.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
67 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 67 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Sobre o pote de chá chinês...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por Tupac em Qui 22 Jan 2009, 12:37 pm


Muitos indivíduos ortodoxos dão a entender que é papel dos
céticos refutar os dogmas apresentados – em vez de os dogmáticos terem
de prová-los. Essa idéia, obviamente, é um erro. De minha parte,
poderia sugerir que entre a Terra e Marte há um pote de chá chinês
girando em torno do Sol em uma órbita elíptica, e ninguém seria capaz
de refutar minha asserção, tendo em vista que teria o cuidado de
acrescentar que o pote de chá é pequeno demais para ser observado mesmo
pelos nossos telescópios mais poderosos. Mas se afirmasse que, devido à
minha asserção não poder ser refutada, seria uma presunção intolerável
da razão humana duvidar dela, com razão pensariam que estou falando uma
tolice. Entretanto, se a existência de tal pote de chá fosse afirmada
em livros antigos, ensinada como a verdade sagrada todo domingo e
instilada nas mentes das crianças na escola, a hesitação de crer em sua
existência seria sinal de excentricidade. — Bertrand Russell
Perfect!!


“Uma visita ao hospício mostra que a fé não prova nada.” Nietzsche

Meu site, galera - www.bemviveronline.com
Ultimos textos (meus): Lyoto x Shogun || Poeira de estrelas Valew...

Tupac
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1112
flag : Brasil
Data de inscrição : 21/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por Convidad em Qui 22 Jan 2009, 1:46 pm

de novo tupac , já cansei de desbaratar essa posição ilógica por aqui , o Sr Russell, precisa estudar o que é Valor ontológico (características que definem o ser) . 'pote de chá' é algo facilmente falseável , pois seus valores ontológicos são :
a) feito de matéria
b) visível e portanto observável
c) não é criador de todo o universo , visto ter sido criado



logo não pode ser comparado ao Criador do universo que tem valores de denição completamente diferentes :
a) não é material , visto que criou a matéria não pode ser feito dela
b) naõ é visíel , visto que criou o olho e a luz , não é identifiável por eles
c) é o criador de todo o universo , assim não é criatura .



os 'filósofos' do ateísmo precisam meditar mais ... por isto que Antony Flew , que chegou a ser o filósofo mais badalado do ateísmo , acabou entendendo que sua posição ateísta era insustentável quando aplicada a LÓGICA fria .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por Gustavo em Qui 22 Jan 2009, 6:18 pm

Curiosamente, um cristão chamado Justin fez um belo comentário sobre esta analogia, citada por Dawkins:

Justin escreveu:I want to say that Dawkins is not a practical atheist, he's a practical theist in many ways. Here is why:

Dawkins says that if we can't prove the existence of the teapot, we have to be teapot atheists. Interestingly, that's what Nietzsche did. He said that from the beginning, he found the Christian story to be ridiculous. But, he argued, this particular belief has implications. If we are really going to be atheists, he said, we have to be real atheists, not functional Christians, which is what he saw in the intellectual climate around him. His twin doctrines that came out of this task were "will to power" and "amor fati".

Will to power is the idea that the will is primary, and that the intellect is secondary. Those of you who read my post on Darwin and Daniel Denett will remember that I talked about Denett's idea that a "mind first" universe contrasts with the theory of evolution. The idea is that mind emerged out of chaos and not the other way around. Thus the mind is always, in that sense, in service to the will. The mind is, indeed, a product of the will. Thus desire will always rule reason. At the end of the day, in other words, your desires are what drive you, irregardless of what your intellect tells you about that. Thus the permutations of power, even if they are objected to on moral grounds (a product of the intellect) will always win out. The world is "will to power and nothing besides." The great conflicts among religions, therefore, are, at root, motivated by will to power. Scientific theories are, at root, motivated by will to power. What teachers tell their students are, at root, motivated by will to power. Teaching Christianity is motivated by power and evolution is motivated by power.

The other doctrine of Nietzsche's was "amor fati" or love of fate. This idea is that we are to love and accept the world as it is, a product of will to power, because it is not going to change. It will always be struggle. The theory of evolution, in essence, is the theory that history can be explained in terms of the struggle for survival. Thus struggle, conflict and power conflicts are the lens through which everything is interpreted.

So the problem with the teapot analogy (among other things) is that it paints a picture in which the object believed in has no implications. Of course it is easy to be a teapot atheist if there is no consequences. The teapot has nothing to do with day to day life. Belief in gods, however, is quite different. Depending on which god you believe in, there will be implications for how you live your life.

http://winecheeseandtheology.blogspot.com/2008/12/richard-dawkings-root-of-all-evil.html

Isto sim é um Perfect!!! :chapeu:

Gustavo
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 374
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por dedo-duro em Qui 22 Jan 2009, 7:11 pm

Pífio. Um texto de quem não conhece bem nem Dawkins, nem Nietzsche ou Dennet.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por Luís em Dom 25 Jan 2009, 10:45 am

Articulador escreveu:

Criador do universo que tem valores de denição completamente diferentes :
a) não é material , visto que criou a matéria não pode ser feito dela
b) naõ é visível , visto que criou o olho e a luz , não é identificável por eles
c) é o criador de todo o universo , assim não é criatura .


Art,

Palavras 'bonitas' são fáceis de proferir. Como podemos saber se o que atribuis ao suposto criador é fato ou fantasia tua?
======================================

Sem citar que faltaria responder algumas coisinhas como:

1- Porque deveríamos nos interessar por tal entidade/ser se nada tem de corpóreo (visível, material) que nos faça identificar com esta??

2- Porque atribuímos emoções humanas a tal entidade/ser, se nada tem de corpóreo que nos cause identidade?

3- Porque tal entidade/ser se interessaria especificamente por alguns exemplares de uma espécie específica de micróbio vivente em meio ao limo que recobre a crosta rochosa de uma planetinha que não é nem 0,1% da massa de uma estrelinha de quinta grandeza, nas franjas de um aglomerado de poeira cósmica que é um entre pelo menos 200 ou 300 bilhões dos já observados?


"A razão de eu jamais haver visto teu deus é que ele está na tua imaginação."

Luís
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4099
flag : Canada
Data de inscrição : 08/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o pote de chá chinês...

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:05 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum