.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
85 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 82 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano, EVANGELISTA/RJ/MSN, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

“Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

“Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Sex 02 Out 2009, 10:15 pm

O filme “Expelled: No Intelligence Allowed” (“Expulso: Não se permite inteligência") é uma crítica ao posicionamento da ciência de hoje que dentro da chamada “liberdade acadêmica” suprime toda e qualquer idéia científica que não seja naturalista.

http://designinteligente.blogspot.com/2007/09/evolucionismo-e-discriminao.html

Qualquer pressuposto de design deve ser eliminado ou no mínimo chamado de pseudo-ciência. Quem paga o preço por desafiar o “status quo” são os cientistas, professores e alunos que ousam desafiar essa “liberdade acadêmica” que cremos possuir:

Quando o professor Rubens Pazza, da Universidade Federal de Viçosa, leu a reportagem “Descoberto fóssil que altera teorias sobre dinossauros”, de Ligia Hougland, publicada no site Terra, ficou tão indignado que escreveu um artigo intitulado “Desonestidade na divulgação científica”. Mas por que ele chama Ligia de desonesta? Qual o motivo de tanto ódio? Simplesmente porque a jornalista se utiliza de termos proibidos para os darwinistas, como: “perfeitamente criado” e “design belamente criado”. Onde já se viu! Falar de dinossauros e sugerir design inteligente? Não pode, menina!

Puzzo escreveu outro texto, publicado nesta semana no Observatório da Imprensa, intitulado “Corrigindo um equívoco”. Numa ligação telefônica, Ligia disse que não é criacionista e que escreveu a matéria com base em entrevistas com cientistas e em um press release. Puzzo se deu por satisfeito (afinal, ufa!, ela não é criacionista). Pediu desculpas públicas, mas insistiu: o jornalismo científico deve ser “extremamente cuidadoso” para não dar margem a interpretações criacionistas. É mais ou menos como a frase hipnótica de Richard Dawkins: “A biologia é o estudo de coisas complexas que dão aparência de terem sido projetadas.”

E para deixar claro que exagerou na dose, na semana anterior, Puzzo repete: “mais uma vez peço desculpas a Ligia Hougland, que foi injustamente taxada de criacionista por mim no outro texto.” Opa! De repente, ser taxada de criacionista é ainda pior do que ser chamada de desonesta! É lamentável ver tamanha manifestação de preconceito vinda de um professor universitário.

Ligia escapou da fogueira de Puzzo. Mas os outros “desonestos” que insistem em ver evidências de design na criação, esses, sim, merecem as chamas.[MB]

http://www.criacionista.blogspot.com/



Última edição por Eduardo em Dom 29 Nov 2009, 1:24 pm, editado 2 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Ter 06 Out 2009, 8:21 pm

Esse filme foi produzido em resposta a perseguição cientifica em que uma das primeiras vitimas foi biólogo Richard Sternberg do Museu Smithsonian de História Natural por ter publicado o artigo peer-reviewed “The Origin of Biological Information and the Higher Taxonomic Categories”, Proceedings of the Biological Society of Washington, 117(2004): 213-239.

Isso provocou a expulsão de Richard Sternberg do Smithsonian Institute porque Meyer é um dos proponentes do Design Inteligente. A KGB da Nomenklatura científica diz que o DI não é ciência porque não publica. Quando nós publicamos, editores são expulsos da comunidade científica. “1984”, o Big Brother, e a Novilíngua de Orwell são demasiadamente nossos contemporâneos. Stálin tinha em Lavrenti Béria a sua “mão de ferro” contra os críticos e opositores. Darwin nos guarda-cancelas, oops “peer-reviewers” é mais chique.

Cientistas confrontam teoria que contradiz Darwin

A comunidade científica americana está confrontada com a polêmica teoria do "desenho inteligente" que, na contramão do evolucionismo darwiniano, defende que a vida na Terra é obra de uma inteligência superior.

Desde que "A Origem das Espécies", obra-prima do naturalista britânico Charles Darwin, revolucionou a biologia 145 anos atrás, o evolucionismo tem sido a teoria científica dominante.

Mas o apoio de um punhado de biólogos e pessoas alheias à comunidade científica ao "desenho inteligente" pôs os darwinistas na defensiva, enquanto fortalece grupos cristãos conservadores que consideram a teoria evolutiva contrária à Bíblia.

Para seus críticos, o "desenho inteligente" é uma mistura nada científica de política e religião. "No fundo, trata-se de um movimento religioso cristão", afirma Barbara Forrest, professora de filosofia da Universidade do Sudeste da Louisiana.

O grupo contrário afirma que o evolucionismo não responde a todas as perguntas sobre a origem de algumas formas de vida. "A ciência não avança ignorando algo que está à vista", defende Michael Behe, professor de bioquímica da Universidade de Leigh e defensor do "desenho inteligente".

Basicamente, esta teoria sustenta que algumas estruturas encontradas em organismos vivos, como os flagelos das bactérias ou as asas extra em algumas moscas não podem ser explicadas segundo conceitos darwinianos de seleção natural e variação ao acaso. É evidente que foram desenhadas, afirma Behe, embora seja reticente em dizer por quem.

Os darwinistas, que ainda são a imensa maioria dos cientistas, afirmam que Behe e outros partidários do "desenho inteligente" se valem dos mistérios que a ciência ainda não solucionou para concluir que são obra de uma inteligência superior.

Nos últimos meses, o debate se incendiou. O biólogo Richard Sternberg processou o Museu Smithsonian de História Natural, em Washington, por tê-lo qualificado de fundamentalista religioso e impedi-lo de entrar em suas instalações por sua atuação na publicação, em 2003, de um artigo de Stephen Mayer, defensor do "desenho inteligente".

Embora Sternberg não avalize ou repudie a teoria, os defensores do "desenho inteligente" o comparam a Galileu Galilei, perseguido pela Inquisição no século XVI por suas descobertas astronômicas.

Jonathan Wells, membro do conservador Instituto Discovery americano, doutorado em biologia e estudos religiosos, afirma que a evidência empírica permite concluir que o "desenho inteligente" existe, rejeitando as críticas que qualificam a teoria de "novo criacionismo", uma corrente que explica a criação com base na Bíblia.

No entanto, os "criacionistas" de vários estados do país têm se valido do "desenho inteligente" para tentar inserir suas idéias nas salas de aula, como ocorreu em novembro passado em Dover, Pensilvânia (nordeste), onde os professores de biologia receberam a ordem de incluir esta teoria em suas aulas.

Wells condena a medida. "Não estamos tentando inserir o desenho inteligente à força nas salas de aula", garante. Apesar da crescente animosidade, os dois grupos concordam que demonstrar a existência do desenho inteligente, segundo os parâmetros científicos tradicionais, é quase impossível.

"Pode a ciência provar se Deus existe? Não", explica Wells. "É difícil conciliar a ciência com as questões filosóficas cristãs", afirma, por sua vez Vittorio Maestro, da revista de História Natural americana. "Nós não os convenceremos e eles não nos convencerão", resume.

http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI532453-EI238,00.html


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Ter 06 Out 2009, 8:52 pm

Marcos N. Eberlin é, desde 1982, professor doutor titular da Universidade Estadual de Campinas, atual presidente da Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas (IMSS, na sigla em inglês). Realizou pós-doutorado na Purdue University, Estados Unidos, e orientou diversos mestres, doutores e pós-doutores. Entre as pesquisas realizadas por seu grupo, destacam-se os estudos de reatividade de íons na fase gasosa, que levaram à descoberta de vários novos íons e novas reações com diferentes aplicações analíticas e sintéticas. Uma dessas reações hoje leva seu nome: Reação de Eberlin. Membro da Academia Brasileira de Ciências, o Dr. Eberlin é comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e autor de mais de 320 artigos científicos com mais de três mil citações.

Inquisição sem fogueiras na SBPC




Cientista é impedido de discutir as origens do Universo e da vida
Marcos N. Eberlin é, desde 1982, professor doutor titular da Universidade Estadual de Campinas onde coordena o Laboratório ThoMSon, um dos grandes centros de referência mundial na técnica de espectrometria de massas. Realizou pós-doutorado na Universidade Americana de Purdue, Estados Unidos, e tem orientado diversos mestres, doutores e pós-doutores. Eberlin é hoje um dos cientistas brasileiros de maior destaque; é membro da Academia Brasileira de Ciências, comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico, vice-presidente da Sociedade Internacional e também da Sociedade Brasileira de Espectrometria de Massas; e ganhador de vários prêmios, entre eles, o mais recente: o prêmio Scopus-Capes 2008. Eberlin é ainda autor de mais de 320 artigos científicos com mais de três mil citações. Sua destacada atuação levou ao convite para proferir palestra na 60ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), na Unicamp, sobre assunto relacionado às suas pesquisas. Tudo estava acertado. Título e resumo devidamente fornecidos à organização do evento, e sua conferência programada e anunciada na web para terça-feira, 15 de julho, com o título “A Vida e o Universo: Um Grande Acidente ou Design Inteligente?” Mas tudo mudou no dia 2 de julho, quando o cientista foi informado, laconicamente via email (ao qual tive acesso), que “por decisão do Coordenador Geral da 60ª SBPC, estamos cancelando sua conferência”.

Ao questionar os motivos do súbito e unilateral cancelamento, o Dr. Eberlin esclarecereu que ele “falaria como um cientista preocupado em entender o Universo e a vida sem qualquer preconceito, sem restrições, sem idéias pré-concebidas de como o Universo e a vida devem a priori ser”. Disse ainda que “a palestra será desapaixonada, e focará na importância de conhecermos todas as teorias que procuram racionalizar o Universo e a vida, e não só o paradigma predominante. Isso é ciência, é progresso, é o que se espera de uma sociedade que quer promover o progresso da ciência. Que ela examine, discuta, ouça e retenha o que é bom, o que se mostra racional, inteligente”.

Eberlin comentou ainda que tinha ficado feliz em verificar que a SPBC brasileira (ao contrário de outras) não tinha fugido ao debate abrindo suas portas para a discussão acadêmica de uma teoria que ganha destaque a cada dia. “Como cientistas devemos então examiná-la e, se dela discordamos, confrontá-la com contra-argumentos científicos. Essa é a graça da ciência”, concluiu o professor e acadêmico, acrescentando que sua palestra “teria o mérito de expor os argumentos científicos de uma teoria cientificamente defensável, de colocar os ouvintes em contato com as teses do Design Inteligente e as teses naturalistas. Eu os convidaria a refletir cientificamente sobre o tema. É assim que a ciência progride: discutindo suas teses, confrontando seus críticos.”

Mesmo com toda a argumentação científica e racional apresentada por Eberlin, a SBPC manteve o cancelamento, mostrando assim, infelizmente, que também na SBPC no intelligence is allowed! A coordenação, quando questionada, se justificou dizendo que “a SBPC, como sociedade científica, respeita profundamente a diversidade cultural e religiosa”, mas que “assuntos que envolvam matérias de fé são valorizados mas não tratados em nossas reuniões. A questão do ID é, no nosso entender e da atual Diretoria, matéria de cunho pessoal. Várias sociedades científicas americanas também se manifestaram no sentido do ID não ser tratado na academia. Portanto, não encaramos esse cancelamento como confronto mas apenas alinhamento operacional.”

Eberlin lamentou esse “alinhamento operacional” e com a confirmação do cancelamento de sua palestra ele assim se manisfestou: “Não sei se viveremos para ver, mas a história vai se repetir”, previu o cientista. “Na queda de um paradigma, os que detêm o poder na Academia fazem de tudo para que a fragilidade de seus argumentos não seja de forma alguma confrontada ou divulgada. Agem até com deselegância, não há pudor. Pois quando uma teoria é solida, bem fundamentada na razão e nas evidências, não há por que temer o contraditório. Mas aos poucos as evidências começam a falar mais alto que as nossas paixões; mais alto que as nossas opiniões; mais alto que a nossa crença ou religião – sobrenatural ou naturalista –, e a ciência avança, progride. O medo do novo é inerente à natureza humana, mas precisa ser vencido! E será! A história irá contar os fatos – de como sociedades cientificas se recusaram a se render à absoluta objetividade cientifica do DI. Quem viver verá!”

Eberlin lembrou também algumas teorias científicas predominantes mas equivocadas que caíram e tornaram-se página virada na história da ciência: o flogístico, o éter luminífero, os quatro elementos, a geração espontânea. Mas “não com pouca resistência, não com pouca luta, não com poucos cancelamentos de palestras acompanhadas de justificativa alguma. E foi nessas quedas que a ciência reconheceu suas fragilidades e mais avançou”, disse.

O químico, submetido à Inquisição sem fogueiras da SBPC, silenciado mas não abatido, conclui explicando que “o DI não é religião, não trata de fé, trata de razão, de raciocínio lógico. Trata de evidências inquestionáveis que toda uma geração de jovens que não se deixa mais enganar, e com acesso à internet, começa a descobrir, apesar de alguns detentores do poder acadêmico procurarem esconder. As teses do DI podem ter implicações filosóficas, mas não dependem delas.” E concluiu: “DI é ciência em sua essência.”

Pena que os “guardiões da ciência” assim não entendam, ou por entender assim temam... Pena que a ciencia não seja, como deveria, o fórum da livre discussão de teses, sem preconceitos, sem compromissos predefinidos. Pena que não procure, como deveria, o pleno conhecimento sobre o Universo e a vida. Que a ciência, na visão de muitos de seus líderes, seja declarada e protegida como território exclusivo de religião naturalista, onde não se admite questionamento da fé absoluta - e muitas vezes irracional - do poder absoluto das leis naturais. Mas, felizmente, embora se tente sufocá-las, vozes têm se levantado, cada vez mais fortes, com autoridade, e com mais e mais freqüência, para mudar esse estado de coisas, para reestabelecer a correta interpretação dos fatos científicos sobre a vida e o Universo.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Luís em Ter 06 Out 2009, 9:41 pm

.
Claro, um grande, alto e onipontente deus está olhando para o Eduando agora, com seu bondoso e justo olhar...

leluia


"A razão de eu jamais haver visto teu deus é que ele está na tua imaginação."

Luís
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4099
flag : Canada
Data de inscrição : 08/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Ter 06 Out 2009, 9:43 pm



Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Sab 17 Out 2009, 9:44 pm

Mais exemplos de perseguição:

http://designinteligente.blogspot.com/2008/09/socilogo-fala-sobre-recente-expulso-na.html

http://designinteligente.blogspot.com/2008/09/director-da-royal-society-expulso.html

http://designinteligente.blogspot.com/2008/08/abatendo-os-dissidentes-de-darwin.html

http://designinteligente.blogspot.com/2007/09/evolucionismo-e-discriminao.html

http://designinteligente.blogspot.com/2008/02/audincia-justa-negada-ao-astrnomo-g.html

http://designinteligente.blogspot.com/2008/02/recurso-negado-g-gonzalez-lanada-petio.html

http://designinteligente.blogspot.com/2008/02/petio-para-liberdade-acadmica-na-amrica.html


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por dedo-duro em Dom 18 Out 2009, 1:27 pm

.
Os pesquisadores cristãos não fazem qualquer teoria de relevo. Depois falam que são "perseguidos". No fundo só querem enfiar guela abaixo dogmas da era do bronze.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Dom 18 Out 2009, 3:31 pm



Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Dom 18 Out 2009, 3:57 pm

dedo-duro escreveu:Os pesquisadores cristãos não fazem qualquer teoria de relevo.
Que piada. Os mitos evolucionistas não têm nada a ver com ciência nem são um must-have para se fazer ciência. Vou te dar apenas alguns exemplos de pesquisadores cristãos que fazem ciência de relevo.

Começaremos pelo físico criacionista Robert Gentry, ele tem dezenas de artigos publicados em várias revistas científicas com peer-review. O geofísico criacionista John Baumgardner também. O criacionista John Sanford foi um dos inventores da tecnologia de pistola de genes. Doutorado em genética de plantas, Sanford trabalha na Universidade de Cornell e também tem dezenas de artigos publicados em revistas científicas. Sem falar em Alister Mcgrath, Prof. Dr. John Lennox , Ruy Carlos de Camargo Vieira, assim como o famoso Adauto J. B. Lourenço B. Sc., MSc., é formado em Física pela Bob Jones University, USA. Mestrado em Física Nuclear pela Clemson University, USA. Pesquisador responsável em Sistemas de Imagem de Estruturas Atômicas (Oak Ridge National Laboratory), é membro da American Physics Society,EUA e pesquisador em Trocas de Energia em Nível Atômico (Max Planck Institut für Stromunsgsforchung, Alemanha). Dr. Francis Sellers Collins você já conhece, ele é um geneticista norte americano, um dos cientistas mais respeitados da atualidade. Nasceu em 14 de abril de 1950. É diretor do Projeto Genoma Humano e foi um dos responsáveis por um feito espetacular da ciência moderna: o mapeamento do DNA humano, em 2001, trabalhando no que há de mais moderno em torno do estudo do DNA, o código da vida. Com isso, tornou-se o cientista que mais rastreou genes com a finalidade de encontrar tratamento para diversas doenças. Temos também Marcos Eberlin:

Eduardo escreveu:Marcos N. Eberlin é, desde 1982, professor doutor titular da Universidade Estadual de Campinas. Realizou pós-doutorado na Purdue University, Estados Unidos, e orientou diversos mestres, doutores e pós-doutores. Entre as pesquisas realizadas por seu grupo, destacam-se os estudos de reatividade de íons na fase gasosa, que levaram à descoberta de vários novos íons e novas reações com diferentes aplicações analíticas e sintéticas. Uma dessas reações hoje leva seu nome: Reação de Eberlin. Membro da Academia Brasileira de Ciências, o Dr. Eberlin é comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e autor de mais de 300 artigos científicos com mais de três mil citações. Nascido em Campinas, SP, é casado com Elisabeth Eberlin e tem duas filhas: Thaís e Lívia. Nesta entrevista, concedida a Michelson Borges, o Dr. Eberlin, que é batista, fala de suas pesquisas e de sua fé no Criador. [Leia mais]
Marcos Eberlin, membro do NBDI, eleito o novo presidente da IMSS (Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas)

Espectrometria para o mundo - 5/10/2009

Por Fábio de Castro

Agência FAPESP – O brasileiro Marcos Eberlin, professor do Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é o novo presidente da Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas (IMSS, na sigla em inglês)


Eleito presidente da Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas, Marcos Eberlin, do Instituto de Química da Unicamp, adota estratégias para tornar entidade mais atuante nos países fora do eixo Europa-EUA (Antônio Scarpinetti)

Eleito na primeira semana de setembro, durante o 18º Congresso Internacional de Espectrometria de Massas, realizado em Bremen, na Alemanha, Eberlin já assumiu o cargo, cujo mandato é de três anos, renováveis por mais três. De acordo com ele, a principal missão de sua gestão consistirá em tornar a entidade mais atuante em todo o planeta.

“A IMSS é uma sociedade internacional, mas sempre esteve muito voltada para a Europa e para os Estados Unidos. Já atuei na sociedade como secretário e representante do Brasil e sempre procurei torná-la menos restrita a esse eixo. Ao eleger um brasileiro, a sociedade sinaliza sua preocupação em levar sua atuação para todo o mundo”, disse Eberlin à Agência FAPESP.

Ao assumir o cargo, Eberlin já iniciou ações estratégicas no sentido de disseminar o conhecimento da espectrometria de massas para o mundo todo, aumentando o raio de ação da sociedade. Uma das estratégias, já aprovada pelo conselho da sociedade, consiste em levar os congressos internacionais da IMSS para países fora do eixo Europa-EUA.

“O próximo congresso será em Quioto, no Japão, e o de 2012 será em Genebra, na Suíça. Mas, a partir daí, queremos trazer o evento – que reúne de três a quatro mil pessoas – para países como o Brasil, a Argentina, o México, a Austrália e a Rússia. A vinda para o Brasil em 2014 é quase certa”, disse Eberlin.

A IMSS, segundo Eberlin, reúne 45 sociedades nacionais de espectrometria de massas. A vinda da reunião internacional para o Brasil, de acordo com ele, seria o reconhecimento da importância atual do país no cenário científico.

“Será o reconhecimento simbólico de uma realidade visível: o Brasil já tem destaque no mapa mundial da ciência e da espectrometria de massas. E não há como ignorar que se faz pesquisa de primeiro nível no país”.

Segundo ele, uma evidência de que o país ganhou relevância na área, no cenário internacional, é a dimensão atual do 3º Congresso Brasileiro de Espectrometria de Massas , que será realizado de 12 a 15 de dezembro, em Campinas (SP).

“O congresso brasileiro, que reúne cerca de 800 participantes, é um dos cinco maiores do planeta, perdendo apenas para a o congresso internacional da IMSS, o dos Estados Unidos, o da China e o do Japão”, disse. Na produção científica em espectrometria de massas, segundo Eberlin, o Brasil também ocupa atualmente a quinta posição.

Outro procedimento já adotado por Eberlin para aumentar a presença da IMSS em todo o mundo foi a redução do intervalo entre as reuniões da sociedade de três para dois anos. “Aumentando a frequência, aumentamos também a possibilidade de realizar reuniões em países de outros continentes além da Europa e da América do Norte”, disse.

Eberlin também submeteu ao conselho da IMSS a idéia da criação de um prêmio pela qualidade do trabalho para pesquisadores que querem participar das conferências e não possuem recursos.

“Outra iniciativa que tomamos foi a criação, por meio da IMSS, de uma enciclopédia de espectrometria de massas a partir de uma plataforma na internet, com acesso gratuito em diversas línguas”, disse.

Segundo Eberlin, as enciclopédias de espectrometria de massas atualmente existentes têm preço proibitivo para os cientistas de países em desenvolvimento: cada volume é vendido a cerca de US$ 300.

“Para que o acesso seja global, vamos utilizar uma plataforma criada pela empresa brasileira XY2 para montar a enciclopédia, que terá tradução nas principais línguas do mundo e acesso gratuito a partir do site da sociedade”, explicou.

Segundo Eberlin, a espectrometria de massas é uma técnica de caracterização estrutural de substâncias que tem aplicações em praticamente todas as áreas da ciência. Por isso as sociedades nacionais são tão numerosas.

“Enquanto biólogos usam a técnica para caracterizar proteínas e examinar suas estruturas, os farmacêuticos a empregam para caracterizar drogas, os químicos para a análise de agrotóxicos ambientais e os físicos para analisar semicondutores ou para estudar a composição da atmosfera de um determinado planeta, por exemplo”, disse o cientista, que trabalha com técnicas de espectrometria de massas com ênfase em química, bioquímica, ciências médicas, farmacêuticas, de alimento, em novos materiais e proteoma.

Com toda sua formação feita na Unicamp – onde se graduou em Química em 1982, defendeu o mestrado em 1984 e o doutorado em 1988, Eberlin realizou seu pós-doutorado, entre 1989 e 1991, no Laboratório Aston de Espectrometria de Massas da Universidade de Purdue, em West Lafayette, no estado de Indiana, nos Estados Unidos.

Professor titular da Unicamp, onde leciona desde 1982, Eberlin é comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico (2005) e faz parte do conselho editorial dos periódicos Journal of Mass Spectrometry, Mass Spectrometry Reviews e The Analyst.

+++++

NOTA DESTE BLOGGER:

O Prof. Dr. Marcos Eberlin é um dos professores de universidade pública que integra o quadro do NBDI - Núcleo Brasileiro de Design Inteligente, Campinas - SP.

Parabéns, Marcos, nós do NBDI estamos muito felizes por esta sua mais nova conquista!!!
Eduardo escreveu:Criacionista brasileiro é eleito para presidir a IMSS

O brasileiro Marcos Eberlin, professor do Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é o novo presidente da Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas (IMSS, na sigla em inglês). Eleito na primeira semana de setembro, durante o 18º Congresso Internacional de Espectrometria de Massas, realizado em Bremen, na Alemanha, Eberlin já assumiu o cargo, cujo mandato é de três anos, renováveis por mais três. De acordo com ele, a principal missão de sua gestão consistirá em tornar a entidade mais atuante em todo o planeta.

“A IMSS é uma sociedade internacional, mas sempre esteve muito voltada para a Europa e para os Estados Unidos. Já atuei na sociedade como secretário e representante do Brasil e sempre procurei torná-la menos restrita a esse eixo. Ao eleger um brasileiro, a sociedade sinaliza sua preocupação em levar sua atuação para todo o mundo”, disse Eberlin à Agência FAPESP.

Ao assumir o cargo, Eberlin já iniciou ações estratégicas no sentido de disseminar o conhecimento da espectrometria de massas para o mundo todo, aumentando o raio de ação da sociedade. Uma das estratégias, já aprovada pelo conselho da sociedade, consiste em levar os congressos internacionais da IMSS para países fora do eixo Europa-EUA. (...)

A IMSS, segundo Eberlin, reúne 45 sociedades nacionais de espectrometria de massas. A vinda da reunião internacional para o Brasil, de acordo com ele, seria o reconhecimento da importância atual do país no cenário científico. “Será o reconhecimento simbólico de uma realidade visível: o Brasil já tem destaque no mapa mundial da ciência e da espectrometria de massas. E não há como ignorar que se faz pesquisa de primeiro nível no país.” (...)

Segundo Eberlin, a espectrometria de massas é uma técnica de caracterização estrutural de substâncias que tem aplicações em praticamente todas as áreas da ciência. Por isso as sociedades nacionais são tão numerosas.

“Enquanto biólogos usam a técnica para caracterizar proteínas e examinar suas estruturas, os farmacêuticos a empregam para caracterizar drogas, os químicos para a análise de agrotóxicos ambientais e os físicos para analisar semicondutores ou para estudar a composição da atmosfera de um determinado planeta, por exemplo”, disse o cientista, que trabalha com técnicas de espectrometria de massas com ênfase em química, bioquímica, ciências médicas, farmacêuticas, de alimento, em novos materiais e proteoma.

Com toda sua formação feita na Unicamp – onde se graduou em Química em 1982, defendeu o mestrado em 1984 e o doutorado em 1988, Eberlin realizou seu pós-doutorado, entre 1989 e 1991, no Laboratório Aston de Espectrometria de Massas da Universidade de Purdue, em West Lafayette, no estado de Indiana, nos Estados Unidos.

Professor titular da Unicamp, onde leciona desde 1982, Eberlin é comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico (2005) e faz parte do conselho editorial dos periódicos Journal of Mass Spectrometry, Mass Spectrometry Reviews e The Analyst.

(Agência FAPESP)
Etc, etc, etc. Quer mais ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por dedo-duro em Dom 18 Out 2009, 6:05 pm

Até agora, nomes que se contam nos dedos de uma mão. E onde está a suposta perseguição?

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Dom 18 Out 2009, 8:28 pm



Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Fabris em Qui 05 Nov 2009, 3:24 pm

Coitadinhos dos defrensores do ID...
Tão perseguidos! Ainda bem que os cientistas não dispõem de fogueiras para eliminar de vez esses infelizes...

Agora: que tal os proponentes do ID começarem a apresentar argumentos científicos (em escopo e metodologia) ao invés de continuarem a veicular as mesmas idiotices que sempre publicaram?


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Qui 05 Nov 2009, 4:10 pm

Fabris escreveu:... que tal os proponentes do ID começarem a apresentar argumentos científicos (em escopo e metodologia) ao invés de continuarem a veicular as mesmas idiotices que sempre publicaram?
Robert V. Gentry:
http://www.sciencemag.org/cgi/content/abstract/160/3833/1228
http://www.sciencemag.org/cgi/content/abstract/169/3946/670
http://www.sciencemag.org/cgi/content/abstract/184/4132/62


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Fabris em Qui 05 Nov 2009, 4:38 pm

O embuste não lhe cai bem, Ronaldo!
Para forjar um argumento é necessário que se conheça muito bem o tema que se quer fraudar.

Em nenhum dos artigos que você mencionou Gentry defende a "teoria" da terra Jovem ou qualquer outra proposta criacionista.

Isso apenas prova que, quando criacionistas querem fazer ciência séria, tem toda a mídia científica a disposição, o que detona o argumento de "perseguição da ciência aos nobres criacionistas".

Isso ocorreu não só com Gentry mas com vários outros criacionistas também.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Tupac em Sex 06 Nov 2009, 1:59 pm

Pois é... Adoram citar o Collins por ser cristão e ter estado a frente do projeto genoma, como sendo a prova de que criacionistas tem sim teorias pra contrabalançar o conhecimento aceito vigente. Mas esquecem que os artigos desses cientistas cristãos que são aceitos e publicados por periodicos cientificos são temas sem ligação alguma com as ditas "teorias criacionistas". O do Adauto é até brincadeira, né? ALgo totalmente sem correlação com qualquer coisa que os criacionistas alegam heheh... Eu considero esse tipo de atitude vergonhosa, porque para "combater" algo precisam usar de desonestida, mentira, e etc. Bom, nada que um auto engano fuerrte não resolva, pois não, Eduardo?!!!


“Uma visita ao hospício mostra que a fé não prova nada.” Nietzsche

Meu site, galera - www.bemviveronline.com
Ultimos textos (meus): Lyoto x Shogun || Poeira de estrelas Valew...

Tupac
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1112
flag : Brasil
Data de inscrição : 21/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Dom 22 Nov 2009, 12:16 am

Um hacker invadiu a Unidade de Pesquisa Climática da Universidade de East Anglia, e tornou público na internet 61 megabites de arquivo confidencial [documentos e e-mails]. O que veio a público pode ser o maior escândalo da ciência moderna, pois revela a face cruel da Nomenklatura científica em lidar com os 'diferentes'.

Você pode ler mais sobre esta ação nefanda da Nomenklatura científica (mais comum do que você imagina) CLICANDO >>>> aqui, aqui, aqui e aqui. A Nomenklatura científica promove Inquisição sem fogueiras contra os dissidentes do Konsenso científico no mundo inteiro. Um notável e-mail de um dos arquivos hackeados descreve claramente como oprimir cientistas dissidentes do processo de revisão da teoria atual:
"Eu acho que nós temos que parar de considerar o Climate Research como um jornal de revisão cientifica. Talvez nós devemos encorajar nossos colegas na comunidade de pesquisa climática para não mais submeter para, ou citar pesquisas, desse jornal. Nós também precisamos considerar o que dizemos ou solicitamos aos nossos colegas mais moderados que atualmente fazem parte do conselho editorial... O que os outros pensam?"

Fonte: Fox News

Eis alguns exemplos do modus operandi da Nomenklatura científica:

Manipulação das evidências:

I’ve just completed Mike’s Nature trick of adding in the real temps to each series for the last 20 years (ie from 1981 onwards) amd from 1961 for Keith’s to hide the decline.

Dúvidas privadas sobre se realmente o mundo está aquecendo:

The fact is that we can’t account for the lack of warming at the moment and it is a travesty that we can’t. The CERES data published in the August BAMS 09 supplement on 2008 shows there should be even more warming: but the data are surely wrong. Our observing system is inadequate.

Supressão de evidências:

Can you delete any emails you may have had with Keith re AR4?
Keith will do likewise. He’s not in at the moment – minor family crisis.

Can you also email Gene and get him to do the same? I don’t have his new email address.

We will be getting Caspar to do likewise.

Fantasias de atos de violência contra proeminentes cientistas céticos do aquecimento global:

Next time I see Pat Michaels at a scientific meeting, I’ll be tempted to beat
the crap out of him. Very tempted.

Tentativas em disfarçar a verdade inconveniente do Período Quente Medieval [em inglês Medieval Warm Period (MWP)]:

……Phil and I have recently submitted a paper using about a dozen NH records that fit this category, and many of which are available nearly 2K back–I think that trying to adopt a timeframe of 2K, rather than the usual 1K, addresses a good earlier point that Peck made w/ regard to the memo, that it would be nice to try to “contain” the putative “MWP”, even if we don’t yet have a hemispheric mean reconstruction available that far back….

E, talvez a atitude mais repreensível, uma série longa de comunicação discutindo sobre como melhor expulsar os cientistas dissidentes do processo de revisão por pares. Traduzindo em graúdos: criar um clima científico no qual quem quer que discorde do aquecimento global antropogenicamente provocado possa ser descrito como um excêntrico, cujas opiniões não tem um verniz de autoridade.

“This was the danger of always criticising the skeptics for not publishing in the “peer-reviewed literature”. Obviously, they found a solution to that–take over a journal! So what do we do about this? I think we have to stop considering “Climate Research” as a legitimate peer-reviewed journal. Perhaps we should encourage our colleagues in the climate research community to no longer submit to, or cite papers in, this journal. We would also need to consider what we tell or request of our more reasonable colleagues who currently sit on the editorial board…What do others think?”

“I will be emailing the journal to tell them I’m having nothing more to do with it until they rid themselves of this troublesome editor.”“It results from this journal having a number of editors. The responsible one for this is a well-known skeptic in NZ. He has let a few papers through by Michaels and Gray in the past. I’ve had words with Hans von Storch about this, but got nowhere. Another thing to discuss in Nice !”


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Eduardo em Dom 29 Nov 2009, 10:41 pm

Wesley Smith sobre "A Nova Inquisição": a ideologia da corrupção da ciência


Wesley J. Smith tem uma postagem excelente [em inglês] no seu blog First Things sobre como o recente escândalo do ClimateGate como sendo apenas um sintoma de um problema muito maior envolvendo a corrupção ideológica da ciência:

"O aquecimento global não é a única área na qual nós temos testemunhado este tipo desavergonhado de corrupção ideológica da ciência nos anos recentes years. Eu tenho visto esta mesma abordagem ser tomada repetidamente contra os pontos de vista heterodoxos na controvérsia da clonagem humana/pesquisas com células-tronco embrionárias, a ponto de aquelas pessoas terem sido mandadas embora das faculdades ou serem negadas estabilidade. Os meus colegas no Discovery Institute enfrentam uma serra circular semelhante no seu empenho em favor da hipótese do design inteligente, e depois eles servem de motejo dos censores por não terem sido publicados em journals científicos com revisão por pares. Na verdade, quando Richard Sternberg publicou um artigo a favor do DI, ele foi atacado e vilipendiado tão implacavelmente pelos darwinistas, que isso mandou uma mensagem clara e ameaçadora para todos os demais editores de journal que publicassem artigos a favor do DI correndo o risco de suas carreiras." [1]

+++++

NOTA IMPERTINENTE DESTE BLOGGER:

Quando eu mencionei aqui estes aspectos bem destacados por Wesley Smith, a Galera dos meninos e meninas de Darwin disse que isso é a 'teoria da conspiração', mesmo tendo apresentado aqui evidências de que tais fatos assim se sucederam. Como foi bom ter sido vindicado por esses hackers [não endosso o que fizeram]: há algo de podre na Nomenklatura científica, e determinadas teorias científicas são defendidas, não cientificamente, mas IDEOLOGICAMENTE. E na defesa de uma ideologia vale tudo: sonegar informações, distorcer evidências, perseguir e, se possível, eliminar os 'diferentes' [dissidentes e céticos].

Enfim, fazer a caca que esta turma do CRU fez. Agora, na pressa de fazer valer sua agenda $$$ sobre os males do aquecimento global ser provocado antropogenicamente, Al 'Apocalipse' Gore vai comer CRU! [Não pude resistir!].

NOTA

1. "Global warming isn’t the only field in which we have witnessed this kind of brazen ideological corruption of science in recent years. I have seen the same approach taken repeatedly against heterodox views in the human cloning/ESCR controversy, to the point that people have been driven off of faculties or denied tenure. My colleagues at the Discovery Institute face a similar buzz saw in their pursuit of intelligent design hypothesis, and then are taunted by the censors for not being published in peer reviewed journals. Indeed, when Richard Sternberg published an ID article, he was attacked and slandered so mercilessly by the Darwinists, that it sent a clear and threatening message to all other journal editors that they publish ID-oriented papers at peril to their own careers."


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: “Expelled: No Intelligence Allowed” em português

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:51 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum