.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
21 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 20 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Uma velha lei

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma velha lei

Mensagem por Iane em Seg 12 Jan 2009, 12:47 am

A interrupção da gravidez em caso de estupro ou risco para a mulher é garantida por lei desde 1940. Mas, segundo pesquisa do Ibope, o artigo ainda é desconhecido por 56% das pessoas e 95% dos brasileiros não sabem sequer da existência do serviço fornecido pela rede pública de saúde.

Para o chefe do Departamento de Abortamento Legal do Hospital Pérola Byington, Jefferson
Drezzett, isso se deve ao fato de que a lei permaneceu morta por mais de 50 anos: "Só em 1989 foi feito o primeiro abortamento legal no País. A lei colocava como não punível, mas nunca houve uma política pública", explica. Até 1994, havia apenas quatro serviços de aborto legal no Brasil e, até 2008, Roraima, Amapá, Tocantins, Piauí e Mato Grosso do Sul ainda não dispunham de qualquer atendimento desse tipo.

O cenário vem mudando gradualmente. Segundo o Ministério da Saúde, em 2002 foram realizados 946 abortamentos legais. Em 2007, esse número passou para 2.130 e, no ano passado foram 2.522 casos registrados nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS). Para Drezett, ainda assim, a lei precisa ser revista: "Essa lei foi promulgada em 1940, escrita na década de 30, com o pensamento da década de 20. Ela foi escrita em uma época em que mulher não podia votar. Com o conhecimento da ciência hoje, casos como os de anencefalia nem deveriam precisar passar por um juiz", acrescenta.

Na contramão dos avanços, em maio de 2008, o Projeto de Lei 1.135/91, que prevê a descriminalização do aborto, sofreu uma amarga derrota na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF). A matéria foi para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, onde foi tomada por inconstitucional. Drezett acredita que vivemos um atraso: “Hoje, morre uma mulher dia sim, dia não pela prática clandestina do aborto.

A lei que se impõe tem se mostrado ineficiente para proibir o aborto, mas tem se mostrado eficiente para matar
mulheres”, conclui.

http://www.folhauniversal.com.br/integra.jsp?codcanal=981&cod=142960&edicao=875


" Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada."

Iane
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3050
Idade : 29
Localização : InterioRRRRRRR de SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://www.arcauniversal.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma velha lei

Mensagem por Iane em Seg 12 Jan 2009, 12:48 am

“Violaram meu corpo, mas não minha alma”, diz vítima

Violaram meu corpo, mas não puderam tocar na minha alma. Resolvi falar porque sei que muitas pessoas estão passando pelo mesmo problema e têm dificuldades para continuar uma vida normal. Tinha apenas 15 anos quando o crime ocorreu.

Um homem armado e encapuzado invadiu a casa da minha família, roubou objetos de valor e dinheiro, amordaçou meus parentes no banheiro e me levou para um matagal bem longe de casa. Lá, ele me violentou. Não sei quanto tempo estive ali, fiquei muito machucada, fui ameaçada o tempo todo com uma arma.

Quando ele decidiu me largar, já era dia e eu, sem forças, corri sem direção. Apesar de o local ser bem distante da minha casa, consegui chegar em frente ao meu prédio. A cena não poderia ser pior: polícia, vizinhos, amigos, familiares e os meus pais. Eu não resisti. Perdi as forças e desmaiei.

Os primeiros dias depois do estupro foram muito marcantes. Fui levada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exame de corpo de delito e, em seguida, prestar depoimentos. No ginecologista, me senti bastante constrangida.

A médica foi atenciosa e me disse que, por estar em período fértil, poderia ter engravidado. Fiz vários exames para detecção de contágio de doenças sexualmente transmissíveis, mas, felizmente, não fui infectada nem engravidei.


" Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada."

Iane
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3050
Idade : 29
Localização : InterioRRRRRRR de SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://www.arcauniversal.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma velha lei

Mensagem por athos em Ter 13 Jan 2009, 1:12 pm

eu sou contra o aborto.


Cal escreveu:A ideia de Deus é irrefutável, pois nada provaria que Ele não existe.

athos
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1156
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/12/2008

http://www.peniel.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma velha lei

Mensagem por Martins em Ter 13 Jan 2009, 1:21 pm

Totalmente contra o aborto de qualquer espécie que seja

Martins
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 84
Idade : 43
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma velha lei

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:57 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum