.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Palavras são palavras, nada mais do que palavras. Será?
Hoje à(s) 4:37 pm por Eterna

» Livre arbítrio, auto idolatria
Hoje à(s) 1:17 pm por Justo

» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 11:38 am por Jarbas

» Mulher de piloto do voo da Chapecoense pede desculpas: "Ele não é bandido"
Hoje à(s) 11:08 am por gusto

» Onde congregar?
Hoje à(s) 10:39 am por gusto

» A religião e o ateísmo - tópico oficial
Hoje à(s) 9:50 am por gusto

» Um conselho aos debatedores de internet
Hoje à(s) 7:23 am por gusto

» A Verdadeira Liberdade
Hoje à(s) 7:02 am por gusto

» Frases
Hoje à(s) 6:54 am por gusto

Quem está conectado
61 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 59 Visitantes :: 2 Motores de busca

Eterna, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg Dez 19, 2011 2:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Seg Abr 06, 2009 4:00 pm

dedo-duro escreveu:
Jan Mozol escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:a) "pessoas marginalizadas são mais propensas aos atos da estatística ...." , para o homossexualismo isto é : falácia das brabas , as estatísticas sobre estes assuntos são disponíveis em Localidades ...

a) absurdo.
b) misquotation.
c) a autora provou que o homessexualismo ocorre na natureza, em diferentes espécies. Você, além de não desprovar, não demonstra como o homossexualismo seria uma escolha.
d) Não posso dizer que seu resposta foi risível. Foi algo triste.
Dedo..vc tambem é inteligente.
querer atacar algo só porque quem traz o assunto é teista é no minimo burro,não é do seu feitio.
a pessoa que contradizeu a cientista nem é da area,é entomologista,estuda insetos,e é gay.
segundo ,a questaõ é um pouco mais elevada,envolve liberdade constitucional que foi duramente conquistada.
o que queremos é liberdae,como o é hoje.gays podem fazer o que quiser.queremos apenas promover e suportar nossa religião,sendo ela boa ou má.queremos que seu direito de ser ateu e se pronunciar assim tambem seja respeitado.
entendeu??

Primeiro quero dizer que não há esta infantilidade de se defender um grupo ou idéia somente em razão de discordância com outro grupo. Simpatizo com os Homossexuais não por suas práticas, mas por ser um defensor das liberdades humanas. Não gosto de ver gente sofrendo. E essa "polícia" anti-homossexualista evangélica só tem levado dor a pessoas inocentes. Se o que vocês querem é liberdade, saibam que ela é limitada, não podendo trazer prejuízos a terceiros. Vocês, crentes em qualquer religião, podem ter uma vida feliz sem fazer qualquer menção às práticas dos GLBTS. Deixem que estes cuidem de suas próprias vidas, enquanto vocês cuidam das suas. Não sejamos enxeridos e deixemos que cada um leve a vida como achar conveniente.

PS: a médica que escreveu a carta é especialista em genética de doenças infecciosas, não em genética comportamental.


usando sua medida : então não seja enxerido ué , e não se meta na nossa liberdade de expressar nossa crença religiosa ué . o mesmo vale pra você , nos mesmos termos que afirmou : "você poderá ser feliz se não tentar limitar nosso direito de proselitar o que achamos certo ou errado" .

Ps.: Nem você é em genética comportamental , nem o homossexual que ''tentou'' (mal) refutá-la , no entanto estão tentando dar 'pitacos' , mais imparcialidade argumentativa .

A realidade é que alguns de vocês são 'defensores da liberdade humana' , desde que não seja religiosa , e de cunho filosófico que lhe desagrade .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Seg Abr 06, 2009 4:13 pm

Luís escreveu:
Jan Mozol escreveu:MAs é isto que eu estou falando;
olho vivo com o preconceito..vale dos dois lados.
A conquista da liberdade religiosa,inclusive o ateismo,foi ardua e dificil.
Leia de novo a plc e pense:
com a atuação tão intensa dos grupos gays vc duvida que eles invadirão varios cultos só para agitar??
eu não duvido.
e mais..vc escolhe sim.
até um certo ponto já vem com a pessoa ,mas a maioria escolhe ser homossexual.

Por favor, cite suas fontes sobre a 'escolha' do homossexual. Nunca vi nada a respeito, mas pelo contrário.


ele não tem que fazer isto , são os que inferem que é genético que devem provar , já que nunca se provou isto , e a humanidade sempre foi , largamente , heterossexual . Quanto aos supostos estudos , cada um deles caiu perante seu predecessor , nenhum deles vingou até agora , e na verdade é bem óbvio o porque, porque tem-se que demonstrar , além de epistemologia séria , tábula populacional aceitável , o porque bissexuais existem ... (o que coloca uma pedra nestes ...inventidos panfletários , que é o que são apenas) .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Seg Abr 06, 2009 4:23 pm

Jan Mozol escreveu:Fontes??
servem mais de 30 anos de janela??
algumas crianças tem uma delicadeza maior,outros tem varias irmãs e pegam alguns trejeitos femininos,mas a opção final fica sempre a cargo de cada um.
justificar o meio ou genetica é justificar qualquer coisa.
sou ateu-não poropção,mas por genetica ou porque meus pais foram ateus.
sou pedifilo-culpa da genetica ou de ter sido violado quando criança,ou ter convivido com pedofilos.
sou assassino...e por aí vai.
Luis,hitler e a maioria dos chefes nazistas pensvam assim.
é judeu?? vai contaminar o resto,pois na propria raça já vem com esta predisposição genetica,é cigano??é negro??
percebe o caminho???
Lombroso achava que pelos calombos do cerebro,pela feião,tipo das mãos ele podia saber quem era assassino,ladrão...
então repense e veja que o meio,e o biotipo podem contribuir,mas a homossexualidade é decidida pela pessoa.

lógico , levando a questão onde os defensores das práticas homossexuais querem devemos não apenas absolver , mas honrar todos os ladrões , homicidas, pedófilos , parricidas , etc .. , quem emboram não homossexuais , usam da mesma argumentação , tudo é 'genético' ... porém não é isto que vemos na sociedade , é que a prática faz o hábito , que faz o desejo , simples assim .

Eu tinha um amigo da igreja , que foi criado entre irmãs (meio dominadoras) , era franzinho , voz fina , trejeitos delicados .... etc ... tudo se encaixava no perfil , nunca se via com namorada, ou flertando alguém .... mas jamais foi homossexual , casou , tem filhos , ... o homem se deixa dominar pelo que ele acha certo , e experimenta , é somente isto .

Tenho um exemplo que eu respeito (nesta área) , é o do CLODOVIL ... em mais de uma entrevista ele disse que achava absurdo este ativismo GLBS , não via 'orgulho gay' algum nisto , e não coadunava com este projeto de criminalização , deixou bem claro que achava que as pessoas deviam ser livres para expressar o que pensavam , e que não podia-se criar uma 'classe' de direitos intocáveis... Logicamente foi recriminado pela agenda homossexual ..., mesmo sendo gay declarado . Então onde está o preconceito , é contra a pessoa que faz ? , ou contra o direito de se expressar ? , Clodovil entendeu que era contra este último , e não coadunou .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Jan Mozol em Seg Abr 06, 2009 5:58 pm

Primeiro quero dizer que não há esta infantilidade de se defender um grupo ou idéia somente em razão de discordância com outro grupo. Simpatizo com os Homossexuais não por suas práticas, mas por ser um defensor das liberdades humanas.
ok. defenda tambem o meu direito de ter a liberdade de expressar a minha repugnancia contra ahomossexualidade e a agenda gay.lembre-se eu vou estar lutando para que vc tambem tenha a liberdade de se expressar livremente.
Não gosto de ver gente sofrendo. E essa "polícia" anti-homossexualista evangélica só tem levado dor a pessoas inocentes.
quais? cite alguns...
seria este inocente:
Cláudio Dias
Direto de Araraquara

São Paulo
imprimir
reduzir tamanho da fonte tamanho de fonte normal aumentar tamanho da fonte

O cabeleireiro Orani Fogari Redondo, 28 anos, foi preso na noite de ontem, em Araraquara, interior de São Paulo, suspeito de estuprar uma menina de 4 anos. A criança morava com ele e com o tio, um homem de 54 anos, no bairro Quitandinha.

» Veja mais fotos da perícia
» Rio: preso suspeito de estuprar menina

Redondo e o tio da menina moravam juntos há quase 10 anos e, há cerca de um ano e meio, o tio ficou com a guarda definitiva da garota porque os pais dela foram presos, condenados por tráfico de drogas.

ou este pobre coitado?
A Polícia Judiciária deteve dois homens suspeitos de violação de um rapaz de 13 anos e de terem filmado outros rapazes em poses pornográficas, no Bairro de Fermentões, em Guimarães.

Os detidos, de 22 e 42 anos, terão violado o rapaz, no início deste ano, quando a mãe o deixou aos cuidados do casal de homossexuais, porque os homens conquistaram a confiança da comunidade de Fermentões, por serem muito simpáticos e prestáveis – segundo contam agora os vizinhos.
Se o que vocês querem é liberdade, saibam que ela é limitada, não podendo trazer prejuízos a terceiros. Vocês, crentes em qualquer religião, podem ter uma vida feliz sem fazer qualquer menção às práticas dos GLBTS. Deixem que estes cuidem de suas próprias vidas, enquanto vocês cuidam das suas. Não sejamos enxeridos e deixemos que cada um leve a vida como achar conveniente.
O mané,é justamente isso que estamos defendendo,por isso somos contra a plc122.
o que queremos é liberdade,não censura,e não tem nada a ver com sermos evangélicos ou não,entenda de vez.
sabe o que é coerencia??sabe o que é liberdade religiosa (que existe até para ateus??).
Vc ainda é novo,mas um dia vai ter filhos(ou acho que vc tem uma menina,não??) e a coisa é simples:
Gays(infelizmente) levam uma vida mais promiscua no geral,mais sujeita a violencia,drogas.
Se um homossexual quer viver sua vida com dignidade,otimo.
o problema é quando ele quer impor a todos o seu comportamento como normal.
Caçamba! eu quero ter o direito de não concordar.quero que esse direito de não concordar seja para todos,e não suprimido,cortado,por uma lei.
já existem leis para quem agride verbalmente,ou fisicamente as minorias,porem a constituição está acima de qualquer lei e se ela diz que eu posso exercer livremente meu direito,eu vou lutar por isso.

PS: a médica que escreveu a carta é especialista em genética de doenças infecciosas, não em genética comportamental.

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Seg Abr 06, 2009 8:46 pm

Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:a) "pessoas marginalizadas são mais propensas aos atos da estatística ...." , para o homossexualismo isto é : falácia das brabas , as estatísticas sobre estes assuntos são disponíveis em Localidades ...

a) absurdo.
b) misquotation.
c) a autora provou que o homessexualismo ocorre na natureza, em diferentes espécies. Você, além de não desprovar, não demonstra como o homossexualismo seria uma escolha.
d) Não posso dizer que seu resposta foi risível. Foi algo triste.



você fez tudo que me acusou .. isto sim lamentável ,
vejamos a mensagem original antes de seu misquotation :

Articulador escreveu:a) "pessoas marginalizadas são mais propensas aos atos da estatística ...." , para o homossexualismo isto é : falácia das brabas , as estatísticas sobre estes assuntos são disponíveis em Localidades , que se descuidar o hetero é mais discriminado que o próprio homossexual , vide São Francisco - CA . Ademais , bastaria ele nos apresentar estatísticas que contradizessem as que foram apresentadas , quem quanto mais liberal o país , menos estes fatos ocorrem no meio dos homossexuais , o que a pessoa saber ser impossível .


a) QUE ABSUDO ??, qualquer 'inocente' sabe que em localidades como São Francisco , o 'preconceito' está minguado a quase zero , portanto atribuir ''marginalização'' , à pessoas que saem na rua de sunguinha e esfregam na cara das pessoas que vivem na cidade mais liberal do mundo para o homossexualismo , isto sim é absurdo . Atribuir altissímos níveis de auto-mutilação , e aos desvios descritos é FALÁCIAS DAS BRABAS ... vejamos o que as estatísticas (que sua fonte nem OUSOU questionar) dizem : "42% dos homossexuais, 43% das lésbicas e 49% dos bissexuais apresentaram pensamentos e ações auto-destrutivos . Em 1981, observou-se que aproximadamente um de cada 10 homicídios em Sao Francisco deviam-se a práticas sexuais sadomasoquistas entre homossexuais! Analisando as estatísticas publicadas em 1999 no Clinical Psychology Review, observa-se além disso uma íntima associação entre o homossexualismo e violência doméstica: 48% dos casais de lésbicas e 38% dos casais homossexuais reportam este tipo de violência, comparados a 28% dos casais heterossexuais."

b) misquotation seu ,como demonstrei acima , tentando me tirar do contexto completo , sem apresentar o casos de São Francisco . Aliás não tem o que 'recortar' de sua fonte , ela não nega as estatísticas .

c) isto se chama argumento desonesto .
você está careca de saber que o homossexualismo na natureza é MUITO minoritário , isto não prova nada biológicamente , somente o seu desespero argumentativo . Usa também a falácia do ônus invertido , já que por milênios , por extensiva maioria o homem se porta hetererossexualmente , cabe o ÕNUS de provar esta INVENÇÃO de herança genética , aos que querem que assim seja (veja bem o verbo- 'querem') , por estarem indo contra o conhecimento humano .

d) a sua não foi triste , foi argumentação desonesta , fez o que me acusou , e ainda não discutiu fatos , por não ter argumentos suficientes para rebater , com sua fonte também não tinha , apenas se escorando em queixumes vacuosos .

Nãozinho

Não quotei a resposta inteira, porque ela estava dois posts acima. Os posts estavam muito próximos e eu pensei que não haveria margens para discussão. De qualque maneira quotei o post todo dessa vez.

a) Você inicialmente falou que heterossexuais estavam sendo vítimas de preconceito em SF, coisa que considero mentira. Sequer se deu ao trabalho de provar essa alegação. Dizer que GLBTS tem sentimentos auto-destrutivos é chover no molhado. Mesmo entre grande parte dos heterossexuais há este sentimento. Cadê as estatísticas com os números de heterossexuais? Que pessoa nunca experimentou ao menos uma vez na vida um sentimento auto-destrutivo? A carta, portanto, tem tendências MENTIROSAS E ACUSAÇÕES VAZIAS. FALÁCIA BRABA é a sua ao não reconhecer o preconceito da sociedade como causa de boa parte da tristeza dos homossexuias.

b)São MUITOS os casos de homossexualismo na natureza. Esse é um FATO de senso comum . Aceito estatísticas em contrário.

Sou 100% honesto na minha argumentação.

Em tempo, você ainda não provou que o homossexualismo seja escolha.


Última edição por dedo-duro em Seg Abr 06, 2009 9:02 pm, editado 1 vez(es)

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Seg Abr 06, 2009 8:57 pm

Articulador escreveu:usando sua medida : então não seja enxerido ué , e não se meta na nossa liberdade de expressar nossa crença religiosa ué . o mesmo vale pra você , nos mesmos termos que afirmou : "você poderá ser feliz se não tentar limitar nosso direito de proselitar o que achamos certo ou errado" .

Ps.: Nem você é em genética comportamental , nem o homossexual que ''tentou'' (mal) refutá-la , no entanto estão tentando dar 'pitacos' , mais imparcialidade argumentativa .

A realidade é que alguns de vocês são 'defensores da liberdade humana' , desde que não seja religiosa , e de cunho filosófico que lhe desagrade .

Não poderei ser 100% feliz vendo pessoas que gosto sofrendo um julgamento que considero injusto. A vida sexual é problema de cada pessoa individualmente. Você e demais crentes podem proselitar tudo que bem entenderem, desde que resguardados os direitos individuais de cada pessoa. A ofensa constante, sofrida pelos homossexuais, é uma afronta a dignidade humana. Você é formado em Direito e sabe muito bem que os direitos e garantias individuais são um complemento da democracia, para que a minoria não seja esmagada diante da vontade majoritária. Assim deve haver uma Lei complementar a CF que defenda os direitos das minorias (no caso em questão, os homossexuais).

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Ter Abr 07, 2009 2:10 am

dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:a) "pessoas marginalizadas são mais propensas aos atos da estatística ...." , para o homossexualismo isto é : falácia das brabas , as estatísticas sobre estes assuntos são disponíveis em Localidades ...

a) absurdo.
b) misquotation.
c) a autora provou que o homessexualismo ocorre na natureza, em diferentes espécies. Você, além de não desprovar, não demonstra como o homossexualismo seria uma escolha.
d) Não posso dizer que seu resposta foi risível. Foi algo triste.



você fez tudo que me acusou .. isto sim lamentável ,
vejamos a mensagem original antes de seu misquotation :

Articulador escreveu:a) "pessoas marginalizadas são mais propensas aos atos da estatística ...." , para o homossexualismo isto é : falácia das brabas , as estatísticas sobre estes assuntos são disponíveis em Localidades , que se descuidar o hetero é mais discriminado que o próprio homossexual , vide São Francisco - CA . Ademais , bastaria ele nos apresentar estatísticas que contradizessem as que foram apresentadas , quem quanto mais liberal o país , menos estes fatos ocorrem no meio dos homossexuais , o que a pessoa saber ser impossível .


a) QUE ABSUDO ??, qualquer 'inocente' sabe que em localidades como São Francisco , o 'preconceito' está minguado a quase zero , portanto atribuir ''marginalização'' , à pessoas que saem na rua de sunguinha e esfregam na cara das pessoas que vivem na cidade mais liberal do mundo para o homossexualismo , isto sim é absurdo . Atribuir altissímos níveis de auto-mutilação , e aos desvios descritos é FALÁCIAS DAS BRABAS ... vejamos o que as estatísticas (que sua fonte nem OUSOU questionar) dizem : "42% dos homossexuais, 43% das lésbicas e 49% dos bissexuais apresentaram pensamentos e ações auto-destrutivos . Em 1981, observou-se que aproximadamente um de cada 10 homicídios em Sao Francisco deviam-se a práticas sexuais sadomasoquistas entre homossexuais! Analisando as estatísticas publicadas em 1999 no Clinical Psychology Review, observa-se além disso uma íntima associação entre o homossexualismo e violência doméstica: 48% dos casais de lésbicas e 38% dos casais homossexuais reportam este tipo de violência, comparados a 28% dos casais heterossexuais."

b) misquotation seu ,como demonstrei acima , tentando me tirar do contexto completo , sem apresentar o casos de São Francisco . Aliás não tem o que 'recortar' de sua fonte , ela não nega as estatísticas .

c) isto se chama argumento desonesto .
você está careca de saber que o homossexualismo na natureza é MUITO minoritário , isto não prova nada biológicamente , somente o seu desespero argumentativo . Usa também a falácia do ônus invertido , já que por milênios , por extensiva maioria o homem se porta hetererossexualmente , cabe o ÕNUS de provar esta INVENÇÃO de herança genética , aos que querem que assim seja (veja bem o verbo- 'querem') , por estarem indo contra o conhecimento humano .

d) a sua não foi triste , foi argumentação desonesta , fez o que me acusou , e ainda não discutiu fatos , por não ter argumentos suficientes para rebater , com sua fonte também não tinha , apenas se escorando em queixumes vacuosos .

Nãozinho

Não quotei a resposta inteira, porque ela estava dois posts acima. Os posts estavam muito próximos e eu pensei que não haveria margens para discussão. De qualque maneira quotei o post todo dessa vez.

não elide o fato que você fez misquotation , exatamente o que tentava me imputar . Aliás sua desculpa é ridícula , o post que eu refutei de sua fonte também estava apenas dois posts acima , ou seja , se teu problema era proximidade da argumentação , ficou mais feio ainda você acusar e fazer pior .

a) Você inicialmente falou que heterossexuais estavam sendo vítimas de preconceito em SF, coisa que considero mentira. Sequer se deu ao trabalho de provar essa alegação. Dizer que GLBTS tem sentimentos auto-destrutivos é chover no molhado. Mesmo entre grande parte dos heterossexuais há este sentimento. Cadê as estatísticas com os números de heterossexuais? Que pessoa nunca experimentou ao menos uma vez na vida um sentimento auto-destrutivo? A carta, portanto, tem tendências MENTIROSAS E ACUSAÇÕES VAZIAS. FALÁCIA BRABA é a sua ao não reconhecer o preconceito da sociedade como causa de boa parte da tristeza dos homossexuias.

eu falei que NÃO ESTAVAM sendo vítimas de preconceito quase nenhum , em uma sociedade ULTRA liberalista como São Francisco (o que é notório e de conhecimento de todo ser vivente com um pouco de cultura geral) . Você está tentando fazer reducionismo e espantalho ao mesmo tempo , a pessoa não falou apenas de pensamento destrutivos , mas de ATOS , além de falar de homícídios , brigas domésticas , etc ... (é isto que é argumentação honesta ?!) , e sua fonte apresentou algo para refutar ? não , então pronto , é vacuosa como eu disse . A tristeza deles ? é oriunda da própria opção deles , eles que corrijam isto , é a mesma coisa que alguém decidir ficar sozinho , depois culpar a sociedade pelos danos psicológicos de sua solidão .

b)São MUITOS os casos de homossexualismo na natureza. Esse é um FATO de senso comum . Aceito estatísticas em contrário.

FALÁCIA .
só são registrados casos esporádicos de homossexualismo em menos que 1% dos vertebrados (esta conta é da comunidade gay , portanto já sob suspeição de ser muito inflada , porque quando pede-se nomes , vem com bonobos , e meia dúzia de3 espécie apenas) .

Sou 100% honesto na minha argumentação.

não foi .

Em tempo, você ainda não provou que o homossexualismo seja escolha.

novamente mostra que não foi honesto com sua argumentação , já que omitiu o que eu já havia explanado e que é ÓBVIO , o ônus de provar é vosso , já que a humanidade sempre foi , TREMENDAMENTE majoritariamente heterossexual , o que vai contra o senso-comum deve ser provado ... você que prove que eles não podem mudar de opção , porque as testemunhas que vemos diariamente te desdizem .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Ter Abr 07, 2009 2:11 am

dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:usando sua medida : então não seja enxerido ué , e não se meta na nossa liberdade de expressar nossa crença religiosa ué . o mesmo vale pra você , nos mesmos termos que afirmou : "você poderá ser feliz se não tentar limitar nosso direito de proselitar o que achamos certo ou errado" .

Ps.: Nem você é em genética comportamental , nem o homossexual que ''tentou'' (mal) refutá-la , no entanto estão tentando dar 'pitacos' , mais imparcialidade argumentativa .

A realidade é que alguns de vocês são 'defensores da liberdade humana' , desde que não seja religiosa , e de cunho filosófico que lhe desagrade .

Não poderei ser 100% feliz vendo pessoas que gosto sofrendo um julgamento que considero injusto. A vida sexual é problema de cada pessoa individualmente. Você e demais crentes podem proselitar tudo que bem entenderem, desde que resguardados os direitos individuais de cada pessoa. A ofensa constante, sofrida pelos homossexuais, é uma afronta a dignidade humana. Você é formado em Direito e sabe muito bem que os direitos e garantias individuais são um complemento da democracia, para que a minoria não seja esmagada diante da vontade majoritária. Assim deve haver uma Lei complementar a CF que defenda os direitos das minorias (no caso em questão, os homossexuais).

se você acha injusto que julguemos os ATOS HOMOSSEXUAIS , eu acho injusto você julgar meu direito de expressão relativos à estes atos , e acho mais insincero ainda você dizer que as pessoas é que sofrem julgamento (aliás isto não é injusto apenas, émentira mesmo) . A vida sexual é problema de cada um , POR ISTO ninguém cita nomes , mas a DISCUSSÃO DE VIDA SEXUAL pode ser problema da sociedade , para isto existem os relatórios kinsey , master & Johnson , etc ... justamente porque sexualidade se OPINA E ESTUDA . A tentativa de implantar a agenda homossexual , limitando nosso direito de dizer o que nossa crença diz , é AFRONTA à minha garantia individual de religião , crença , e livre expressão de consciência . Assim não deve haver lei nenhuma para implantar ditadura conceitual , como você quer , e aliás combina muito bem com seu avatar , puro nazismo ideológico .


Última edição por Articulador em Ter Abr 07, 2009 9:00 am, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Jan Mozol em Ter Abr 07, 2009 7:39 am

è caro dedo...seu avatar falou o seguinte sobre homossexuais:
"Hoje temos um exército alemão de arruaceiros, viciados, cabeludos, homossexuais e sindicalistas." [ Pinochet ]
Após derrubar o presidente socialista legitimamente eleito Salvador Allende, entre 11 de setembro e 21 de novembro de 1973, o general Pinochet transformou o Estádio Nacional do Chile, em Santiago, num campo de concentração no qual foram torturadas cerca de sete mil pessoas. Pinochet cumpria seu compromisso de “limpar o país da escória” composta por comunistas, cabeludos roqueiros ou não, homossexuais, travestis e quaisquer outros tipos que incomodassem os novos donos do poder. A delação era estimulada pelo governo, as denúncias feitas por telefone não eram investigadas, os implicados eram arbitrariamente detidos e submetidos à violenta regra do “bater primeiro, perguntar depois”.

Mais:

Uma experiencia pessoal sua,de um amigo gay,não pode ser estendida a todos eles.
conheço tambem pessoas gays,não tenho nada o que falar de algumas,porem outras são uma verdadeira escoria.
Confundir direito de exercer livremente sua sexualidade com prostituição e afronta é bem diferente.
Como vc citou sua experiencia pesoal (uiii) vou citar a minha.
Moro proximo a av.industrial em santo andré,lotada de travestis que fazem ponto ali. no final de 2008 eu fui até o shopping com esposa e sobrinhos e a cunhada,o carro quebrou e por ser proximo decidimos voltar a pé.
Cara...era um tal travesti com a bunda e seios de fora,mostrando o penis para quem pasava,cheirando e fumando crack...tudo fora da lei...e o que faz a pm???nada.encostou a mão=crime de odio,passeata na frente da delegacia,etc.
Percebe a diferença entre estar sendo discriminado e proteção a pu**ria??
incentivar baderneiros que se escondem entre gente séria é o que não queremos.
Qual o simbolo maximo dos gays no Brasil??o decano gay??
Luis Mott.
texto de luis mott:

No meu caso, para dizer a verdade, se pudesse escolher livremente, o que eu queria mesmo não era um "homem" e sim um meninão. Um "efebo" do tipo daqueles que os nobres da Grécia antiga diziam que era a coisa mais fofa e gostosa para se amar e fo***.
Queria mesmo um moleque no frescor da juventude, malhadinho, com a voz esganiçada de adolescente em formação. De preferência inexperiente de sexo, melhor ainda se fosse completamente virgem e que descobrisse nos meus braços o gosto inebriante do erotismo.
Assim é como imagino meu moleque ideal: pode ser machudinho, parrudo, metido a bofe. Pode ser levemente efeminado, manhoso, delicado. Traço os dois! Tendo p*** é o que basta: grossa ou fina, grande ou pequena, torta ou reta, tanto faz. Se tiver catinguinha no sovaco, uma delícia! Se for descarado na cama e no começo da transa quiser chupar meu fu****, melhor ainda.
Gente...esta é a liderança do movimento 'gay'...
Mesmo que eu fosse ateu,mesmo que eu fosse de esquerda,mesmo que fosse do 'reistach' (como o dedo) mas se eu tivesse um minimo de decencia iria combater a sanha de pedofilos enrustidos de ativistas liberais gays que tem por aí>


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por darkshi em Ter Abr 07, 2009 9:19 am

Eu só acho engraçado é que os mesmo que defendem a liberdade homossexual são os mesmos que defendem que nós cristãos deveríamos deixar nossas idéias trancafiadas dentro de nossos templos.

O erro está na atual manida de nossos legisladores em criar leis para super-cidadãos. Esquecem de um principio básico de nosso direito que não permite a criação de leis descriminatórias. Não pode existir leis com focos específicos a sexo, credo, raça e opção sexual. Não me importa nossas opiniões sobre homossexualismo. Apenas me importa que essa lei é um monstro que afronta a nossa CF.


"Teleology is like a mistress to a biologist: he cannot live without her but he's unwilling to be seen with her in public." J. B. S. Haldane

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 9:42 am

Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:usando sua medida : então não seja enxerido ué , e não se meta na nossa liberdade de expressar nossa crença religiosa ué . o mesmo vale pra você , nos mesmos termos que afirmou : "você poderá ser feliz se não tentar limitar nosso direito de proselitar o que achamos certo ou errado" .

Ps.: Nem você é em genética comportamental , nem o homossexual que ''tentou'' (mal) refutá-la , no entanto estão tentando dar 'pitacos' , mais imparcialidade argumentativa .

A realidade é que alguns de vocês são 'defensores da liberdade humana' , desde que não seja religiosa , e de cunho filosófico que lhe desagrade .

Não poderei ser 100% feliz vendo pessoas que gosto sofrendo um julgamento que considero injusto. A vida sexual é problema de cada pessoa individualmente. Você e demais crentes podem proselitar tudo que bem entenderem, desde que resguardados os direitos individuais de cada pessoa. A ofensa constante, sofrida pelos homossexuais, é uma afronta a dignidade humana. Você é formado em Direito e sabe muito bem que os direitos e garantias individuais são um complemento da democracia, para que a minoria não seja esmagada diante da vontade majoritária. Assim deve haver uma Lei complementar a CF que defenda os direitos das minorias (no caso em questão, os homossexuais).

se você acha injusto que julguemos os ATOS HOMOSSEXUAIS , eu acho injusto você julgar meu direito de expressão relativos à estes atos , e acho mais insincero ainda você dizer que as pessoas é que sofrem julgamento (aliás isto não é injusto apenas, émentira mesmo) . A vida sexual é problema de cada um , POR ISTO ninguém cita nomes , mas a DISCUSSÃO DE VIDA SEXUAL pode ser problema da sociedade , para isto existem os relatórios kinsey , master & Johnson , etc ... justamente porque sexualidade se OPINA E ESTUDA . A tentativa de implantar a agenda homossexual , limitando nosso direito de dizer o que nossa crença diz , é AFRONTA à minha garantia individual de religião , crença , e livre expressão de consciência . Assim não deve haver lei nenhuma para implantar ditadura conceitual , como você quer , e aliás combina muito bem com seu avatar , puro nazismo ideológico .

Você já me acusou de desonestidade, imparcialidade e, agora, nazismo...!!!??? Põe a mão na cosnciência antes escrever!

Como eu já disse, os direitos não são absolutos. Toda a liberdade é restringida em favor do bem-comum. Mesmo as minorias tem seus direitos individuais resguardados. Pelo que entendo você quer manter a liberdade de produzir argumentos "ad hominem" contra os gays, o que ínadmissível. Você tem todo direito de expressar o que sua crença diz, desde que tal expressão não fira a terceiros. Se seus "estudos" não ofendem uma pessoa individualmente, fazem pior, ofendem toda uma classe.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por darkshi em Ter Abr 07, 2009 9:47 am

dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:usando sua medida : então não seja enxerido ué , e não se meta na nossa liberdade de expressar nossa crença religiosa ué . o mesmo vale pra você , nos mesmos termos que afirmou : "você poderá ser feliz se não tentar limitar nosso direito de proselitar o que achamos certo ou errado" .

Ps.: Nem você é em genética comportamental , nem o homossexual que ''tentou'' (mal) refutá-la , no entanto estão tentando dar 'pitacos' , mais imparcialidade argumentativa .

A realidade é que alguns de vocês são 'defensores da liberdade humana' , desde que não seja religiosa , e de cunho filosófico que lhe desagrade .

Não poderei ser 100% feliz vendo pessoas que gosto sofrendo um julgamento que considero injusto. A vida sexual é problema de cada pessoa individualmente. Você e demais crentes podem proselitar tudo que bem entenderem, desde que resguardados os direitos individuais de cada pessoa. A ofensa constante, sofrida pelos homossexuais, é uma afronta a dignidade humana. Você é formado em Direito e sabe muito bem que os direitos e garantias individuais são um complemento da democracia, para que a minoria não seja esmagada diante da vontade majoritária. Assim deve haver uma Lei complementar a CF que defenda os direitos das minorias (no caso em questão, os homossexuais).

se você acha injusto que julguemos os ATOS HOMOSSEXUAIS , eu acho injusto você julgar meu direito de expressão relativos à estes atos , e acho mais insincero ainda você dizer que as pessoas é que sofrem julgamento (aliás isto não é injusto apenas, émentira mesmo) . A vida sexual é problema de cada um , POR ISTO ninguém cita nomes , mas a DISCUSSÃO DE VIDA SEXUAL pode ser problema da sociedade , para isto existem os relatórios kinsey , master & Johnson , etc ... justamente porque sexualidade se OPINA E ESTUDA . A tentativa de implantar a agenda homossexual , limitando nosso direito de dizer o que nossa crença diz , é AFRONTA à minha garantia individual de religião , crença , e livre expressão de consciência . Assim não deve haver lei nenhuma para implantar ditadura conceitual , como você quer , e aliás combina muito bem com seu avatar , puro nazismo ideológico .

Você já me acusou de desonestidade, imparcialidade e, agora, nazismo...!!!??? Põe a mão na cosnciência antes escrever!

Como eu já disse, os direitos não são absolutos. Toda a liberdade é restringida em favor do bem-comum. Mesmo as minorias tem seus direitos individuais resguardados. Pelo que entendo você quer manter a liberdade de produzir argumentos "ad hominem" contra os gays, o que ínadmissível. Você tem todo direito de expressar o que sua crença diz, desde que tal expressão não fira a terceiros. Se seus "estudos" não ofendem uma pessoa individualmente, fazem pior, ofendem toda uma classe.

Nazista...¬¬

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 10:13 am

Jan Mozol escreveu:è caro dedo...seu avatar falou o seguinte sobre homossexuais:
"Hoje temos um exército alemão de arruaceiros, viciados, cabeludos, homossexuais e sindicalistas." [ Pinochet ]
Após derrubar o presidente socialista legitimamente eleito Salvador Allende, entre 11 de setembro e 21 de novembro de 1973, o general Pinochet transformou o Estádio Nacional do Chile, em Santiago, num campo de concentração no qual foram torturadas cerca de sete mil pessoas. Pinochet cumpria seu compromisso de “limpar o país da escória” composta por comunistas, cabeludos roqueiros ou não, homossexuais, travestis e quaisquer outros tipos que incomodassem os novos donos do poder. A delação era estimulada pelo governo, as denúncias feitas por telefone não eram investigadas, os implicados eram arbitrariamente detidos e submetidos à violenta regra do “bater primeiro, perguntar depois”.

Mais:

Uma experiencia pessoal sua,de um amigo gay,não pode ser estendida a todos eles.
conheço tambem pessoas gays,não tenho nada o que falar de algumas,porem outras são uma verdadeira escoria.
Confundir direito de exercer livremente sua sexualidade com prostituição e afronta é bem diferente.
Como vc citou sua experiencia pesoal (uiii) vou citar a minha.
Moro proximo a av.industrial em santo andré,lotada de travestis que fazem ponto ali. no final de 2008 eu fui até o shopping com esposa e sobrinhos e a cunhada,o carro quebrou e por ser proximo decidimos voltar a pé.
Cara...era um tal travesti com a bunda e seios de fora,mostrando o penis para quem pasava,cheirando e fumando crack...tudo fora da lei...e o que faz a pm???nada.encostou a mão=crime de odio,passeata na frente da delegacia,etc.
Percebe a diferença entre estar sendo discriminado e proteção a pu**ria??
incentivar baderneiros que se escondem entre gente séria é o que não queremos.
Qual o simbolo maximo dos gays no Brasil??o decano gay??
Luis Mott.
texto de luis mott:

No meu caso, para dizer a verdade, se pudesse escolher livremente, o que eu queria mesmo não era um "homem" e sim um meninão. Um "efebo" do tipo daqueles que os nobres da Grécia antiga diziam que era a coisa mais fofa e gostosa para se amar e fo***.
Queria mesmo um moleque no frescor da juventude, malhadinho, com a voz esganiçada de adolescente em formação. De preferência inexperiente de sexo, melhor ainda se fosse completamente virgem e que descobrisse nos meus braços o gosto inebriante do erotismo.
Assim é como imagino meu moleque ideal: pode ser machudinho, parrudo, metido a bofe. Pode ser levemente efeminado, manhoso, delicado. Traço os dois! Tendo p*** é o que basta: grossa ou fina, grande ou pequena, torta ou reta, tanto faz. Se tiver catinguinha no sovaco, uma delícia! Se for descarado na cama e no começo da transa quiser chupar meu fu****, melhor ainda.
Gente...esta é a liderança do movimento 'gay'...
Mesmo que eu fosse ateu,mesmo que eu fosse de esquerda,mesmo que fosse do 'reistach' (como o dedo) mas se eu tivesse um minimo de decencia iria combater a sanha de pedofilos enrustidos de ativistas liberais gays que tem por aí>

Que eu saiba, foi o Salvador Allende quem iniciou os campos concentração no Chile. Eram fruto dos preconceitos da época. Nestes campos estavam doentes psiquiátricos e terminais, as pessoas de oposição ao governo e outros considerados indesejados pelo regime comunista.

Enquanto ministro da Salubridade do governo da Frente Popular, Allende teve a oportunidade de lutar para colocar em prática suas idéias bizarras. Anunciou em 1939 um projeto de Esterilização de Alienados Mentais como programa para a “defesa da raça”, e confiou a elaboração e implementação do projeto a cientistas abertamente racistas como o dr. Eduardo Brücher, associado ao dr. Hans Betzhold, fervoroso partidário da eutanásia nazista. O Artigo 1º do projeto dizia que “toda pessoa que sofra de uma enfermidade mental que, de acordo com os conhecimentos médicos, possa transmitir à sua descendência, poderá ser esterilizada”. Pelo projeto, seriam consideradas enfermidades mentais transmissíveis por via hereditária: a esquizofrenia; a psicose maníaco-depressiva; a epilepsia essencial; a idiotia; a debilidade mental profunda; a loucura moral constitucional e o alcoolismo crônico. As vítimas poderiam, pelo projeto da lei, ser forçadas pelo Estado a fazer a esterilização, como fica claro no Artigo 23º: “Todas as resoluções ditadas pelos Tribunais de Esterilização serão obrigatórias para toda pessoa ou autoridade, e se levarão a efeito, com caso de resistência, com auxílio da força pública”.

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2006/10/o-nazista-em-allende.html

De qualquer maneira, coloquei o avatar do Pinochet em razão de sua visão correta em termos de Economia. Mesmo assim, não sabia que ele possuía esse preconceito contra gays. Pensei que no estádio estivessem somente os comunistas. Não sei porque os comunistas choram tanto suas vítimas, pois o que eles pretendiam era justamente colocar os liberais e outros sujeitos indesejáveis na prisão. O feitiço virou contra o feiticeiro.

Sobre sua experiência pessoal: Numa democracia temos de aceitar e conviver com excessos. Se os travestis estavam transgredindo a Lei, cabia a polícia reprimir o tráfico e punir os infratores. Também prender aqueles que estivessem praticando atentado público ao pudor. O que achei errado na sua argumentação foi a generalização, como se todos os gays fossem desordeiros.

PS: esse texto do Mott não é hoax?

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 10:18 am

darkshi escreveu:Nazista...¬¬

japinha

Comunista!

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Ter Abr 07, 2009 10:31 am

darkshi escreveu:
dedo-duro escreveu:
Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:
Não poderei ser 100% feliz vendo pessoas que gosto sofrendo um julgamento que considero injusto. A vida sexual é problema de cada pessoa individualmente. Você e demais crentes podem proselitar tudo que bem entenderem, desde que resguardados os direitos individuais de cada pessoa. A ofensa constante, sofrida pelos homossexuais, é uma afronta a dignidade humana. Você é formado em Direito e sabe muito bem que os direitos e garantias individuais são um complemento da democracia, para que a minoria não seja esmagada diante da vontade majoritária. Assim deve haver uma Lei complementar a CF que defenda os direitos das minorias (no caso em questão, os homossexuais).

se você acha injusto que julguemos os ATOS HOMOSSEXUAIS , eu acho injusto você julgar meu direito de expressão relativos à estes atos , e acho mais insincero ainda você dizer que as pessoas é que sofrem julgamento (aliás isto não é injusto apenas, émentira mesmo) . A vida sexual é problema de cada um , POR ISTO ninguém cita nomes , mas a DISCUSSÃO DE VIDA SEXUAL pode ser problema da sociedade , para isto existem os relatórios kinsey , master & Johnson , etc ... justamente porque sexualidade se OPINA E ESTUDA . A tentativa de implantar a agenda homossexual , limitando nosso direito de dizer o que nossa crença diz , é AFRONTA à minha garantia individual de religião , crença , e livre expressão de consciência . Assim não deve haver lei nenhuma para implantar ditadura conceitual , como você quer , e aliás combina muito bem com seu avatar , puro nazismo ideológico .

Você já me acusou de desonestidade, imparcialidade e, agora, nazismo...!!!??? Põe a mão na cosnciência antes escrever!

Como eu já disse, os direitos não são absolutos. Toda a liberdade é restringida em favor do bem-comum. Mesmo as minorias tem seus direitos individuais resguardados. Pelo que entendo você quer manter a liberdade de produzir argumentos "ad hominem" contra os gays, o que ínadmissível. Você tem todo direito de expressar o que sua crença diz, desde que tal expressão não fira a terceiros. Se seus "estudos" não ofendem uma pessoa individualmente, fazem pior, ofendem toda uma classe.

Nazista...¬¬

:sim:

dedo ,
você insiste em se mostrar um patrulhador ideológico ...
AD = Junto (contra aqui)
Hominem = Homem
nunca falar dos atos e opções de um segmento , será ad-hominem , mas tentar impedir isto , será ditadura . De outro lado, a verdade não devia ferir ninguém , porque se as pessoas não querem ouvir a verdade dos fatos , e estatísticas , melhor não debaterem ué .

dedo-duro escreveu:
PS: esse texto do Mott não é hoax?

não , não é .
inclusive não é novidade alguma , existem duas opções , ou você foi , '''inocentemente''' , convencido pela agenda homossexual (dos ativistas , lógico) que todo gay quer 'constituir família e ser monogâmico' , ou você está se fazendo de sem-braço , porque neste tempos de 'politicamente correto' (que muitas vezes abraça o incorreto) , as pessoas temem falar o que , INTIMAMENTE , estão carecas de saber , que a opção homossexual , via-de-regra , trás DESREGRAMENTO sexual .

Confira as descobertas de uma das maiores pesquisas, de A.P. Bell e M.S. Weinberg:
73% dos gays tiveram mais de 100 parceiros
58% dos gays tiveram mais de 250 parceiros
41% dos gays tiveram mais de 500 parceiros e
26% dos gays tiveram mais de 1.000 parceiros 21

Em outra pesquisa, dois pesquisadores homossexuais descobriram que 73% dos homossexuais adultos tiveram relações sexuais com rapazes de 19 anos ou menos.22 Isso se parece com o estilo de vida da maioria dos heterossexuais que você conhece? Duvido. Um homem que tivesse dormido com tantas mulheres assim seria considerado viciado em sexo. No entanto, isso aparentemente é o normal entre homossexuais. Alguns compararam o homossexual ao viciado em drogas — ambos os comportamentos exigem intensidade e empenho cada vez maiores para obter a mesma sensação.

Embora alguns promovam o mito de que relacionamentos homossexuais são iguais aos heterossexuais como fato, também existem membros da comunidade gay que admitem a falsidade dessa afirmação. Andrew Sullivan, reconhecido autor homossexual conservador, diz que casais gays seguem um padrão moral muito diferente dos heterossexuais. Segundo ele, seu padrão moral apresenta “maior compreensão da necessidade de escapadas extraconjugais”.23 Além disso, dois pesquisadores (que dizem ser um casal) chegaram à conclusão que relacionamentos homossexuais entre homens raramente sobrevivem se não aceitarem contato sexual externo

http://juliosevero.blogspot.com/2003_08_01_archive.html


te sugiro uma leitura atenta à fonte acima , ela tem muitos dados sobre a questão .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por darkshi em Ter Abr 07, 2009 11:04 am

dedo-duro escreveu:


Que eu saiba, foi o Salvador Allende quem iniciou os campos concentração no Chile. Eram fruto dos preconceitos da época. Nestes campos estavam doentes psiquiátricos e terminais, as pessoas de oposição ao governo e outros considerados indesejados pelo regime comunista.

Enquanto ministro da Salubridade do governo da Frente Popular, Allende teve a oportunidade de lutar para colocar em prática suas idéias bizarras. Anunciou em 1939 um projeto de Esterilização de Alienados Mentais como programa para a “defesa da raça”, e confiou a elaboração e implementação do projeto a cientistas abertamente racistas como o dr. Eduardo Brücher, associado ao dr. Hans Betzhold, fervoroso partidário da eutanásia nazista. O Artigo 1º do projeto dizia que “toda pessoa que sofra de uma enfermidade mental que, de acordo com os conhecimentos médicos, possa transmitir à sua descendência, poderá ser esterilizada”. Pelo projeto, seriam consideradas enfermidades mentais transmissíveis por via hereditária: a esquizofrenia; a psicose maníaco-depressiva; a epilepsia essencial; a idiotia; a debilidade mental profunda; a loucura moral constitucional e o alcoolismo crônico. As vítimas poderiam, pelo projeto da lei, ser forçadas pelo Estado a fazer a esterilização, como fica claro no Artigo 23º: “Todas as resoluções ditadas pelos Tribunais de Esterilização serão obrigatórias para toda pessoa ou autoridade, e se levarão a efeito, com caso de resistência, com auxílio da força pública”.

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2006/10/o-nazista-em-allende.html

De qualquer maneira, coloquei o avatar do Pinochet em razão de sua visão correta em termos de Economia. Mesmo assim, não sabia que ele possuía esse preconceito contra gays. Pensei que no estádio estivessem somente os comunistas. Não sei porque os comunistas choram tanto suas vítimas, pois o que eles pretendiam era justamente colocar os liberais e outros sujeitos indesejáveis na prisão. O feitiço virou contra o feiticeiro.

Sobre sua experiência pessoal: Numa democracia temos de aceitar e conviver com excessos. Se os travestis estavam transgredindo a Lei, cabia a polícia reprimir o tráfico e punir os infratores. Também prender aqueles que estivessem praticando atentado público ao pudor. O que achei errado na sua argumentação foi a generalização, como se todos os gays fossem desordeiros.

PS: esse texto do Mott não é hoax?

Bem vindo ao mundo pré-segunda guerra. Onde um monte de pacas tiram a ciência da onde ela deveria ficar. Acharam que as teorias de Darwin serviam para alguma coisa alem do campo biológico. E aplicaram ao nível relacional humano. Consideravam suas atitudes serem as mais éticas já que estavam livrando a humanidade dos menos adaptados.


Última edição por darkshi em Ter Abr 07, 2009 11:24 am, editado 1 vez(es)

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 11:20 am

Dei uma olhada no blog, Articulador. Muito "ad hominem" e pouca comprovação.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por darkshi em Ter Abr 07, 2009 11:25 am

dedo-duro escreveu:Dei uma olhada no blog, Articulador. Muito "ad hominem" e pouca comprovação.

Olho as fontes do texto?

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 11:37 am

Esse texto está bem-feito. Falei do blog como um todo.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Jan Mozol em Ter Abr 07, 2009 11:37 am

Julio Severo é o cara.
Não concordo com alguma coisa dele,tipo as vacinas,mas a maior parte é bem fundamentada.
e não é sem comprovação não,no livro ele coloca muita pesquisa feita pelos proprios grupos gays,o que causou a ira deles.
Se vc acha que gays são perseguidos, não sbe do que eles são capazes ao perseguir.desde violencia moral até fisica.
ah sim, dedo,hitler foi asalvação economica da alemanha,na verade o mais eficiente controle da inflação visto no mundo até hoje.

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por darkshi em Ter Abr 07, 2009 11:39 am

dedo-duro escreveu:Esse texto está bem-feito. Falei do blog como um todo.

Tudo bem. Nazista!
aqui procê

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Jan Mozol em Ter Abr 07, 2009 11:44 am

blog excelente:
http://www.averdadesufocada.com


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Ter Abr 07, 2009 12:37 pm

dedo-duro escreveu:Esse texto está bem-feito. Falei do blog como um todo.

exemplo ???

a adjetivação genérica é o que resta quando as pessoas não tem como refutar as bases apresentadas ... trata-se de um recurso de desespero . A matéria não é apenas bem feita , está REPLETA de comprovações seculares , inclusive refutando o HOAX (este sim) que vocês vivem a espalhar de que homossexualismo seria genético .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Convidad em Ter Abr 07, 2009 12:53 pm



esta é a verdade da militância gay no mundo .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por dedo-duro em Ter Abr 07, 2009 3:32 pm

Articulador escreveu:
dedo-duro escreveu:Esse texto está bem-feito. Falei do blog como um todo.

exemplo ???

a adjetivação genérica é o que resta quando as pessoas não tem como refutar as bases apresentadas ... trata-se de um recurso de desespero . A matéria não é apenas bem feita , está REPLETA de comprovações seculares , inclusive refutando o HOAX (este sim) que vocês vivem a espalhar de que homossexualismo seria genético .

Exemplo? No blog todo? Tá de brincadeira?

Veja este exemplo em que ele sutilmente chama os gays de criminosos e amantes do crime:

"Na realidade, 20 a 25% dos homens da pesquisa tinham passagem pela prisão e 5% podem ter sido garotos de programa.4 É como fazer uma pesquisa para descobrir a porcentagem da população que gosta de tomar sorvete e realizá-la numa sorveteria, entrevistando os clientes."

___________//_____________________

Quanto a se são promíscuos ou não, para mim tanto faz, uma vez que gays não engravidam. Não há a necessidade sequer biológica de que mantenham um relacionamento de longa duração. Que sejam felizes!

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: carta de uma cientista contra a ditadura homossexual

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:53 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum