.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
26 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 26 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por M4RC3LL em Seg 05 Jan 2009, 11:23 pm

Prezados(as)

Meu vizinho vende churrasco.
Fui lá e dei uma de machão pedindo pra exagerar na pimenta.

Rapaz... nunca mais.

Aquele inferno na minha boca que parecia estar cheio de agulhas ardentes. Depois aquele vapor quente subindo e indo pra minha cabeça, meu nariz não parava de escorrer e meus olhos ficaram encharcados. Uma dor de cabeça terrível. Tonturas e quase vomitando.

Foi a primeira e também será a ultima vez. Pimenta nunca mais!!


Mas abri este tópico não só pra relatar o desastre mas também pra tirar uma dúvida:

Até que ponto a pimenta pode trazer benefícios a nossa saúde?
Até que ponto a pimenta pode ser prejudicial a nossa saúde?


"Então me achei recém-nascido e no Paraíso. Todas as Escrituras tinham para mim outro aspecto; perscrutava-as para ver tudo quanto ensinam sobre a ‘justiça de Deus'. Antes, estas palavras eram-me detestáveis; agora as recebo com o mais intenso amor. A passagem me servia como a porta do Paraíso." (Martinho Lutero)

M4RC3LL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 405
Idade : 28
Localização : Cariacica/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/05/2008

http://protestantismo.ieadcg.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Iane em Seg 05 Jan 2009, 11:39 pm

rsrsrsrs
eu não aguentei o riso não....


eu gosto muito de pimenta.... comida bem apimentada...
segundo o me falaram a pimenta influencia no figado... mais nao sei se procede


" Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada."

Iane
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3050
Idade : 29
Localização : InterioRRRRRRR de SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://www.arcauniversal.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por M4RC3LL em Seg 05 Jan 2009, 11:42 pm

Iane escreveu:rsrsrsrs
eu não aguentei o riso não....


eu gosto muito de pimenta.... comida bem apimentada...
segundo o me falaram a pimenta influencia no figado... mais nao sei se procede

É né! ehehehehe ::risadinha::

Influencia no fígado? Mas é o que? Ataca o fígado?


"Então me achei recém-nascido e no Paraíso. Todas as Escrituras tinham para mim outro aspecto; perscrutava-as para ver tudo quanto ensinam sobre a ‘justiça de Deus'. Antes, estas palavras eram-me detestáveis; agora as recebo com o mais intenso amor. A passagem me servia como a porta do Paraíso." (Martinho Lutero)

M4RC3LL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 405
Idade : 28
Localização : Cariacica/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/05/2008

http://protestantismo.ieadcg.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Maria Rita de Cássia em Ter 06 Jan 2009, 6:03 am

Ataca no máximo sua dignidade ::risadinha::

É só se acostumar, pimenta é ótima para a saúde!

Amo pimenta coraçãozinho


coraçãozinho Amo Jesus, amo vocês! beijinho

Maria Rita de Cássia
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 289
Idade : 51
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/07/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Geninha em Ter 06 Jan 2009, 9:29 am

kkkkkkkkkkkkk Marcell só tu mesmo kkkkkkk

Geninha
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 406
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Iane em Ter 06 Jan 2009, 9:55 am

O médico tinha me dito que era pra maneirar na pimenta por causa do figado... mais achei esse artigo aqui


Pimenta: picante e saudável
Excesso de pimenta vermelha pode levar a problemas de saúde, mas consumo moderado faz bem


Renato Weil/EM


Nos últimos anos, uma série de estigmas sobre alguns alimentos, considerados prejudiciais à saúde, tem sido colocada em questão por médicos e especialistas. Foi provado, por exemplo, que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma taça de vinho por dia faz bem ao coração, evitando problemas cardíacos. O chocolate, muito discutido por conter substâncias que viciam, também passou a ser recomendado, em quantidade controlada, já que sua ingestão produz endorfina no organismo de quem o consome, o que causa uma sensação saudável de prazer e bem-estar.

Recentes estudos têm apontado também os benefícios da pimenta, alimento culturalmente considerado “veneno”, principalmente para quem tem hemorróidas, gastrite ou hipertensão. De acordo com a nutricionista Daniella Fialho, o excesso no consumo de pimenta vermelha pode levar a problemas de saúde, mas seu consumo moderado até faz bem.

Segundo a nutricionista, a capsaicina é a substância contida na pimenta vermelha, que causa a sensação de ardor e é justamente essa substância a responsável por seus três efeitos farmacológicos: antiinflamatório, antioxidante e capacidade de liberar endorfina. No caso da pimenta-do-reino, essa substância é a piperina, que tem efeitos semelhantes. Daniella explica que, ao ingerir alimentos apimentados, a capsaicina ativa receptores sensíveis na língua.

Diante da sensação de que a boca está “pegando fogo”, o cérebro recebe o estímulo de apagá-lo, liberando a endorfina, que causa uma sensação de bem-estar e faz da pimenta um alimento aconselhável para quem tem enxaqueca ou dores de cabeça crônicas. “A pimenta engana o cérebro, simulando um fogo que não existe. Com isso, o organismo produz uma substância benéfica à saúde, inclusive nos casos de depressão”, afirma a especialista. A salivação, transpiração e o rosto vermelho, provocados pela vasodilatação causada pela pimenta, são, na verdade, uma defesa do organismo e nenhum dano físico pode ser causado por esses sintomas, afirma a nutricionista.

Por ser antioxidante, rica em flavonóides e vitamina C, a pimenta pode ainda reduzir o risco de doenças crônicas como câncer de próstata, catarata, diabetes e mal de Alzheimer. “Ela limpa o sangue, removendo substâncias tóxicas, que vêm da alimentação e poluição.”

No caso de gastrite, a pimenta pode ser prejudicial, se ingerida em grande quantidade. Ela provoca o aumento das enzimas digestivas, inclusive as ácidas, o que agravaria a gastrite, mas, segundo o médico, nesse caso, a pimenta não é mais maléfica que o suco de laranja, refrigerante a base de cola, chips e abacaxi, alimentos que também não são aconselháveis a quem sofre de gastrite. “Se não houver exagero, não tem nenhum problema. A pimenta não causa mais acidez que esses alimentos. É claro que existem inúmeros tipos de pimenta. Se o consumidor temer a mais forte, que é a abanero, uma pimenta mexicana, ele pode optar pela pimenta-do-reino, que é a mais fraquinha”, aconselha a nutricionista.

Para as pessoas que têm hemorróidas, a ingestão do alimento também não está proibida. “A doença é a dilatação de varizes na região do ânus, causada por sedentarismo, ingestão de gorduras e problemas cardiovasculares. Portanto, a pimenta não pode causar hemorróidas, apenas agravá-la, se for um consumo excessivo.” O mesmo alerta pode ser dado aos casos de hipertensão. “Como se vê, algumas pessoas estão sendo injustas com a pimenta”, brinca.

Outros benefícios da pimenta são apontados pela nutricionista. Ela afirma que a pimenta tem seis vezes mais vitamina C do que a laranja, um dos principais representantes desse grupo de alimentos. “Não é para comer só pimenta como fonte de vitamina C, mas, para se ter uma idéia, 28 gramas do alimento é a quantidade diária para suprir o que precisamos”, afirma Daniella.

Estômago

A nutricionista explica que a pimenta tem um poder de irritar mucosas e, por isso, poderia atacar o estômago e as hemorróidas. Porém, a capsaicina apresenta um poder de cicatrização, o que poderia proteger o organismo contra esses problemas. “O critério de desempate é a quantidade. Moderação é o segredo da pimenta”, alerta. Como o alimento impede a coagulação do sangue, ele pode ser também uma forma importante de evitar doenças como trombose.

Daniella destaca uma questão importante para quem gosta muito de pimenta a ponto de não controlar a quantidade ingerida. “Ela ativa receptores na língua que fazem com que a pessoa perca a sensibilidade e coma mais, sem perceber. Por mais que ela faça bem, é importante não consumir em excesso, porque, na verdade, qualquer alimento em excesso faz mal”, ressalta.

Mesmo sem consultar um médico, muitas pessoas tomam a iniciativa de reduzir ou mesmo interromper o consumo de pimenta para verificar se determinados problemas de saúde ou estéticos se amenizam. É o caso do estudante Munif Saliba Achoche, de 21 anos, que se considera viciado em pimenta, mas, há um ano e meio, reduziu o consumo por causa de espinhas. “Comia pimenta todos os dias, no almoço e no jantar. Até com pão eu comia, mas resolvi parar, assim como parei também com o chocolate, frituras, carne de porco, mesmo sem consultar um médico. Depois do tratamento dermatológico, minha pele melhorou.”

Segundo Daniella, ainda não existe nenhuma comprovação científica de que a pimenta cause ou agrave espinhas. “Espinha é causada por gordura e a pimenta tem índice baixíssimo de gordura. Casos como o dele podem ser provocados pela própria idade, por questões hormonais ou até fatores alérgicos, mas não a pimenta.”

http://www.saudeplena.com.br/noticias/index_html?opcao=06-3007-pimenta


" Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada."

Iane
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3050
Idade : 29
Localização : InterioRRRRRRR de SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://www.arcauniversal.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por M4RC3LL em Ter 06 Jan 2009, 10:21 pm

Maria Rita de Cássia
Também gosto de pimenta, isto é, gostava né. Quero dizer, continuo gostando mas não na dose exagerada colocada no churrasco....


Geninha
blerghh


Iane
Muito bom o artigo!
Ainda bem que num tenho hemorróida, gastrite e hipertensão. japinha


"Então me achei recém-nascido e no Paraíso. Todas as Escrituras tinham para mim outro aspecto; perscrutava-as para ver tudo quanto ensinam sobre a ‘justiça de Deus'. Antes, estas palavras eram-me detestáveis; agora as recebo com o mais intenso amor. A passagem me servia como a porta do Paraíso." (Martinho Lutero)

M4RC3LL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 405
Idade : 28
Localização : Cariacica/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/05/2008

http://protestantismo.ieadcg.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Ed em Sex 09 Jan 2009, 6:51 am

japa :riii: veia

Me desculpe,

mas como dizem,

"pimenta no dos outros é refresco!" ::risadinha::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3161 dias de existência com 228891 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11001
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dei uma de macho e tive que acrescentar um "cado" - Macho"cado"

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:48 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum