.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 1:33 pm por Jarbas

» Pr Paulo Brasil - Nota triste de falecimento
Hoje à(s) 8:23 am por Ed

» Já existíamos antes de nascermos
Ontem à(s) 5:37 pm por Eterna

» Um conselho aos debatedores de internet
Ontem à(s) 4:18 pm por Eterna

» Eleição, a dor e a loucura do incrédulo.
Ontem à(s) 4:03 pm por Eterna

» Qual a verdadeira intenção dos organizadores das manifestações?
Ontem à(s) 3:33 pm por Cartman

»  Endurecimeto do Faraó
Ontem à(s) 4:14 am por Lit San Ares

» Livre arbítrio, auto idolatria
Ontem à(s) 3:39 am por Lit San Ares

» PREDESTINAÇÃO DE DEUS
Sab 03 Dez 2016, 10:10 pm por gusto

Quem está conectado
58 usuários online :: Nenhum usuário registrado, 1 Invisível e 57 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Reduto delas invadido por barbados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reduto delas invadido por barbados

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Dom 11 Jan 2009, 1:22 pm

Reduto delas invadido por barbados

Homens já gastam 26% a mais no cartão e empurram 4 a cada 10 carrinhos no mercado



Reporter:Andréa Machado e Cristiane Campos

Rio - Eles vão ao supermercado, escolhem suas roupas, freqüentam clínicas de estética e salões de beleza e gastam boa parte do salário com a fatura do cartão de crédito. A disputa pode até não ser igualitária, mas a participação dos homens no mercado consumidor já chega bem perto da presença das mulheres. Pesquisa do Ibope Inteligência revela que os homens gastam 26% a mais do que as mulheres nos cartões de crédito. No Rio, aparecem no topo da lista dos consumidores masculinos integrantes da classe A e com 50 anos ou mais de idade.

O bancário Álvaro Luís Gomes, 42, economista por fomação, prefere o cartão quando o parcelamento vale a pena ou nos momentos em que não tem dinheiro em mãos. Caso contrário, usa os ensinamentos da profissão: “Pagando à vista posso pechinchar e conseguir descontos”, reconhece.

Outro levantamento recente mostra que 44% das pessoas que vão a supermercados no Estado do Rio são do sexo masculino. É uma fatia de mercado que cresce a cada dia e que não pode — e nem deve — ser ignorada pelas grandes empresas.

Estamos sempre atentos para atendê-los da melhor forma. O comportamento dos homens vem mudando ao longo dos anos. Temos acompanhado um crescimento acentuado dos chamados ‘homens gourmets’, que são aqueles que gostam e curtem a ida às compras. A escolha dos alimentos faz parte do ritual do preparo das refeições e, para ele, adquirir marcas e sabores com diferenciais é um prazer”, destaca Christiane Fernandes, gerente de Marketing Regional do Pão de Açúcar.

Nas lojas, a presença masculina também vem ganhando espaço. Segundo Frederico Tostes, gerente de Produtos e Novos Negócios da Leader, os homens representam, hoje, 33% das vendas em relação às mulheres. Mas o executivo destaca uma curiosidade: eles permanecem como consumidores ativos por mais tempo que elas e são mais constantes em relação aos cartões de crédito.

MERCADO BRASILEIRO

INTERNET

Estudo da consultoria e-bit destaca que os homens representam 48% dos consumidores na Internet. O tíquete médio masculino chega a ser superior a 50% do valor de compras das mulheres. O comportamento de consumo do homem é diferente do da mulher: produtos de informática, acessórios para automóveis e eletroeletrônicos. As mulheres utilizam a rede para comprar mais livros, alimentos, remédios e cosméticos.

SHOPPING

No Nova América, homens representam 40% do público. Para fidelizar a clientela, o pólo dá brindes e ingressos para os camarotes do shopping no Maracanã e no Engenhão para os freqüentadores mais assíduos.

PESQUISA IBOPE

Levantamento mostra que há uma preocupação do brasileiro em não sair de casa com cartão de crédito e talões de cheques. Essa cautela é adotada por 51% dos homens e por 54% das mulheres. O cartão é visto como trampolim para o consumo, e nem sempre a fatura é paga integralmente.

BELEZA

Na rede Werner, os homens são cerca de 35% do público, quadro nunca visto antes. Segundo a coordenadora de marketing, Fabiana Barbato, foi pensando exclusivamente nesse crescente nicho que a empresa passou a desenvolver tratamentos e a vender produtos.

Indústria de cosméticos dobra lançamentos para os homens

O público masculino está consumindo cada vez mais produtos de beleza. Esse novo filão já tem sido verificado pela indústria de cosméticos que não pára de lançar produtos exclusivos para a fiel clientela. Nos últimos cinco anos, o mercado brasileiro de cosméticos masculinos avançou 93%, atingindo um faturamento anual de cerca de R$ 1,94 bilhão. Os dados são da Associação da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos (ABIHPEC).

O Brasil ocupa hoje a segunda posição no mercado mundial de cosméticos masculinos. Perfumes e colônias ainda são os segmentos preferidos, mas se nota um avanço dos produtos para o cabelo e dos cremes hidratantes. “O aumento do mercado de cosméticos demonstra que o homem está pondo de lado alguns conceitos antigos e incorporando o uso de perfumes e cosméticos, associando inclusive a boa aparência e os cuidados com a higiene corporal como fator determinante para o sucesso profissional”, afirma João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC.

Há quase 10 anos, um a cada 100 homens brasileiros usava algum tipo de cosmético para retardar o envelhecimento. Atualmente, o cenário mudou para um a cada 15. “Os homens de gerações mais antigas só passaram a usar desodorante recentemente: o máximo de cuidado que se permitiam era os cremes dentais e de barbear. Os jovens desta geração têm esses hábitos como parte do cotidiano”, completa Basilio.

Tratamentos que reforçam o faturamento

As clínicas de estética e os salões de beleza também faturam com o público masculino. Na La Belle, por exemplo, 20% dos clientes são homens, que comparecem com mais freqüência do que as mulheres porque não costumam se tratar em casa. Entre os tratamentos mais procurados pela ala masculina, está o photon com argila verde. O procedimento elimina toxinas, gordura localizada e celulite. Cada sessão custa R$ 95 e o pacote com 10 sai por R$ 800 — economia de R$ 150. Outro tratamento muito procurado é a limpeza de pele profunda, intervenção usada tradicionalmente por mulheres.

Produtos de beleza também caíram no gosto masculino. No Boticário, os mais comprados pelos homens são os de perfumaria, barba, proteção solar e desodorantes. A rede reforçou sua participação no segmento com o lançamento de O Boticário Men — linha completa para cuidados com o rosto e o corpo. Para se ter idéia, o perfume Malbec é o item masculino mais vendido na loja. Em 2008, a marca lançou a edição limitada Malbec Gran Reserva, em comemoração ao Dia dos Pais. O produto foi sucesso de vendas.

Dicas de beleza até na Internet

A vaidade masculina não se restringe aos centros de estética. Profissionais buscam outros meios de atender à exigente clientela. A esteticista Tina Tuner, do Wanda K Coiffeur, do Botafogo Praia Shopping, criará um site só com dicas de beleza para os rapazes. Outro serviço recém-descoberto pelo sexo masculino é o cuidado com as sobrancelhas. Em vez de depilar e modificar o formato, como fazem as mulheres, eles podem apenas ajeitar os pêlos, deixando o rosto mais bonito. “A exigência deles é não parecer mulherzinha”, brinca.

Dona do salão, Wanda Malaquias lembra que os homens pediam um local mais reservado para fazer determinados tratamentos de beleza, como tingimento dos cabelos, depilação e limpeza de pele. “Hoje, 35% da clientela são de homens. São em média mais de 15 atendimentos por dia”, diz Wanda. O aposentado Mitsuo Kittara, 59, conta que, apesar do preconceito de alguns amigos, sente-se à vontade no salão, tradicionalmente freqüentando por mulheres: “Pinto e corto os cabelos pelo menos uma vez por mês. Minha mulher gosta e me apóia”.

Fonte:

http://odia.terra.com.br/economia/htm/reduto_delas_invadido_por_barbados_222910.asp

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reduto delas invadido por barbados

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Dom 11 Jan 2009, 1:27 pm

Fiéis na hora das compras

Homens são mais decididos e não ficam andando atrás de produtos

Rio - Que homens e mulheres são diferentes todo mundo sabe. Na hora das compras, então, isso se acentua ainda mais. Para gastar, o homem não pensa duas vezes: vai direto à loja onde tem certeza de que vai encontrar aquilo que precisa. Eles são decididos e fiéis. Passear pelo shopping sem saber exatamente o que quer é coisa de mulher. “O homem é decidido e tende a respeitar padrões com mais facilidade que as mulheres. Quando o sapato fica velho, por exemplo, ele vai à mesma loja e compra com o mesmo vendedor”, diz o consultor de varejo Luiz Alberto Marinho.

Enquanto a mulher anda por várias lojas, o homem vai direto a uma e compra várias peças do mesmo modelo. Os homens levam, em média, 65% de tudo que experimentam. E a mulher apenas 25%. O homem só leva para a cabine aquilo que realmente vai comprar. A mulher precisa ver o ‘efeito’", compara a consultora da Fundação Getulio Vargas, Rita Martins.

Para Marinho, engana-se quem pensa que os homens são avessos ao consumo ou estão ficando consumistas demais. Ele explica: “O homem sempre teve alguém para comprar para ele. Primeiro a mãe e, depois, a esposa. Mas a mulher não tem mais tempo para fazer isso como no passado. Antes, o homem era coadjuvante, apenas o companheiro da esposa. Hoje, sai às compras. E gosta de encontrar em um único lugar tudo o que precisa. Por isso, homem adora shopping center.

Fonte:

http://odia.terra.com.br/economia/htm/fieis_na_hora_das_compras_222911.asp

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reduto delas invadido por barbados

Mensagem por Iane em Dom 11 Jan 2009, 11:23 pm

acho que compra de supermercado seje "obrigação" mesmo do homem fazer, eu detesto fazer isso....
mais perco umas boas horas olhando vitrines...rs


" Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada."

Iane
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3050
Idade : 29
Localização : InterioRRRRRRR de SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://www.arcauniversal.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reduto delas invadido por barbados

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:37 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum