.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
53 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 52 Visitantes :: 2 Motores de busca

David de Oliveira

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Outro casamento gay "evangélico"

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por darkshi em Sex 06 Mar 2009, 9:46 pm

Ser Humano escreveu:
Essa é a sua forma pensar, isso é, sua forma de interpretar o que está escrito na Bíblia - de entender o cristianismo e de segui-lo - essa é a sua fé e é pessoal - mas uma rápida passada pelos fóruns virtuais, diferentes congregações ou simplesmente, conversando com as pessoas sobre a questão - acho que pode concordar comigo que o que mais há é discordancia de pensamentos, de crenças e de entendimentos.

Existe dentro dos estudos teológicos que é a hermenêutica bíblia. Que é, por alto, a arte de interpretação bíblica. E aliada a uma boa exegese, tenta retirar da bíblia o significado que os escritores originais quiseram passar. E isso não é tão flexível assim.


Afirmar que as coisas são dessa ou daquela forma não tem grande valia - pois é uma forma de impor o que deveríamos, simplesmente, expor - ou seja, afirmar que acreditamos que as coisas são dessa ou daquela forma e porquê acreditamos nisso. Pois, por mais claro que te pareça essa ou aquela passagem, para outro, pode ter um significado completamente distinto.

No nosso entendimento. Quem impõe é Deus através da bíblia.
Como disse antes, as pessoas são livres para acreditarem e seguirem o que quiserem. Mas Deus como único e soberano dita apenas uma única maneira que Ele diz ser a correta e verdadeira. Interpretações e corrupções de sua palavra é distanciar desse caminho.


"Teleology is like a mistress to a biologist: he cannot live without her but he's unwilling to be seen with her in public." J. B. S. Haldane

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Ser Humano em Sex 06 Mar 2009, 10:28 pm

darkshi escreveu:
Ser Humano escreveu:
Essa é a sua forma pensar, isso é, sua forma de interpretar o que está escrito na Bíblia - de entender o cristianismo e de segui-lo - essa é a sua fé e é pessoal - mas uma rápida passada pelos fóruns virtuais, diferentes congregações ou simplesmente, conversando com as pessoas sobre a questão - acho que pode concordar comigo que o que mais há é discordancia de pensamentos, de crenças e de entendimentos.

Existe dentro dos estudos teológicos que é a hermenêutica bíblia. Que é, por alto, a arte de interpretação bíblica. E aliada a uma boa exegese, tenta retirar da bíblia o significado que os escritores originais quiseram passar. E isso não é tão flexível assim.

Perdoe-me, Darkshi, mas isso me parece um elegante argumento de autoridade. E não digo que foi intencional.

Durante séculos, a Igreja Católica deteve o conhecimento exclusivo da Bíblia, sujeitando todos a sua própria verdade - até que Lutero discordou desse poder centralizado, acreditando que os homens, sendo os maiores interessados, tinham o direito de decidir por si mesmos - embora, depois, tenha fundado uma religião própria, com sua própria interpretação.

Estudos teológicos, hermeutica bíblica e boa exegese são uma forma bonita de dizer que uns sabem mais do que outros o que, na verdade, deveria ser pessoal - entre Deus e os homens. Respeito sua opinião, sua crença, sua religião, mas discordo nesse ponto. E reafirmo, isso é pessoal - assim como o é a relação que cada um tem com a Bíblia, com Deus, com a fé e com a ausência de fé.


Afirmar que as coisas são dessa ou daquela forma não tem grande valia - pois é uma forma de impor o que deveríamos, simplesmente, expor - ou seja, afirmar que acreditamos que as coisas são dessa ou daquela forma e porquê acreditamos nisso. Pois, por mais claro que te pareça essa ou aquela passagem, para outro, pode ter um significado completamente distinto.

No nosso entendimento. Quem impõe é Deus através da bíblia.
Como disse antes, as pessoas são livres para acreditarem e seguirem o que quiserem. Mas Deus como único e soberano dita apenas uma única maneira que Ele diz ser a correta e verdadeira. Interpretações e corrupções de sua palavra é distanciar desse caminho.

Se quem impõe é Deus, através da Bíblia - e não esqueçamos que existem outros livros considerados sagrados - então é entre Deus e os homens - não entre os teólogos e os homens, entre os padres e os homens ou os pastores e os homens. Um Deus justo não trilharia um caminho que homens simples não pudessem percorrer.


Cão também é gente!

Ser Humano
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 535
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Convidad em Sab 07 Mar 2009, 12:46 am

Durante séculos, a Igreja Católica deteve o conhecimento exclusivo da Bíblia, sujeitando todos a sua própria verdade - até que Lutero discordou desse poder centralizado, acreditando que os homens, sendo os maiores interessados, tinham o direito de decidir por si mesmos - embora, depois, tenha fundado uma religião própria, com sua própria interpretaçã


a Icar afirma :
Para servir a Deus é obrigatório Celibato .

A bíblia nega e ainda diz que isto é doutrina de demônios :
(I Timóteo 4:1-3) - MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças;
(I Corintios 7:9) - Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.


O que tem de interpretável nisto ?
NADA , a Icar simplesmente desafiou por séculos a bíblia .
Há sim interpretação na bíblia e discordância entre os sinceros , mas MUUUITO menos do que é ventilado , e dificilmente fora de temas que sejam obscuros ou figurados . E porque a icar errou então ? porque até para ser ler bula de remédio há que se ter a sinceridade mínima de não vergar o que se está lendo à seus pressupostos anteriores ou condicionar à vida atual que a pessoa leva . .... Primeiro lemos e entendemos cognitivamente e não emocionalmente , se aquilo nos fere ou aborrece , é outro , e posterior , processo a resolver .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Ser Humano em Sab 07 Mar 2009, 2:13 am

Sim, Articulador, entendo seu ponto de vista, mas entenda o meu - não sou religiosa, mas me interesso pela filosofia cristã. E católicos dizem que A porque na Bíblia X, e protestantes B porque na Bíblia X, e fulano C porque na Bíblia X e cricano D e assim por diante. Então, vou eu mesma ler X e penso que tanto é possível A, quanto B, mas não concordo com C e fico em dúvida sobre D - mas na minha opinião, parece mesmo que E.

Como são tantas opiniões diferentes, procuro discutir com os outros meu entendimento e todos dizem - você está errada, pois a verdade é A, e o outro B, e C e D - mas eu continuo achando que E faz sentido.

Quanto a sua última frase, é uma forma de ver, mas não é a única - pois pode não ser tão simples assim separar razão de emoção, sobretudo, se o que lemos nos agrada facilmente, principalmente, se tratando de textos que abusam do uso de metáforas - podendo sempre dizer o que gostaríamos de escutar, confirmando nossas próprias convicções.

Não desejo que concorde, mas apenas que entenda o meu ponto de vista. É só mais uma forma de ver. positivinho


Cão também é gente!

Ser Humano
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 535
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Convidad em Sab 07 Mar 2009, 4:24 am

Ser Humano escreveu:...

Quanto a sua última frase, é uma forma de ver, mas não é a única - pois pode não ser tão simples assim separar razão de emoção, sobretudo, se o que lemos nos agrada facilmente, principalmente, se tratando de textos que abusam do uso de metáforas - podendo sempre dizer o que gostaríamos de escutar, confirmando nossas próprias convicções.

Não desejo que concorde, mas apenas que entenda o meu ponto de vista. É só mais uma forma de ver. positivinho


não estou lhe criticando , como você mesmo admite , então podemos achar uma interpretação imparcial SE deixarmos o nosso agradar/desagradar em uma prateleira , aguardando até que interpretemos o texto , e não só o texto , mas os ensinos correlatos e contextuais .

A cada leitura que não concordamos , nossos anseios gritam , pensamos : 'neste verso eu posso mudar um pouco e compatibilizar comigo , mas no verso seguinte , ihhh , não iria dar ... melhor resistir com este' Aí as pessoas escolhem fazer reducionismos , generalismos , guerra semântica , escolha de sinômias convenientes , isolamente de versos , ora o velho testamento , ora o novo , ora um conceito genérico de amor ao próximo , ora a regra pela regra , etc .. (novamente sem apontamento à você , minha experiência de apologista me mostra isto diariamente ) .

Este é o motivo de tanta discussão , cada um em um nível de conciência , quer que a bíblia seja compatível com nossa vida pregressa e/ou o orgulho de não voltarmos atrás .. E não estou falando de fé cega , mas em um primeiro momento nos abstermos de formar opinião , para depois de ter um conhecimento completo de cada assunto , aí sim , analisarmos se concordamos ou não , por um momento afastamos nosso 'eu' da equação , para ele voltar depois , sabendo se aquela doutrina será mesmo sua oponente , ou sua aliada , pois o contrário é criar um espelho de sí-mesmo .
positivinho

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Luís em Sab 07 Mar 2009, 7:58 am

.
Ele é o 'papai-me-dá' minha saúde, minha comida, meu conforto, meu bem-estar, minha sorte no amor, minha vida pós-morte no céu.

Adorar* uma entidade, um ser, que não te dá nada em troca tem algum sentido? Qual? Porque não me adoras então? :risadinha:

* a.do.rar (Michaelis)
(lat adorare) vtd 1 Reverenciar, venerar. 2 Amar extremamente, idolatrar. 3 Gostar muito de.


"A razão de eu jamais haver visto teu deus é que ele está na tua imaginação."

Luís
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4099
flag : Canada
Data de inscrição : 08/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por darkshi em Sab 07 Mar 2009, 9:34 am

Luís escreveu:.
Ele é o 'papai-me-dá' minha saúde, minha comida, meu conforto, meu bem-estar, minha sorte no amor, minha vida pós-morte no céu.

Adorar* uma entidade, um ser, que não te dá nada em troca tem algum sentido? Qual? Porque não me adoras então? :risadinha:

* a.do.rar (Michaelis)
(lat adorare) vtd 1 Reverenciar, venerar. 2 Amar extremamente, idolatrar. 3 Gostar muito de.

Não. Ele não é o 'papai-me-dá' minha saúde, minha comida, meu conforto, meu bem-estar, minha sorte no amor,

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Luís em Sab 07 Mar 2009, 9:41 am

Qual é então o sentido da relação com o "Deus"? Qual o objetivo de tal adoração? Qual o benefício?

Seria apenas uma função do medo? Medo de que o deus, se não der, pode ainda tirar?


"A razão de eu jamais haver visto teu deus é que ele está na tua imaginação."

Luís
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4099
flag : Canada
Data de inscrição : 08/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Ser Humano em Sab 07 Mar 2009, 10:28 am

Articulador escreveu:
Ser Humano escreveu:...

Quanto a sua última frase, é uma forma de ver, mas não é a única - pois pode não ser tão simples assim separar razão de emoção, sobretudo, se o que lemos nos agrada facilmente, principalmente, se tratando de textos que abusam do uso de metáforas - podendo sempre dizer o que gostaríamos de escutar, confirmando nossas próprias convicções.

Não desejo que concorde, mas apenas que entenda o meu ponto de vista. É só mais uma forma de ver. positivinho


não estou lhe criticando , como você mesmo admite , então podemos achar uma interpretação imparcial SE deixarmos o nosso agradar/desagradar em uma prateleira , aguardando até que interpretemos o texto , e não só o texto , mas os ensinos correlatos e contextuais .

A cada leitura que não concordamos , nossos anseios gritam , pensamos : 'neste verso eu posso mudar um pouco e compatibilizar comigo , mas no verso seguinte , ihhh , não iria dar ... melhor resistir com este' Aí as pessoas escolhem fazer reducionismos , generalismos , guerra semântica , escolha de sinômias convenientes , isolamente de versos , ora o velho testamento , ora o novo , ora um conceito genérico de amor ao próximo , ora a regra pela regra , etc .. (novamente sem apontamento à você , minha experiência de apologista me mostra isto diariamente ) .

Este é o motivo de tanta discussão , cada um em um nível de conciência , quer que a bíblia seja compatível com nossa vida pregressa e/ou o orgulho de não voltarmos atrás .. E não estou falando de fé cega , mas em um primeiro momento nos abstermos de formar opinião , para depois de ter um conhecimento completo de cada assunto , aí sim , analisarmos se concordamos ou não , por um momento afastamos nosso 'eu' da equação , para ele voltar depois , sabendo se aquela doutrina será mesmo sua oponente , ou sua aliada , pois o contrário é criar um espelho de sí-mesmo .
positivinho

Está certo, quanto mais imparciais, mais chance de nos aproximarmos da verdade, mas mesmo assim, sem garantias. Justamente porque afastar o nosso "eu" da equação pode não ser assim tão simples, mas um exercício de auto-engano - pois o que captam os nossos sentidos, naturalmente, nos afeta, para conforto ou desconforto - independente de controle. Somos um misto de razão e emoção constantes, interferindo uma na outra, mutuamente - ou assim enxergo o ser humano.

Há pessoas que nos pareçam mais clara e objetivas, mas quem nos garante que não seja a nossa própria impressão que determina isso? Há interpretações que nos parecem mais próximas da verdade, mas não acontece o mesmo com os outros? Muitas vezes julgamos que os outros não querem enxergar senão aquilo que confirma suas próprias crenças - mas podemos garatir com segurança que o mesmo não nos acomete, se o único juiz de que dispomos somos nós mesmos?

Tenho, para mim mesma, desconfiar do que suponho, seja o que for, pois estou sujeita a falhas e quase sempre ocultas. Aprendi a ter consciência disso, depois de tanto errar julgando acertar - o que também não quer dizer que esteja sempre errada. E é claro que dou preferência ao meu próprio entendimento, mas procuro me manter receptiva a novos entendimentos - o que confesso, não é nada fácil.

Costumo ser teimosa, como já deve ter notado, mas apenas quando acredito realmente no que defendo - pois se sou convencida do contrário, reconheço. O meu objetivo em debater qualquer assunto é justamente ver por outros ângulos as mesmas coisas - que sozinha, isolada em minha própria concepção, provavelmente não conseguiria.


Cão também é gente!

Ser Humano
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 535
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Ser Humano em Sab 07 Mar 2009, 10:41 am

Luís escreveu:Qual é então o sentido da relação com o "Deus"? Qual o objetivo de tal adoração? Qual o benefício?

Seria apenas uma função do medo? Medo de que o deus, se não der, pode ainda tirar?

Em minha opinião, a relação com Deus é (ou deveria ser) a relação de um discípulo com o mestre - gafanhoto. O conceito de Deus, como você também parece admitir - reflete a fonte das grandes aspirações humanas - algo a ser buscado, com a devida licença poética.

Mas não é uma relação do tipo "Deus me dá o peixe" (ou não deveria ser), mas sim "Deus me ensina a pescar".


Cão também é gente!

Ser Humano
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 535
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Jarbas em Sab 07 Mar 2009, 5:25 pm

Ser Humano escreveu:
Jarbas escreveu:
Ser Humano escreveu:
darkshi escreveu:

Quantas vezes temos que te explicar que não funciona assim. Que Deus não dá o que queremos. E sim que as coisas devem funcionar de acordo com a vontade dele e não a nossa.

Tantas quantas forem necessárias, até todos nós possamos compreender, que pensamos de formas diferentes e temos esse direito. Até que possamos compreender que expor não é o mesmo que impor. E não precisa dizer - já estou trabalhando nisso para ver se aprendo! oh my

Então tem que se esforçar para entender logo...

Estou me esforçando por entender, Jarbas - mas preciso fazer isso conforme minha própria consciência e não conforme a sua. Afinal, não deve ser por acaso que cada um tem sua própria - diferente de todas as demais. Vai ver Deus tem um objetivo diferente para cada homem. Afinal, por que ele daria uma compreensão para um, outra para outro, se não tivesse um objetivo? Por que faria cada homem único? E não me venha dizer que está escrito porque olhos diferentes lêem a mesma coisa de forma diferente.

Uma rápida corrida de olhos no fórum demonstra que crentes, às vezes, da mesma congregação, têm diferentes entendimentos de muitas passagens, o que se acentua, de congragação para congregação - e entre os ateus, também não é diferente - cada cabeça uma sentença.

Tá bom...Tá bom. Mas continuo dizendo: Não enrrola e anda rápido com isso. :risadinha:


Maranata.



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 15318
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Convidad em Sab 07 Mar 2009, 5:35 pm

Ser Humano escreveu:
Luís escreveu:Qual é então o sentido da relação com o "Deus"? Qual o objetivo de tal adoração? Qual o benefício?

Seria apenas uma função do medo? Medo de que o deus, se não der, pode ainda tirar?

Em minha opinião, a relação com Deus é (ou deveria ser) a relação de um discípulo com o mestre - gafanhoto. O conceito de Deus, como você também parece admitir - reflete a fonte das grandes aspirações humanas - algo a ser buscado, com a devida licença poética.

Mas não é uma relação do tipo "Deus me dá o peixe" (ou não deveria ser), mas sim "Deus me ensina a pescar".


o luís vai,vem , e volta na sua constante pré-assumida : temos (na visaõ dele) que servir à Deus por medo ou para ganhar carrões , outros tantos motivos não se admitem : por amor , por respeito , por reconhecimento , nem pensar .... Luís , Deus continuará lhe aguardando .. Wink

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Luís em Sab 07 Mar 2009, 6:48 pm

Ser,

Interessante a tua visão. Do que não tenho dúvida é que nada sem faz sem interesse. Seria anti-humano e anti-natural se fosse diferente.

Segundo algumas ideias, o medo é o grande construtor de altares.

Art,
Nunca pensei em carrões, mas não é má idéia! :risadinha:

Quanto à amor por uma entidade incorpórea e invisível já é piada! Se o amor à nossos semelhantes já nos é deveras difícil, que "amor" podemos ter por algo assim? Qual a identificação que permitiria tal amor?

Quanto à respeito pela Natureza (mesmo que se a chame "Deus") é compreensível. Ela o tudo-enfim de nossas vidas. Um amor por ela também é compreensível. Reconhecimento idem. A Natureza é o berço que nos embala, o alimento que nos mantém vivos. Mas por uma entidade incorpórea e invisível, nunquinhas! Tal não é compreensível à minha modesta inteligência.


Última edição por Luís em Sab 07 Mar 2009, 10:15 pm, editado 1 vez(es)


"A razão de eu jamais haver visto teu deus é que ele está na tua imaginação."

Luís
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4099
flag : Canada
Data de inscrição : 08/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Adriane Cunha em Sab 07 Mar 2009, 7:08 pm

Luís escreveu:Quanto à respeito pela Natureza (mesmo que se a chame "Deus") é compreensível. Ela o tudo-enfim de nossas vidas. Um amor por ela também é compreensível. A Natureza é o berço que nos embala, o alimento que nos mantém vivos. Reconhecimento idem. Mas por uma entidade incorpórea e invisível, nunquinhas! Tal não é compreensível à minha modesta inteligência.

cafezinho Off Topic...

Meditando na Palavra:

Salmos 95:5 - "Seu é o mar, e ele o fez, e as suas mãos formaram a terra seca."
Provérbios 3:19 - "O SENHOR, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus."
Isaías 45:18 - "Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR e não há outro."


Em Cristo Jesus...


cafezinho "Sempre fica um pouco de perfume nas mãos que oferecem flores."

Adriane Cunha
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4899
flag : Israel
Data de inscrição : 03/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

roll Re: Outro casamento gay "evangélico"

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:19 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum