
sf (lat luxuria) 1 Exuberância de seiva, serviço dos vegetais. 2 Cio. 3 Corrupção de costumes, lascívia, sensualidade. 4 Reg ch (Alagoas) Esperma, sêmen.

lubricidade
lu.bri.ci.da.de
sf (lat lubricitate) 1 Qualidade de lúbrico, estado do que é escorregadio. 2 fig Tendência para a sexualidade; lascívia, luxúria, sensualidade.

lascivo
las.ci.vo
adj (lat lascivu) 1 Que provoca lascívia. 2 Libidinoso, licencioso, sensual. 3 Brincalhão, travesso.
dicionário Michaellis.



no casamento HÁ lascívia, pois é um comportamento de PESSOAS, não de estado marital, mas intrínsico ao homem . O que deve-se é admitir é que o excesso de lascívia (a ultra-valorização do sexo) deforma a mente , porque um casamento é a 2, e já sabemos por estatística (também apensada no tópico próprio), que a maioria dos casais não vai ter o mesmo nível de desejo, o que faz um dos conjuges ser mais carnal, gerando TENTAÇÕES , que geram PECADOS. De outro lado, quando Jesus diz que não devemos nos limitar ao conjuge, Ele também manda ensinar, SALVO MÚTUO ACORDO , para que se dediquem um tempo a ORAÇÃO, o que obviamente está dizendo que se formos MENOS lascívos, seremos mais espirituais, e vice-versa.
"a carne milita contra o espírito, e o espírito contra a carne"


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Seg 12 Set 2011, 12:19 pm

carlosect escreveu:acho que já até sei porque estão abrindo o tópico....

Para perguntar se sexo anal (desculpe-me o palavriado) pode ser feito.


uns são contra e outros a favor, sei lá , eu vi na bíblia que os sodomitas não herdarão a vida eterna, mas se formos analisar, os sodomitas não praticavam somente este tipo de sexo, sendo assim ficaria complicado afirmar sobre ser salvo ou não por praticar de uma forma ou outra sendo sempre o mesmo parceiro (para as mulheres) ou parceira (para os homens).

Bom, este é meu parecer no assunto, ao que parece o tópico pode-se chegar a esta pergunta.
Não,nada a ver.
Sexo,intercurso mesmo.
Podemos abrir outro com relação a estes assuntos,mas aqui vale aquele feito para reprodução.

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 21 Out 2011, 12:14 am

imaginem a seguinte situaçao hipotetica

uma viuva de 60 e poucos anos, é pensionista e ganha muito bem

sai de um estado e vai para outro estado, pq seus filhos ja estao casados e decide morar em outro estado

neste outro estado conhece um outro senhor, de 60 e poucos anos, tambem pensionista, mas que ganha pouco

pra nao perder a pensao decide fazer contrato de uniao estavel

e ai? qual é a jurisprudencia biblica a respeito? está pecando se fizer isto?

há pastores que aceitam, porem nao fazem o casamento, outros nao aceitam e tambem nao fazem o casamento, pq os idosos querem permanecer sem casar no civil e sim fazer um contrato de uniao estavel para nao perder os direitos

e ai? como fica a situação?

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Sex 21 Out 2011, 8:21 am

Você tem que usar uma situação que poderia acontecer.
Ninguém perde direito por novo casamento.
Veja a lei atual.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por EMBAIXADOR DO REINO em Dom 13 Nov 2011, 10:09 am

Casamento Bíblico e Judaico Parte 1

O Pano De Fundo Histórico

“Assim diz o Senhor: Neste lugar, do qual dizeis que está deserto, sem homens, nem animais, nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém que estão assoladas, sem homens, sem moradores e sem animais, ainda se ouvirá a voz de gozo, a voz de alegria, a voz do noivo e da noiva, e a voz dos que trazem ofertas de ações de graça à casa do Senhor, e dizem: Dai graças ao Senhor dos Exércitos, pois bom é o Senhor, o Seu amor dura para sempre. Pois restaurarei a sorte da terra como no princípio, diz o Senhor” (Jr. 33:10-11).

Entre todos os costumes apontados por D-us, provavelmente não exista nenhum mais alegre do que o casamento judaico. É uma simchá (ocasião alegre) que você não quer perder! É claro, é alegre o bastante somente testemunhar dos votos de aliança entre o homem e a mulher que se amam. Quando você soma família e amigos, comida, música e dança, é difícil encontrar uma celebração mais exuberante. Mesmo sendo o casamento cristão uma benção, existem algumas lições exclusivas a serem aprendidas da cerimônia de casamento bíblico-judaico, em particular. Os rituais antigos associados a este costume são ricos em verdades espirituais que lembram Israel da aliança deles com D-us e de Seu amor por eles. Este costume apontado por D-us pode ser examinado através de três partes de que falam a tradição judaica.

Shidduchin

O período Shidduchin é o primeiro passo no processo do casamento, e se refere aos arranjos preliminares esposais legais. Nos tempos bíblicos, o primeiro passo importante era o “noivado”. Era comum, na tradição antiga, o pai do noivo escolher uma noiva para seu filho, às vezes enquanto ele ainda era criança. O casamento era, às vezes, considerado como um ato de ligação de famílias, ou mesmo uma aliança política; entretanto, o que deveria ser descrito como amor era, por vezes, um fim secundário. Uma excelente ilustração do casamento bíblico é encontrado nos primeiros capítulos da Torah, concernentes à vida do patriarca Isaque.

“Abraão era agora idoso e bem avançado em idade, e o Senhor o tinha abençoado em todas as áreas. Ele disse ao servente chefe de sua família, aquele que estava à frente de tudo o que ele tinha: Ponha sua mão sobre minha coxa. Quero que você jure pelo Senhor, o D-us dos céus e D-us da terra, que você não vai tomar uma esposa para o meu filho das filhas dos cananeus, entre os quais estou vivendo, mas você irá ao meu país e aos meus próprios parentes e tomará uma esposa para o meu filho Isaque” (Gn. 24:1-4). Este é um exemplo clássico do Shidduchin sendo iniciado para o filho de Abraão. Ainda que isto era considerado de responsabilidade do pai, muitas vezes não era prático. Entretanto, o pai poderia delegar esta responsabilidade, designando um representante. Neste caso, Abraão envia seu servo numa jornada para obter uma noiva para seu filho de sua própria clã semítica. Através das gerações, esta pessoa era conhecida como shadkhan (“agente de casamento” ou “casamenteiro”). Isto pode soar familiar para qualquer um que tenha assistido o filme “Violonista no Telhado”.

Ao encontrar a formosa Rebeca, o servo enviado por Abraão viu claramente a mão de D-us. Convencido da própria seleção, o servo executou o passo seguinte do Shidduchin, o qual é chamado de Ketubah (“escrito”, ou “recibo”). A Ketubah inclui as provisões e condições propostas para o casamento. Isto deve ser chamado de acordo inicial pré-nupcial ou, mais corretamente, de contrato do casamento. Neste documento hebraico, o noivo promete sustentar sua futura esposa, enquanto que a noiva estipula o contexto de seu dote (condição financeira). Isto é destacado no relato do servo de Abraão em relação a Rebeca. Depois de ter conversado com Labão (o pai de Rebeca), o servo reagiu da seguinte forma:

“Quando o servo de Abraão ouviu o que eles disseram, ele se curvou ao chão perante seu senhor. Então, o servo trouxe jóias de ouro e prata e artigos para roupas e os deu a Rebeca; ele também deu presentes caros a seus irmãos e sua mãe” (Gn. 24:52-53). A despeito do fato de ser um casamento arranjado, parece claro que o consentimento da noiva era uma cláusula de contingência importante. Isto é evidenciado quando o servo pergunta a Abraão: “O que acontece se a mulher não quiser voltar comigo voluntariamente para esta terra?” (Gn. 24:5). Felizmente, no caso de Rebeca, ela concordou com as condições da Ketubah (Veja Gn. 24:58). Para se preparar a cerimônia de casamento, era comum a noiva e o noivo fazerem separadamente um ritual de imersão na água (mikveh). Este ritual era sempre o símbolo de uma limpeza espiritual.

Eyrusin (Desposar)

Depois da mikveh, o casal aparece sob a huppah (“pálio nupcial”), numa cerimônia pública, para expressar suas intenções de se tornarem esposos, ou noivos. Enquanto eyrusin significa “desposar”, uma palavra secundária, às vezes associada com o período, é kiddushin (“santificação”, ou “separado à parte”). Este termo secundário descreve mais especificamente o que o esposar, ou o período de noivado significa, que é separar uma pessoa para a aliança do casamento. Kiddushin também se refere à verdadeira cerimônia eyrusin, a qual toma lugar sob uma huppah.

Desde os tempos antigos, o casamento sob o pálio nupcial tem sido um símbolo de uma nova família sendo planejada (Ver o Salmo 19:5; Joel 2:16). Durante a cerimônia, alguns itens de valor são examinados (por exemplo, alianças) e um copo de vinho é compartilhado para selar os votos de eyrusin. Por isso, não havia relações sexuais a esta altura, e o casal deveria viver em lugares separados. O período para desposar é tipificado na história de Isaque, no espaço de tempo entre a aceitação de Rebeca e o real casamento deles em Canaã. O entendimento judaico de eyrusin tem sempre sido mais forte do que nosso moderno entendimento de noivado. O eyrusin era tão obrigatório que o casal deveria, na verdade, precisar de um divórcio religioso (get) a fim de anular o contrato (Veja Dt. 24:1-4). A opção de um get estava à disposição somente do marido, pois a esposa não tinha nada a dizer em nenhum procedimento de divórcio. Ambos, a noiva e o noivo, têm suas respectivas responsabilidades neste período. O noivo deveria usar este tempo como preparatório. Como a huppah simbolizava a nova família, então, o noivo deveria ter como alvo a preparação do novo lugar de moradia para sua noiva e, eventualmente, para os filhos à seguir. Nos tempos bíblicos, isto era resolvido mais facilmente pela simples adição de um outro quarto na casa existente da família. Enquanto o noivo preparava a casa, a noiva teria como alvo sua preparação pessoal, enquanto o dia do casamento se aproximava. Um vestuário lindo de casamento devia ser preparado como um símbolo de uma alegre ocasião por vir. Mais importante, a noiva deveria se dedicar ao verdadeiro espírito do tempo preparatório para o casamento. Para ambos, a noiva e o noivo, este deveria ser um ano de introspecção e contemplação pessoal para esta tão santa aliança - a do casamento.

Nissuin (Casamento)

O passo culminante no processo da cerimônia do casamento judaico é conhecido como nissuin. Isto é baseado no verbo hebreu nasa, que literalmente significa “carregar”. Nisuin era mais ou menos uma descrição gráfica, enquanto a noiva estaria esperando o noivo para levá-la para sua nova casa. Existia uma grande expectativa para a noiva na chegada do casamento. Esse tempo de espera se dava levando-se em consideração um elemento único para o casamento judaico bíblico, que é o tempo da chegada do noivo (e por isso toda a festa do casamento), o qual era para ser uma surpresa. Qualquer noiva que levasse o período de noivado seriamente, estaria esperando o noivo ao final desse longo ano de eyrusin. Entretanto, a hora exata da cerimônia não era certa, pois era o pai do noivo que daria a aprovação final para o nissuin começar. A noiva e sua comitiva estariam, então, ansiosamente olhando e esperando pelo momento exato. Mesmo no final da tarde, a comitiva de casamento deveria manter suas lâmpadas de óleo acesas só no caso em que o casamento estivesse por começar. Como eles saberiam quando seria a hora? Um costume era que um membro da comitiva do noivo liderasse o caminho da casa do noivo para a casa da noiva e gritasse, “Veja, vem o noivo!”. Isto seria seguido pelo som do shofar (chifre de carneiro), o qual era usado para proclamar dias santos judaicos e eventos especiais.

Ao som do shofar, o noivo lideraria a procissão do casamento pelas ruas da vila da casa da noiva. Os acompanhantes do noivo deveriam então carregar (nissuin) a noiva de volta para a casa do noivo, onde a huppah foi montada uma vez mais. O casal iria uma vez mais, como eles fizeram no ano anterior, proferir uma benção acompanhados de um copo de vinho (um símbolo da alegria). Este copo era claramente distinguido do copo anterior, como era refletida na tradicional sheva b’rakhot (“sete bençãos”) que o acompanhava. O segundo estágio da cerimônia da huppah, como é encontrado no costume do nissuin, serve como a finalização dos votos e promessas anteriores. O que foi prometido na cerimônia do eyrusin agora foi consumado na cerimônia do nissuin. Pela primeira vez, o casal estava livre para consumar o casamento deles, tendo as relações sexuais e vivendo juntos como marido e mulher (ver Gn. 24:66-67). O pináculo desta cerimônia alegre é o jantar de casamento. Isto é mais do que simplesmente sentar e jantar com todos os convidados, pois inclui sete dias de comida, dança e celebração (veja Jz. 14:10-12). Depois de todas as maravilhosas festividades, o novo esposo estava livre para trazer sua esposa para sua nova casa e viverem suas vidas juntos, dentro da total aliança do casamento.

Observância Tradicional Judaica

Desde os dias de Abraão, esta tem sido a estrutura da cerimônia do casamento. Muitos destes costumes básicos ainda estão incluídos na observância moderna judaica. Se é um casamento em Jerusalém, Londres ou San Diego, é fácil reconhecer a linha de conexão comum de volta à Torah. Na verdade, muitos destes elementos bíblicos e tradicionais são encontrados em outras cerimônias de casamento não judaicos ao redor do mundo. A observância moderna de cerimônia de casamento tem evoluído durante os anos para incluir algumas adições interessantes. Cada aspecto tem um significado, e o objetivo de nos lembrar de alguns elementos verdadeiros e importantes da história ou cultura judaica. A mudança mais notável na cerimônia moderna judaica é que não há mais um espaço de tempo entre a cerimônia do eyrusin e do nissuin. Alguns estudiosos atribuem esta mudança à Idade Média, onde, por causa dos perigos a que a comunidade judaica estava exposta, não havia garantia de que ambos, noiva e noivo, deveriam sobreviver ao período de um ano. Por isso, as duas partes separadas da cerimônia da huppah eram combinadas em uma de mesmo simbolismo, ilustrando ambos o eyrusin e o nissuin. Modernamente, o padrão para uma cerimônia judaica inclui a eyrusin e nissuin. Ao manter o simbolismo do eyrusin, a primeira parte da cerimônia na verdade, toma lugar antes do corpo principal do casamento. Este é o sinal da Ketubah, o qual normalmente acontece minutos antes do cerimonial. A moderna Ketubah adere à antiga fórmula hebraica e aramaica; entretanto, a tradução inglesa pode variar.

Nos círculos judaicos ortodoxos (especialmente dentro da terra judaica), a Ketubah é considerada um documento de ligação legal que pode ser até submetido à evidência da corte. Entretanto, muitos casamentos judaicos tomam lugar fora de Israel, onde a Ketubah é estritamente um símbolo. Porém, é importante o costume. O documento de ligação, nestes casos, é a licença do casamento emitida pelo governo local. Numa sala privada, na presença do rabino e de, pelo menos, duas testemunhas, a noiva e o noivo assinam a Ketubah. Em comparação, normalmente é tabu para o noivo ver a noiva antes da cerimônia do casamento “Cristão”. Entretanto, na cerimônia judaica, na verdade é uma requerimento para o noivo ver sua noiva antes da Ketubah ser assinada. Por que isto? Um noivo judeu, de nome Jacó, não checou apropriadamente sob o véu de sua noiva, e na verdade terminou com a mulher errada (veja Gn. 29:25). Parece que os futuros noivos judeus têm aprendido desta lição séria, e querem ter a certeza de que têm a noiva certa!

Enquanto algumas comunidades judaicas podem aderir a algumas das práticas culturais primitivas, muitas comunidades começam, na verdade, a cerimônia de casamento com um simples processional. É digno de nota que alguns grupos (por exemplo, aqueles do Irã e Yemem) têm continuado o costume de casamento pré-arranjado. Depois de assinar a Ketubah, a huppah é montada no lugar do casamento. Isto poderia ser tanto um dossel de pé com bases de suporte, como um dossel com quatro postes montados à mão. O teto da huppah pode ser feito com uma peça de tecido bordado ou com um talit (xale) tradicional de oração. Este é o ponto focal para o qual a cerimônia do casamento caminha. O primeiro da linha deve ser o rabino, seguido pelos vários pares de testemunhas. Cada um toma suas próprias posições.

O rabino fica sob o centro da huppah, com as pessoas que fazem parte da cerimônia do casamento de cada lado do dossel (pálio nupcial). O cerimonial representa a tradição antiga do noivo retirando sua noiva do lar paterno para um novo lar. Antes do noivo começar sua marcha, o rabino diz:

“Baruch Habah B’shem Adonai” “Bendito é aquele que vem em nome do Senhor”

Nesta altura, o noivo é levado por seus pais até que ele esteja em frente à huppah. Um fato curioso é que o noivo se alinha ao lado direito do rabino, ao se deparar com ele. Isto é o oposto de muitos casamentos “Cristãos”, onde os homens se alinham ao lado esquerdo. É difícil saber se a comunidade não judaica fez a mudança, ou se a comunidade judaica o fez como uma declaração de sua exclusividade. Todos os olhares estão voltados para o começo da ala, enquanto a noiva aparece acompanhada pelos seus pais. O rabino diz:

“B’ruchah Haba’ah B’shem Adonai” “Bendita é ela que vem em nome do Senhor”

A noiva faz sua grande aparição, andando majestosamente em direção ao seu noivo. Ao se encontrarem em frente à huppah, a noiva pode seguir o costume tradicional de circundar o noivo três vezes. Enquanto isso acontece, o rabino explica que isto é simbólico e endossa três envolvimentos matrimoniais que são mencionados nas Escrituras. D-us fala a Israel através do profeta Oséias, “Eu desposarei você para sempre; ... em justiça, ... em amor e compaixão. Eu desposarei você em fidelidade ...” (Oséias 2:19-20).

O casal dá o braço, enquanto ficam debaixo da huppah. O rabino começa a se endereçar ao casal, tendo suas famílias e amigos como testemunhas. A benção judaica pode ser descrita, ou outra declaração introdutória importante para a ocasião. O ponto central é, muitas vezes, um drashah (“sermão”) que acentua os valores espirituais do casamento. O drashah, não importando o tamanho que seja, é seguido pela primeira taça de vinho. Esta taça simboliza a intenção de entrar em eyrusin (por exemplo, noivado), que é parte da aliança matrimonial. Tendo entendido a estipulação da Ketubah (por exemplo, contrato), o casal sela a 1ª parte do acordo com um gole de vinho, sob a huppah. O rabino salmodia a benção tradicional:

“Baruch Atah Adonai, Eloheynu Melech Ha’olam, Borey P’ri Ha’gafen. Amém” “Bendito és Tu, ó Senhor nosso D-us, Rei do Universo, que criou o fruto da vinha.Amém” (Nós, judeus messiânicos, acrescentamos a frase: “B’shem Yeshua Ha Mashiach”, que significa: “Em nome de Yeshua, o Messias”).

O seguinte é acrescentado em hebraico e português: “Bendito és Tu, ó Senhor nosso D-us, Rei do universo, que nos tem santificado pelos teus mandamentos, e nos comandado ao que diz respeito a uniões proibidas; que tem proibido àqueles que simplesmente estão noivos, e permite àqueles que são casados a nós através da huppah e na sagrada aliança do casamento. Bendito és Tu, ó Senhor, que santifica o Seu povo de Israel através da huppah e da sagrada aliança do casamento. Amém”.

Enquanto a taça de vinho é bebida pela noiva e pelo noivo, eles simbolicamente adentram o contrato total da eyrusin. Em contraste com a cerimônia antiga, a cerimônia do casamento moderno move-se imediatamente para a parte do nissuin. Muitos casais encontram nisto respaldo para a idéia de que o noivado de um ano tem sido condensado na mesma cerimônia da huppah. Nem por isto , as duas partes distintas do casamento judaico deixam de ser vistas claramente. A cerimônia segue para os votos que são trocados entre a noi- va e o noivo, podendo ser uma combinação do voto hebraico tradicional, ou uma declaração pessoal em português. É nesta altura que os símbolos dos votos são trazidos à tona, ocasionalmente alianças de ouro. Alguns grupos tradicionais acreditam que é muito ostentoso se ter pedras preciosas; então, eles preferem uma simples aliança de metal. Desde que o Talmud fala do homem adquirir uma esposa, é o noivo somente quem fala o voto tradicional.

Enquanto coloca o anel no dedo da noiva, ele fala: “Harey at m’chudeshet li, b’taba’at zu, k’dat Moshe v’Yisraeyl” “Com este anel você está casada comigo, de acordo com a Lei de Moisés e de Israel” Desde lá têm havido votos feitos publicamente antes dos testemunhos e anéis terem sido trocados. O rabino pode fazer a declaração de que o casal é agora oficialmente marido e mulher. Entretanto, ainda há elementos significativos necessários para o complemento do nissuin. Normalmente, há uma leitura pública da Ketubah. Então, a segunda taça de vinho é cheia para o sheva b’rakhot (“sete bençãos”). Esta linda melodia hebraica louva a D-us por muitas de suas bençãos, incluindo a criação do homem e da mulher, a paz em Jerusalém e a alegria da aliança do casamento. Ao final desta tocante oração, o casal bebe da taça para simbolizar o complemento da cerimônia (casamento) do nissuin.

Entretanto, ainda permanece o costume conhecido que se desenvolveu anos depois – a quebra das taças (**). É dito que este costume teve início por um dos rabinos da idade talmúdica que, após observar toda a alegria da festa do casamento, de repente jogou no chão uma taça de vidro. Seu objetivo era considerar que mesmo em tempos de grande alegria, não se pode esquecer do sofrimento de Jerusalém e da destruição do Templo (Talmud Babilônico, Berakhot 31a). Na cerimônia moderna, a quebra da taça ocorre bem no final do casamento. É um doce amargo lembrete da seriedade da vida; ainda, enquanto a taça é quebrada pela sola do sapato do noivo, um grito de júbilo de Mazel tov (“parabéns”, ou “boa sorte”) ecoa através da multidão. Depois de um beijo entre o esposo e a esposa, eles caminham em júbilo pela fila ao som de música festiva. Isto é seguido pelo jantar e recepção do marido, com comida, música e dança. Que sinchá (ocasião jubilosa)! (**) Nós, judeus messiânicos, entendemos com esta simbologia que ambos romperam com o passado. Agora, são duas novas criaturas vivendo o evangelho de Yeshua, sendo uma só carne.

EMBAIXADOR DO REINO
SUSPENSO

Número de Mensagens : 402
flag : Israel
Data de inscrição : 09/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por EMBAIXADOR DO REINO em Dom 13 Nov 2011, 10:12 am

Casamento Bíblico Judaico Parte 2 Final


Guia Prático Para Uma Cerimônia de Casamento Messiânico


Preparar para um casamento Messiânico requer dirigir-se a certos pontos em questão. Uma cerimônia como esta é necessário que cônjuge não judeu tenha um coração judaico, afirmando a perspectiva de fé judaica. Portanto, não é uma grande questão se um dos cônjuges não é judeu. Entretanto, em casos onde um dos cônjuges não é crente em Yeshua, o casamento não deveria ser celebrado (baseado em II Coríntios 6: 14). Confirmar que o casamento está na vontade de Deus, aconselhamento pré nupcial deveria ser obrigatório. Um casal de noivos deveria consultar com o líder Messiânico local a respeito deste tempo importante de preparação.

A sugestão de ordem de culto que se segue é baseada nos costumes de casamento dos tempos bíblicos e sua adaptação moderna. Assim como muitas das tradições e costumes, uma pessoa deve adaptar a cerimônia para encaixá-las às convicções pessoais e aos desejos da noiva e do noivo. Sobre tudo, que a característica de sua fé em Yeshua possa ser claramente vista nesta bela cerimônia.

Ao estabelecer a cerimônia, os seguintes suplemento serão necessários.

1. Kiddush taça de vinho

2. Vinho Kosher ou suco de uva numa garrafa

3. Uma taça para ser quebrada, enrolada num guardanapo de pano

4. Ketubah

5. Huppah

6. Kippot branco (solidéu) para os homens

A ordem do culto é a seguinte:

O cântico da Ketubah

Este documento é para ser assinado por ambos noiva e noivo antes de começar a cerimônia principal. Da mesma forma, o líder Messiânico e duas testemunhas ( a critério dos noivos) devem assinar. Um grupo pequeno de família e amigos deve ser convidado para assistir o momento das assinaturas. Para a verdadeira, Ketubah

é recomendado uma Messiânica ( ver a Conclusão para informação em como obter-se uma); contudo, uma Ketubah tradicional ou uma habitual pode ser redigida se for desejada.

Música do Prelúdio

Pode incluir qualquer musica instrumental ou vocal que a noiva ou o noivo desejarem.

Processional

Normalmente, o líder Messiânico tomará o lugar no final da parte da huppah (o qual deveria ser uma plataforma elevada), seguido pelas testemunhas e o cortejo nupcial. Os homens se alinham ao lado esquerdo da huppah visto do ângulo da audiência, as mulheres ao lado direito.

Chamada ao Noivo

Quando o noivo começa sua marcha, o líder messiânico diz:

Barukh habah b’shem Adonai.

Bendito é aquele que vem em nome do Senhor.

O noivo é escoltado pelos seus pais até a frente da huppah. Depois de lhes darem um beijo ou um abraço de despedida, os pais se assentam enquanto o noivo permanece em pé em frente da huppah, olhando para a nave de entrada.

Chamada a Noiva

Antes da noiva começar sua marcha, o líder messiânico deve dizer:

B’rukhah haba a b’shem Adonai.

Bendita é aquela que vem em nome do Senhor.

(O noivo pode ler Provérbio 31: 10-18 enquanto a noiva começa sua marcha ala à dentro.)

A noiva é levada pelos seus pais até que ela chegue em frente da huppah, frente ao noivo. A esta altura, a noiva pode circundar o noivo três vezes enquanto o líder messiânico lê e explica a passagem de Oséias 2: 19.

Quando a noiva termina os círculos, ela dá o braço ao noivo enquanto eles dão um passo à frente para baixo da huppah. Eles ficam de frente para o líder messiânico que diz:

Mi adir al hakol. Mi baukh al hakol. Mi gadol al hakol. Hu y’vareykh er he’khatan vét há’kalah.

Ele que é supremamente poderoso, Ele que é supremamente louvado; Ele que é supremamente grande – que Ele possa abençoar este noivo e noiva.

O Discurso do Líder Messiânico

Desde que muitos dos casamentos messiânico são assistidos por uma multidão variada, incluindo muitos amigos não messiânicos, este é um tempo oportuno para o líder messiânico fazer algumas observações introdutórias apropriadas. É mais importante e proveitoso esclarecer que esta é uma cerimônia Messiânica e exatamente o que isto significa. Muitos dos costumes serão familiares para os convidados judeus; entretanto, o casal de noivos também escolheu expressar a conexão com a Nova Aliança, desde que esta é uma expressão de sua própria fé em Yeshua o Messias. No caso de casamentos mistos ( por exemplo, judeu com judeu não cristão), pode ser um testemunho lindo para explicar que o cônjuge gentio também ama a Bíblia/ costume judaico por que eles são consistentes com a sua fé.

Depois da observação introdutória do líder messiânico, uma oração pessoal de abertura pode ser oferecida para pedir a benção de Deus para esta ocasião festiva. Ela é seguida por um sermão pequeno que dirigindo alguns pontos relacionados ao casamento. Esta é uma oportunidade perfeita para incorporar qualquer verso preferido das Escrituras.

A taça Eyrusin

Uma pessoa escolhida pelo noivo enche a primeira taça de vinho e o líder messiânico diz: Barukh atah Adonai, eloheynu melék haólam, borey p’ri há’gafen. Amém.

Bendito és Tu, O’ Senhor nosso D-us, Rei do universo que criou o fruto da vinha. Amém.

(A benção adicional maior pode ser usada se desejada. Veja acima.)

A pessoa escolhida entrega a primeira taça de vinho ao noivo que dá um gole e à sua noiva um gole.

Os Votos

A esta altura, o líder messiânico diz:

(Nomes do noiva e da noiva) vão agora trocar os votos tradicionais do casamento. E por assim fazerem, eles irão abertamente comprometerem-se a si mesmos um ao outro; compartilhando as mesmas alegrias, mesmas dores, e seja o que for que D- us traga às suas vidas juntos.

Há basicamente três opções para a cerimônia; os votos tradicionais em português, os votos personalizados em português e os votos tradicionais em Hebraico. Os votos tradicionais em português são lidos pelo líder messiânico, primeiro para o noivo:

(Nome do noivo), você pela sua própria vontade e consentimento toma esta mulher (nome da noiva) para ser sua legítima esposa deste dia em diante, para o melhor, para o pior, para a riqueza, para a pobreza, na doença e na saúde, para viverem juntos seguindo os mandamentos santos de D-us? Você a amará, a confortará, a honrará, a acalentará, a manterá, e abandonando todas as outras, unindo-se somente a ela, enquanto ambos viverem?

O noivo diz, “Sim”.

O líder messiânico diz para a noiva:

(Nome da noiva), você pela sua própria vontade e consentimento toma este homem (nome do noivo) para ser seu legítimo esposo deste dia em diante, para o melhor, para o pior, para a riqueza, para a pobreza, na doença e na saúde, para viverem juntos seguindo os mandamentos santos de Deus? Você o amará, o honrará, o inspirará, o acalentará, e o manterá, e abandonando todos os outros, unindo-se somente a ele, enquanto ambos viverem?

A noiva diz, “Sim”.

O líder messiânico pergunta, “Que símbolos você tem para estes votos?” A dama de honra dá as alianças para o líder Messiânico, que diz:

Desde os tempos mais remotos a aliança tem sido o símbolo de união do amor. É feita de ouro puro para simbolizar amor puro. Sendo um círculo inquebrável, ela simboliza um amor infindável. Tantas vezes quanto um de vocês virem estes círculos de ouro, que vocês possam ser lembrados deste momento importante e do amor infindável que vocês prometeram.

O líder messiânico lidera o noivo a dizer as bençãos hebraicas enquanto o noivo coloca a aliança no dedo da noiva:

Harey at m’kudeshet li b’taba ‘at zu k’dat Moshe v ‘Yisrayel.

Com esta aliança você está unida comigo em concordância com a Lei de Moisés e de Israel.

Se desejado, uma frase Messiânica pode ser adicionada no final de cada sentença:

...b’sehm Há ‘Av, Yeshua Há ‘Mashiakh, v’Ruakh Há ‘Kodesh.

... no nome do Pai, Yeshua o Messias, e do Espírito Santo.

Na tradição judaica, o homem é o único que é requerido dizer a benção da aliança. Entretanto, à mulher as vezes é permitido dizer a mesma benção em português para a sua parte na cerimônia.

O líder messiânico agora proclama:

Desde que vocês têm prometido o amor de vocês um pelo outro diante de Deus e destas testemunhas, e trocados estes símbolos de amor genuíno, eu por deste meio anuncio, pela virtude da autoridade vestida em mim, que vocês agora são marido e mulher, para viverem juntos até que a morte os separe. O que D-us tem unido, nenhum homem separe.

Até este momento da cerimônia, um número de música especial tem sido incluído algumas vezes para ajudar a todos refletirem no significado da ocasião.

Leitura da Ketubah

O líder messiânico pode explicar o simbolismo da ketubah e pode na verdade ler o texto como uma declaração dos valores deste novo casal de nubentes.

A taça Nissuin

O padrinho escolhido pelo noivo enche a segunda taça de vinho. O líder messiânico explica o simbolismo espiritual associado ao costume, especialmente à luz da fé do Messias. O líder messiânico canta o sheva b’rakho ( as sete bençãos”) em Hebraico (refere a Scherman, Edição Rabínica do Concílio da América do Rolo de Arte Sidur – veja a bibliografia – ou qualquer uma outra sidur tradicional) Depois que o Hebraico é cantado, o líder messiânico lê a tradução em Português:

1. Abençoado és Tu, Ó Senhor Nosso D-us, Rei do universo, que criou todas as coisas para Tua glória, Amém.

2. Abençoado és Tu, Ó Senhor Nosso D-us, Rei do universo, criador do homem. Amém.

3. Abençoado és Tu, Ó Senhor nosso D-us, Rei do universo, que criou o homem a tua imagem, a tua semelhança, e preparou para ele, de si mesmo uma eterna alma. Abençoado és Tu, Ó Senhor, criador do homem. Amém.

4. Possa Sião que era estéril ser excessivamente feliz e exulte, quando suas crianças se ajuntarem no interior dela com alegria. Abençoado és Tu, Ó Senhor, que fez Sião feliz através de seus filhos. Amém.

5. Ó faça estes companheiros amados grandemente a se alegar, como Tu alegremente fizestes no passado tuas criaturas no jardim do Éden. Abençoado és Tu, Ó Senhor, que fez o noivo e a noiva se alegrarem. Amém.

6. Abençoado és Tu, Ó Senhor nosso D-us, Rei do universo, que criou prazer e regozijo, noivo e noiva, alegria e exaltação, satisfação e deleite, amor, fraternidade, paz e confraternização. Que em breve seja ouvido nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, as vozes de prazer e regozijo, a voz do noivo e a voz da noiva, as jubilantes vozes dos noivos do dossel deles, e de jovens das suas canções de festas. Abençoado és Tu, Ó Senhor, que fez o noivo se alegrar com sua noiva. Amém.

7. Abençoado és Tu, Ó Senhor nosso D-us, Rei do universo, que criou o fruto da vinha. Amém.

O padrinho escolhido pelo noivo dá a ele a taça de vinho enquanto ele e a noiva tomam um gole.

Conclusão

O líder Messiânico deveria dar uma breve explicação do costume de quebra da taça. Poderia ser bem em alertar também a multidão ao tradicional grito de “Mazel Tov”, o qual vem imediatamente depois do noivo quebrar a taça. No momento exato, o noivo é exortado quebrar a taça. O noivo e a noiva podem se beijar, e é apropriado que o líder Messiânico conclua o culto com um momento de oração de pessoas sobre as pessoas.

No final da oração, o casal se volta para o auditório quando o líder messiânico diz: “É o meu privilégio de apresentar a vocês o Sr. e a Sra. (Sobrenome do marido)”. Nesta altura, muitas vezes, começará a ser tocada os sons alegres da música tradicional de casamento (uma comum é Od Yishama, de Jeremias 33). Os padrinhos dos noivos marcham de volta pela nave principal num recessional na ordem oposta que entraram.

Agora em a vez da recepção o que , num bom estilo judaico, deveria ser a simcha (celebração) Mazel Tov! Que os lindos costumes do casamento judaico possam sempre

lembrar aos crentes em Yeshua da breve volta do seu noivo, Yeshua o Messias.

EMBAIXADOR DO REINO
SUSPENSO

Número de Mensagens : 402
flag : Israel
Data de inscrição : 09/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Dom 13 Nov 2011, 10:54 am

Herr...acho que vc confundiu topicos,casamento segundo a bíblia.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casamento segundo a biblia - tópico oficial

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:14 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum